Header AD

18/02/2017

“Precisamos de muito mais, ter alma, atitude”, diz Umberto após derrota


O treinador Umberto Louzer disse que o Paulista precisa mostrar mais em campo nesta Série A-3, caso sonhe em escapar do rebaixamento. Com 1 vitória em 6 rodadas, e ocupando a 18ª colocação, em uma competição que rebaixará seis clubes ao final de 19 rodadas, o comandante do Tricolor está incomodado com a falta de ambição do time dentro das partidas.

“O que temos a falar ao nosso torcedor é pedir desculpas a eles. Estou também nesta situação. A gente está trabalhando bastante para sair deste desconforto. Precisamos de muito mais, ter alma, atitude e que a gente consiga sair desta situação adversa”, declarou. “Você trabalha, busca passar todas informações necessárias, direcionar trabalho do dia-a-dia, onde até acontece, mas não consegue transportar no dia de jogo. A gente está muito passivo, está faltando atitude, e dar uma resposta para nós mesmos”, completou.

Umberto lamentou a derrota por 2 a 0 para a Matonense, que na visão dele era um concorrente direto neste momento na briga contra a queda para a 4ª divisão Estadual. “O jogo de hoje era contra um concorrente direto, era o primeiro fora da zona de rebaixamento, e eles abriram seis pontos da gente. Precisamos ter atitude, mudar postura por completo. É a realidade nossa hoje é essa (brigar para não ser rebaixado), pois mesmo que a gente obtenha uma vitória (na próxima rodada) não vamos sair da zona de rebaixamento). Nós precisamos melhorar em todos os aspectos e setores. Mas o mais importante é ter ambição de vencer. E nosso time foi muito apático e fica mais fadado a perder”, contou.

O comandante lamentou que a equipe tenha voltado do 2º tempo desatento. “A gente corrigiu no intervalo, pede nível de concentração, e logo com um minuto tomamos um gol, com desatenção total. O lance tinha dobra (de marcação), superioridade numérica no setor e isso se chama falta de concentração, e quando baixa e propenso a sofrer o gol”, disse.

O time do Paulista agora 10 dias para trabalhar, já que a sua próxima partida será apenas no dia 1º de março, quarta-feira de Cinzas, quando enfrenta o Rio Branco, em Americana. Um tempo considerado ideal para Umberto para acertar o time dentro de campo. ““Quanto mais tempo para trabalhar, para conhecer o grupo, aprimorar as coisas. Do que enxergo futebol estamos muito distantes. A gente precisa trabalhar, e ter mais intensidade no dia-a-dia do trabalho para transportar para o gramado”, afirmou.  “Eu vejo futebol independente de A-3, se atleta de divisão, se é o clube de divisão. Vejo futebol por conquista. A gene precisa rever conceitos e algumas coisas. Eu acredito no futebol bem jogado, ser intensivo, bem marcado, e com domínio da posse que busque o mais rápido possível, jogando com velocidade e infiltrações. A gente faz num momento e outro de forma tímida, e quando faz pouco vira presa fácil dos adversários”, completou.

Thiago Batista – Esporte Jundiaí; foto: Thiago Batista
“Precisamos de muito mais, ter alma, atitude”, diz Umberto após derrota “Precisamos de muito mais, ter alma, atitude”, diz Umberto após derrota Reviewed by Thiago Batista de Olim on 19:13 Rating: 5