Um primeiro jogo chato de se ver… Ponte e Palmeiras não saem do zero - Esporte Jundiaí

10/12/2017

Um primeiro jogo chato de se ver… Ponte e Palmeiras não saem do zero


A primeira partida da decisão da Série A do Campeonato Amador de Jundiaí não foi do nível que Ponte Preta da Agapeama e Palmeiras do Medeiros poderiam mostrar. Com muito medo de se expor ao seu adversário, os dois times tiveram cautela,mas causa excessiva e em jogo de baixa qualidade técnica não saíram de um chato 0 a 0 para se assistir. Em toda partida, apenas 4 finalizações ao gol foram registradas. Se tem um ponto a se elogiar da final foi a festa das duas torcidas, em alguns momentos mais interessante que o próprio jogo. O segundo jogo da final será no próximo domingo, às 10h20, no Dal Santo, com Palmeiras jogando pelo empate para ficar com a taça.


O jogo começou com incríveis mais de 50 minutos de atraso. Era para começar às 9h da manhã, começou apenas às 9h52. E todo um atraso tirou a emoção da partida. Apenas um lance de perigo foi registrado em toda a primeira etapa: um chute de Itamar, dentro da área, logo no primeiro ataque do Palmeiras, é uma cabeça de Léo Soares, em cruzamento de Caju para a Ponte Preta.


O segundo tempo foi muito morno. Novamente cada time teve apenas uma chance: o Palmeiras estourou o travessão do time adversário em chute de Luizão, enquanto a Ponte teve boa oportunidade com Tiagão, sem goleiro, chutou a bola para fora.


Ponte Preta: Limão; Portela, Maguila, Gasparetto e André; Léo Soares, Luan e Caju: Maurão, Jonathan e Tiagão. Técnico: Rodrigo Alves. Entraram: Baia e Constâncio

Palmeiras: Tiaguinho; João Garça, Elivelton, Nenê e Clebinho; João Paulo, Breno, Gaúcho e Alex; Chucky e Itamar. Técnico: Jean Carlos. Entraram: Luiz Gustavo, Otávio, Diego Macedo, Itamar e Alex

Árbitro: Alberto Cosme
Assistentes: André Cosme e Alex Amaral