24/03/2016

Paulista aproveita “Rio Nervoso” vence e sai da zona de “afogamento” da Série A2

Fotos: Gustavo Amorim - Facebook - Paulista FC
O Rio Branco chegou em cima da hora para a partida contra o Paulista, no Jayme Cintra, pela 16ª rodada da Série A2 do Paulistão. Mas dentro de campo, o time virou o “Rio Nervoso”. Dois atletas foram expulsos ainda no primeiro tempo e facilitaram e muito para o Galo. O Tricolor, que nada tinha a haver com os problemas do “Rio Nervoso” venceu o rival por 3 a 0, e com o tropeço do Monte Azul (derrota por 2 a 1 para o Taubaté), o Paulista saiu da zona de “afogamento da Série A2”, que é cair para a Série A3 do Paulistão. Agora o Galo está em 14º com 18 pontos.

O resultado do Paulista trouxe “mais gente” para brincar com o perigo da queda para a Série A3. Portuguesa com 20, Juventus e Votuporanguense com 21 (e se enfrentam na próxima rodada) e até o Barretos, próximo adversário do Galo, com 23, estão seriamente ameaçados pelo descenso. Na “zona de afogamento” estão Monte Azul com 17, Independente com 16, Penapolense e Marília com 14, Atlético Sorocaba com 12 e “Rio Nervoso” com 11.

O jogo – O Paulista foi para o ataque logo no inicio. Criou diversas chances no primeiro tempo. O primeiro tento demorou apenas 20 minutos, com Ramalho. Após o gol, o time do Rio Branco virou o “Rio Nervoso”. O zagueiro Cris ganhou aos 21 minutos amarelo por reclamar da arbitragem. O atacante Deco, na sequência pelo mesmo motivo foi amarelo, e segundo o árbitro Marcelo Alfieri, por aplaudir de forma irônica, recebeu o segundo amarelo e ganhou o vermelho.

Aos 34, o zagueiro Cris cometeu falta forte em Felipe Santos, recebendo o segundo amarelo e deixando seu time com nove jogadores. Com dois atletas a menos no time rival, Felipe Santos teve mais espaço para mostrar a sua habilidade. Mas foi de cabeça, antes do intervalo, que ele empatou o jogo.

No segundo tempo, o Paulista tratou de segurar a vantagem e deixar o tempo passar, apesar do treinador Candinho Farias ter feito mudanças que tinham como objetivo do Galo marcar gols. E foi de um reserva que a vitória foi sacramentada. Inscrito um dia antes, no lugar do lesionado Brayan (o que é permitido pela FPF), Jonathan Brito, aos 14 minutos do segundo tempo, marcou garantindo a vitória, o alívio e sair da “zona de afogamento” para o Paulista. Já o Rio Branco, que nesta noite virou o “Rio Nervoso”, deverá fazer seus torcedores, em Americana, inundar os rios com o rebaixamento que o time deve sofrer.

Thiago Batista – Esporte Jundiaí


Paulista aproveita “Rio Nervoso” vence e sai da zona de “afogamento” da Série A2 Paulista aproveita “Rio Nervoso” vence e sai da zona de “afogamento” da Série A2 Reviewed by Thiago Batista de Olim on 02:45 Rating: 5