14/12/16 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 14, 2016

Vai na final da Taça Nove de Julho? “Adquira” apostila com básico da bola oval

Domingo, Jundiaí receberá a decisão da Taça Nove de Julho de futebol americano entre Paulista Ocelots e Underdogs. O confronto será no Romão de Souza, às 10h, e deverá levar um grande público, sejam amantes da bola oval, e gente que deseja ter um contato com a modalidade a primeira vez. Alguns não conhecem as regras, pontuações e modos de como é o futebol americano. Para que todos estejam afiados e saibam tudo sobre o futebol americano até domingo, o Esporte Jundiaí¸ desenvolveu uma apostila, que você pode “adquirir de forma gratuita” para saber o básico sobre o esporte e saber o que estará ocorrendo no gramado na grande final. Material feito pelo jornalista Thiago Batista de Olim.

Aqui é Jundiaí! JHC vence primeiro jogo da decisão do Paulista juvenil de hand

A categoria juvenil feminina do JHC jogou com muita raça. Atuou com transpiração. Esteve com empolgação o tempo todo. Se esforçou no limite. E foi recompensado. Venceu o primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista de handebol feminino juvenil, ao ganhar do Pinheiros – atual campeão brasileiro da modalidade, por 26 a 23, no Anexo do Bolão, na noite desta terça-feira. Um grande público compareceu no local para assistir o jogo, lotando as arquibancadas.
Atletas importante com passagens (ou que ainda atuam) no esporte jundiaiense acompanharam o jogo, casos da ex-atleta Tamuana, da ex-jogadora do JHC, Larissa Silva (defendeu Santo André nesta temporada) e a campeão estadual sub-19 de basquete pelo Divino, Aline Silva. 
Com o resultado, o JHC abre uma vitória a zero na série e está a dois empates do título. Se vencer na quinta-feira, o time jundiaiense será campeão de forma antecipada.
A partida começou de certa forma tensa, com as duas equipes errando fundamentos básicos do handebol q…

Uma paredona bem familiar no gol do JHC: sobrinha de Preta é a guardiã do gol!

A treinadora Valdirene Bitto, a Preta, tem no seu elenco cerca de 20 jogadores que podem atuar no Campeonato Paulista de handebol feminino (16 podem atuar em cada jogo – 7 titulares e 9 reservas). Mas entre todas as atletas, ela tem uma que conhece muito bem: especialmente desde 30 de março de 1999. Trata-se da goleira Nayara Bitto, que é a sua sobrinha e foi uma das principais figuras no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista de handebol feminino juvenil, ajudando o JHC a vencer o Pinheiros por 26 a 23.
“É uma felicidade muito grande ter alguém da família atuando. Fui atleta por 16 anos e sempre incentivei meus sobrinhos a praticarem esporte. É legal ter uma parente no seu time e brilhando no time. Ela foi muito bem, principalmente no um contra um”, elogiou a treinadora.  “Uma alegria bastante de jogar aqui. Ela me ajuda muito seja aqui na quadra ou fora dela. A minha tia é o meu exemplo”, disse a goleira.
Preta lembra que desde criança Nayara seria uma atleta com potencia…