28/11/16 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 28, 2016

Finalista! Junior do JHC vence no Grande ABC e está na decisão do Paulista

A categoria junior feminina do JHC está na decisão do Campeonato Paulista de handebol. O time jundiaiense venceu São Caetano por 19 a 18, nesta segunda-feira, no Grande ABC, ganhando a série semifinal por duas vitórias a uma, se qualificando a decisão da competição. O gol da classificação saiu apenas no minuto final.
O adversário na final será o Pinheiros, que eliminou o Centro Olímpico com duas vitórias. As datas da decisão ainda não foram divulgadas. O time jundiaiense neste confronto foi comandado por Preta, já que Rita Orsi está a serviço da seleção brasileira.
“Foi um jogo que o tempo todo São Caetano ficou na frente não passamos nenhuma vez, a não ser no final da partida. Foi um jogo de enfartar a técnica. Quando faltavam 7min40 para o fim, perdíamos por seis gols e pedi tempo e disse para as atletas não desistir”, disse Preta.
Neste momento, segundo a treinadora ela realizou duas trocas e pediu mais movimentação a equipe disciplina na defesa. “Conseguimos recuperar três bola…

Após 10 anos, Paulo Sérgio de Oliveira volta a apitar uma decisão do Amador

Paulo Sérgio de Oliveira teve a honra pela terceira vez na sua carreira de comandar uma das partidas decisivas da Série A do Campeonato Amador. Foi a sua primeira partida de final após dez anos, já que a última vez havia sido em 2006, quando comandou o apito no confronto entre Estrela e Engordadouro. Ele também apitou a final de 2003, que curiosamente também foi entre Estrela e Engordadouro.
O baiano de Candeias, completou 51 anos no dia 24 de outubro, mas ganhou o seu grande presente de aniversário um mês e quatro dias depois. Ele, que teve auxilio de José Marcelo Gomes e Oscar de Paula Mariano, disse que sempre procura estudar o jogo. “Tenho que fazer a leitura do jogo, os famosos 15 minutos, como também os atletas fazem, para sentir como está a partida”, contou.
O árbitro gostou da sua atuação no primeiro confronto da decisão. “Houve tranquilidade para apitar o jogo. As duas equipes que tem toque de bola, mas não teve pancadaria. Apenas faltas normais. Foi uma partida tranquila”.

Atlético-MG escolhe ex-Paulista para reforçar a defesa e já sabe o preço

O Atlético Mineiro vai ao mercado de dezembro e janeiro para buscar um zagueiro. O nome que agrada é de Cléber, de 25 anos, que está no Hamburgo, da Alemanha. O jogador começou a sua carreira no Paulista.
Segundo o UOL Esporte e a Rádio Inconfidência, os valores giram em torno de 2 milhões de euros (cerca de R$ 7,2 milhões). Cléber começou a carreira no Paulista e depois atuou por clubes pequenos, como Itumbiara e Catanduvense. Ele ganhou destaque no cenário nacional jogando pela Ponte Preta. As boas atuações despertaram o interesse do Corinthians onde ficou por uma temporada até ser transferido para o time alemão. O que pode de certa forma facilitar uma possível negociação com o Galo é a boa relação entre Atlético e Hamburgo, principalmente após a transação envolvendo o lateral esquerdo Douglas Santos.
A diretoria não comenta sobre possíveis reforços, porém, já adiantou que a defesa será prioridade nas contratações. “Nós vamos atrás de um volante e de um zagueiro para o próximo ano…

River, do Piauí, anuncia seu novo treinador: “é o senhor Waldemar”, ex-Paulista

O River-PI parece ter encontrado a chave que pode ajudar a clarear o horizonte tricolor em 2017. A diretoria confirmou, nesta segunda, o acerto definitivo com o técnico carioca Waldemar Lemos, que liderou o Remo na reta final da Série C do Campeonato Brasileiro. O desfecho da negociação com o treinador de 62 anos aconteceu no sábado e pôs fim à disputa fora de campo entre clube do Piauí e Mogi Mirim, onde o nome do irmão de Oswaldo de Oliveira ganhou força nos últimos dias. Em 2007, Waldemar comandou o Paulista em boa parte da Série B do Campeonato Brasileiro, quando o time acabou sofrendo o rebaixamento.
Se depender do treinador, o trabalho de reformulação do elenco do River-PI deve começar o mais breve possível. Na quarta ou quinta quero ir a Teresina para a gente começar a trabalhar. Quero começar o quanto antes possível e retornar aqui (Rio de Janeiro), se necessário, apenas no Natal. Tenho que ir ao Piauí para ver o que podemos fazer dentro das possibilidades do clube. A expect…

Após 9 meses, Copa Regional de futsal chega ao fim conhecendo campeões

Após nove meses de disputa, contado com a participação 12 entidades com 46 equipes de Jundiaí e região chegou ao final à Copa Regional de futsal nas categorias sub 10, 12, 14 e 16 – nas Séries Ouro e Prata, contando com a participação de aproximadamente 850 atletas, jogando na primeira fase em turno único e a fase final em quadrangular final. O torneio foi organizado pela Liga Jundiaiense de Futsal. O Clube Jundiaiense foi o time que conquistou mais troféus: três – as Séries Ouro do sub-10, 12 e 14.
Resultados da última rodada e classificação final Série Ouro Categoria Sub 10 Clube Jundiaiense 6 x 4 CEFA Futsal/Primavera Clube São João 0 x 3 Juventus/Sifco
1º - Clube Jundiaiense 2º - Juventus/Sifco 3º - Clube São João 4º - CEFA Futsal/Primavera
Categoria Sub 12 Clube Jundiaiense 3 x 1 Sindicato dos Metalúrgicos Clube São João 5 x 2 Uirapuru
1º - Clube Jundiaiense 2º - Sindicato dos Metalúrgicos 3º - Clube São João 4º - Uirapuru
Categoria Sub 14 Aspfut Várzea Paulista 3 x 1 Campo Limp…

Três jogadores chegam para reforçar o Paulista na disputa da Série A-3

Três jogadores chegaram ao Paulista nesta segunda-feira. O meia William Dias, o lateral Edson e o meia-atacante Douglas chegaram a Jayme Cintra. Todos têm 23 anos. Com o trio, o Tricolor já trouxe 15 reforços para a disputa da Série A-3 do Campeonato Paulista.
William Dias chega por empréstimo do São Carlos. Ele também já atuou por Santos e Grêmio Prudente. Edson, que joga pela direita, passou pelo sub-20 do Corinthians, Diadema, Flamengo de Guarulhos e Olímpia – onde atuou em 2015 e 2016. Douglas na carreira já vestiu as camisas do sub-20 do Juventus, Diadema, Francana e Olímpia – onde atuou nos dois últimos anos.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí


Final de semana de festa para a ginástica artística de Jundiaí

No último final de semana, no ginásio do Bolão, aconteceram dois grandes eventos relacionados à ginástica. Os eventos envolveram 680 praticantes da modalidade.
No sábado dia 26, foi realizado o 9º Torneio de ginástica artística de Jundiaí reunindo 180 ginastas dos centros esportivos, unidades de apoios da Prefeitura, clubes e colégios da cidade. Neste evento os ginastas foram premiados em 3 aparelhos no masculino (Solo, salto e barra) e 4 aparelhos no feminino (solo, trave, salto e barra) além da premiação individual geral que é a soma das notas dos aparelhos.
No domingo dia 27, aconteceu o Festival Municipal de ginastica artística reunindo 400 ginastas, que foi abrilhantado na sua abertura apresentações de dança da Academia Momento’s Companhia de Dança, de mini- trampolim, e séries solo com os ginastas das equipes masculina e feminina do Bolão. Este evento teve como objetivos proporcionar a todas as entidades que desenvolvem a modalidade na cidade mostrar o trabalho realizado durant…

Treinador jundiaiense tem eleito o melhor TCC de atletismo em curso do COB

O treinador e coordenador do atletismo de Jundiaí, Robson Mian, encerrou o seu curso junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no último final de semana, tendo o seu TCC (tese de conclusão de curso) escolhido como sendo o melhor do atletismo, dentre todos os professores e técnicos participantes.
Segundo Mian, o curso iniciou em setembro de 2015, após um concurso nacional, onde foram avaliados o curriculum vitae e esportivo, além de prova objetiva e de línguas (espanhol) para chegar ao número de 40 selecionados, e que teve a formatura ocorrendo na última sexta-feira. “Foi um ano bem intenso, com muitos estudos, a realização do estágio internacional, ministrado por renomados treinadores mundiais e a elaboração do TCC, que foi apresentado em forma de pré-defesa, para os últimos ajustes, e a defesa final”.
O tema da tese era “Atletismo: uma abordagem lúdica para a iniciação de crianças entre os 7 e 10 anos de idade, de ambos os sexos”. Com a eleição de melhor TCC, gsanhou direito de rea…

Amador de Jundiaí: Fotos do quero-quero “vendo” o primeiro jogo da final

Quem se posicionou no gol de fundo do Dal Santo observou uma cena curioso neste domingo. Um quero-quero acompanhava a primeira partida da decisão da Série A do Campeonato Amador. 
Mas seu olhar era para proteger o seu ninho. Local que ganhou uma proteção com algumas “plaquinhas” de madeira para ninguém incomodar o local. 
A reportagem do Esporte Jundiaí traz algumas das melhores fotos do local, e observar que “existe vida” fora das quatro linhas....















Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Thiago Batista


Capitão do Estrela: “Futebol não é basquete. Gol do meio de campo não vale 3”

Para o capitão do Estrela, Marquinhos, o time terá que pensar um gol por vez no próximo domingo, caso sonhem em conquistar o título, após a derrota frente ao Marlene por 2 a 0, no primeiro duelo da decisão da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí. “A gente tem que fazer um gol por vez. Futebol não é basquete, a gente fazer um gol do meio campo faz três pontos. Conforme jogo vai sentindo, fazer um gol, busca o segundo, e depois o terceiro”.
Marquinhos após o jogo tinha na ponta da língua alguns exemplos recentes no futebol amador da cidade, de times que conseguiram reverter uma desvantagem importante construída pelos adversários. Ele até vivenciou uma. “O próprio Estrela virou já uma partida, que perdeu de 4 a 0 o primeiro jogo e ganhou de 5 a 1 o segundo (para o Jamaica, em 2011) e conseguiu a classificação. Eu quando atuava pelo Marlene conseguimos reverter uma desvantagem de três gols que o Jahmarley tinha (foi em 2010, pelas quartas de final, ano que os gremistas foram campeões)…

Léo Soares diz que Marlene cumpriu planejamento pensando no 2º jogo

O volante Léo Soares, do Grêmio Marlene, manteve o discurso de seriedade no time, mesmo após a importante vitória por 2 a 0, no primeiro confronto da decisão da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí. Para ele o time fez o seu papel, mas que não está decidido”.
“A gente cumpriu o nosso dever na primeira batalha. Nosso planejamento era facilitar o segundo jogo. A gente conseguir impor o nosso ritmo, e com o placar favorável, forçamos a eles saíram para o jogo, e conseguimos marcar o segundo. A gente no próximo domingo precisa entrar com seriedade, mas não está nada ganho”.
O atleta, de 22 anos, que entre 2012 e 2014 defendeu a camisa profissional do Paulista (jogando Copa Paulista e Série A-2 do Estadual), espera que o Marlene mantenha postura no próximo domingo. “A gente tem que jogar com inteligência. Conseguimos cumprir o que foi planejado hoje, e manter isso na segunda partida”, disse.

Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Thiago Batista

Rodrigo Alves feliz pela obediência tática que seu time exerceu no 1º jogo

Rodrigo Alves ficou feliz pela exibição do seu time, o Grêmio Marlene, no primeiro jogo da decisão da Série A do Campeonato Amador. Seus atletas cumpriram à risca o que foi proposto no vestiário, e conseguiram que a equipe vencesse o Estrela da Ponte por 2 a 0, deixando o time com ótima vantagem para o segundo confronto da decisão (pode perder por até dois gols de diferença que fica com a taça).
“A equipe fez o que exatamente combinamos. A gente sabia das dificuldades até devido à ausência de alguns atletas e sabíamos como o Estrela jogava. Procuramos jogar no erro deles, e expliquei como deveríamos atuar. Conseguimos dentro da partida, aproveitar os erros deles que eram na movimentação e no facão para marcar os dois gols”, disse Rodrigo. “Foi uma questão de opção dentro do que conhecemos o jogo. Eles iam jogar com 4 volantes, movimentar com a bola. Não ia agredir. Fizemos duas linhas de quatro, com Umberto mais centralizando, na frente dos zagueiros, forçando eles jogar na beirada, …

Mauro Peixoto espera levantar a moral do Estrela no próximo domingo

Após a derrota por 2 a 0 no primeiro jogo e observar o Marlene aumentar a sua vantagem na decisão da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí, o treinador Mauro Peixoto, do Estrela da Ponte, mostrou certo abatimento pela derrota, mas que essa semana o time tem que levantar a moral para fazer uma grande partida para ter chances de conquistar o título (terá que vencer por três gols de diferença).
“Agora de cabeça quente estamos, abatidos, Mas reverter essa situação durante semana, pois o nosso grupo é bom. Levantar a cabeça e fazer no próximo domingo um jogo melhor que foi esse primeiro”, declarou o comandante estrelenses.
Para Mauro, o jogo foi muito definido na parte tática das equipes. “Eles tiveram duas bolas na partida, e em ambas marcaram. O nosso time não jogou nada neste domingo. A equipe não entrou em campo. Agora é tentar reverter e ir para a luta. Faltou tudo hoje, time não jogou nada, virar a página e ir para o tudo ou nada”, disse.
Para o segundo jogo da decisão, o treina…

Liga programa 2º jogo da decisão do Amador para às 10h do próximo domingo

A Liga Jundiaiense de Futebol divulgou que a segunda partida da decisão da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí, entre Grêmio Marlene e Estrela da Ponte será disputada às 10h do próximo domingo, no centro esportivo Francisco Dal Santo. Inicialmente, a disputa seria às 9h da manhã, mas no local antes do jogo decisivo da elite da cidade ocorrerá uma preliminar do futebol máster 55 da cidade.
Após a vitória por 2 a 0 no primeiro jogo da final, o Grêmio Marlene somente perde o título se for superado pelo Estrela por três ou mais gols de diferença, já que a igualdade no placar agregado favorece os gremistas por terem melhor campanha na fase de classificação. O primeiro confronto da decisão do Amador era para ter se iniciado às 9h da manhã, mas a bola apenas começou a rolar a partir das 9h55.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Thiago Batista


Thiago Batista: Marlene perfeito na tática. Estrela faltou capricho

O primeiro ato da decisão da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí foi bem escrito pelo Grêmio Marlene. O time foi muito bem planejado por Rodrigo Alves. Os atletas gremistas cumpriram à risca o que o seu treinador pediu e o resultado foi uma vitória por 2 a 0, e aumentar a vantagem dentro da série. Para o Estrela sobrou a bola nos seus pés, mas faltou capricho nas finalizações e em alguns momentos até no último passe.
O Marlene foi traçado para atuar no 4-1-2-1-2, esquema que consagrou Vanderlei Luxemburgo nos anos 90 e começo dos anos 2000, principalmente com seus meio-de-campos que pensavam muito bem o jogo. Mas o Grêmio no primeiro jogo teve uma outra proposta: contra-atacar. Chamar o Estrela, roubar a bola na sua intermediária, e em poucos toques chegar ao gol adversário. Foi assim no primeiro gol. Numa roubada de bola, Léo Soares colocou Tiagão na cara do gol. E centroavante tendo apenas o goleiro na sua frente, não perdoa. O segundo gol foi da mesma maneira. Saída rápida, co…

Basquete: Sub-15 masculino de Jundiaí é vice da Série Prata do Regional

A categoria sub-15 de basquete masculino de Jundiaí ficou com o vice-campeonato da Série Prata do Campeonato da Associação Regional. Neste domingo, o time jundiaiense foi superado pelo São João de Limeira, na casa do rival, pelo placar de 61 a 58. A disputa foi em jogo único. Os sanjoanenses conquistaram o título com uma campanha irrepreensível, já que ganhou 14 dos 16 jogos que disputou. Jundiaí terminou com uma campanha de 11 vitórias e 5 derrotas.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Jundiaí Basquete


Rafael Porcari: A Seleção do Paulista FC está boa?

Na comunidade dos torcedores do Paulista de Jundiaí, o amigo Márcio Teles convocou sua Seleção dos Jogadores do Galo de todos os tempos. E que timaço! Abaixo:
- Victor - Cristian - Márcio Santos - Réver - Dalmo Gaspar - Biro Biro - Toninho Cerezo - Nenê - Neto - Servílio - Casagrande
Nela, lembro-me ainda de que poderíamos colocar Jurandir Zacarias e o centroavante Gerson, que chegou inclusive a jogar pela Seleção Brasileira.
E qual seria a sua Seleção ideal do Paulista FC?
Confesso que aqui fico curioso pela escalação do longevo e experiente Luiz Antonio “Cobrinha” de Oliveira, nosso querido repórter da Rádio Difusora e que não só jogou no Tricolor, mas cuja história se confunde com o próprio time.

Por Rafael Porcari – Ex-árbitro de futebol profissional e comentarista de arbitragem da Rádio Difusora