Série A de Jundiaí: Quem ficará com o título da edição de número 91: Palmeiras ou Ponte? - Esporte Jundiaí

16/12/2017

Série A de Jundiaí: Quem ficará com o título da edição de número 91: Palmeiras ou Ponte?


Neste domingo será encerrado a edição de número 91 da história da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí. Palmeiras e Ponte Preta disputam o título máximo da competição, não antes das 10h20 da manhã, no campo do centro esportivo Francisco Dal Santo. Caso a taça vá para o bairro do Medeiros, será a sétima conquista da história do time, que o tornará de forma isolada o maior campeão entre os clubes em atividade. Se o troféu for para o bairro da Agapeama, será a 2ª conquista na história do clube.

O Palmeiras quer manter um tabu que possui neste século. Sempre que chegou a decisão foi campeão: foi assim em 2007 e 2008 (último clube na cidade a ser bicampeão) e em 2013, ano da sua última conquista. A Ponte Preta chega a sua terceira final no século e tem uma vitória e uma derrota em séries decisivas: perdeu a batalha de 2014 para o Marlene, mas superou o mesmo rival no ano seguinte.

No primeiro duelo, na semana passada, empate sem gols. Para ficar com o título, o Palmeiras do Medeiros basta apenas empatar com o rival novamente, já que em caso de empate no placar agregado do confronto, o Verdão fica com a taça em virtude da melhor campanha que teve na primeira fase. Para a Ponte Preta apenas a vitória interessa – e por qualquer placar.

O Palmeiras chega a decisão defendendo uma invencibilidade na temporada de nove jogos – última derrota foi em 24 de setembro, quando perdeu do Resenha por 1 a 0. No período foram quatro vitórias e cinco empates (17 pontos somados no período). A Ponte nos últimos nove jogos teve aproveitamento próximo do Verdão, mas sofreu uma derrota no período (2 a 0 para o Estrela) – foram ainda quatro vitórias e quatro empates (16 pontos ganhos no período).

Mas o dado que todos querem saber no domingo é, na hora que o árbitro apitar o final da partida no Dal Santo, qual clube receberá o troféu com a placa de campeão de 2017: resposta por volta do meio-dia, uma da tarde, no campo da Vila Rami.

Campeões e vices desde 1987
Ano
Campeão
Vice
2014
Grêmio Marlene
Estrela
2015
Ponte Preta
Grêmio Marlene
2014
Grêmio Marlene
Ponte Preta
2013
Palmeiras
Jamaica
2012
Jamaica
Grêmio Marlene
2011
Shangai
Grêmio Marlene
2010
Grêmio Marlene
Estrela
2009
União da Vila
Grêmio Marlene
2008
Palmeiras
Ivoturucaia
2007
Palmeiras
União da Vila
2006
Estrela
Engordadouro
2005
Estrela
Botafogo
2004
Cruzeiro
União da Vila
2003
Estrela
Engordadouro
2002
Estrela
Cruzeiro
2001
Clube Jundiaiense
Juventude
2000
Clube Jundiaiense
Caxambu
1999
Juventude
Estrela
1998
Estrela
Cruzeiro
1997
Caxambu
Bandeirante da Ermida
1996
Cruzeiro
Estrela
1995
Jundiaí
Cruzeiro
1994
Caxambu
Rui Barbosa
1993
Palmeiras
Caçula
1992
Brasa
Jundiaí
1991
Brasa
Anhangabaú
1990
Brasa
Águia Negra
1989
Cruzeiro
Brasa
1988
Brasa
Anhangabaú
1987
Bangu da Vila Cristo
Águia Negra

PALMEIRAS
PONTE PRETA
Tiaguinho
João Garça
Elivelton
Nenê
Clebinho
João Paulo
Breno
Gaúcho
Alex
Luiz Henrique
Itamar
Técnico – Jean Carlos
Limão
Portela
Maguila
Gasparetto
André
Léo Soares
Luan
Caju
Maurão
Jonathan
Tiagão
Técnico – Rodrigo Alves
Arbitragem: Não divulgada