08/01/17 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 8, 2017

Série A-3: Em casa, Galo jogará aos sábados à tarde e às quartas-feiras a noite

O Paulista já informou a Federação Paulista de Futebol quais os horários que prefere jogar quando suas partidas como mandante ocorreram aos meios de semana e também aos finais de semana na Série A-3 do Campeonato Estadual. O Galo optou por jogar no fim de semana, aos sábados, a partir das 16h no horário de verão e a partir da metade de fevereiro a partir das 15h; enquanto no meio de semana o dia base será às quartas-feiras, com a partida se iniciando às 20h. A Federação Paulista deverá até o dia 19 de janeiro soltar a tabela detalhada com datas e horários de todos os clubes na competição.
A opção por jogar aos sábados, é para não perder o público que pode optar por assistir os clássicos do Campeonato Paulista pela televisão sempre nas tardes de domingo. O horário será de 15h quando não vigorar o horário de verão, para o clube e não ter que ligar os refletores do estádio e assim não gerar mais um gasto financeiro. A única exceção será na última rodada, quando o Paulista recebe o Taboã…

Copa Vila Arens de futsal: Primeira rodada tem domingo de três empates

Neste final de semana teve inicio a Copa Vila Arens de futsal, com a disputa de sete partidas no total (Bayern x NDez foi cancelado, devido a desistência do NDez). E a rodada do domingo teve algo bastante curioso: dos quatro jogos disputados, três terminaram em empate. A igualdade com maior número de gols ficou no confronto entre Despachante Rami e Shaktar, já que cada um anotou quatro gols no oponente.
Apenas o Fundão saiu da domingueira sem pontos ao perder do Real Santa Gertrudes (atual campeão da Copa Jundiaí de futsal) por 8 a 2. Na rodada do sábado, destaque para a vitória do Paiol Veio sobre o Tiradentes por 4 a 2. A rodada inaugural teve 39 gols no total, média de 5,57 por confronto.

Ex-treinador do Galo vai comandar clube da Série A-2 do Campeonato Paulista

A diretoria do Mogi Mirim definiu na manhã desta sexta-feira, o treinador para a disputa do Campeonato Paulista Série A-2. Com 52 anos e passagens por vários clubes brasileiros, o técnico Marcelo Veiga foi o escolhido. Ele comandou o Paulista em 2007, ano que o time jundiaiense sofreu o rebaixamento da Série B para a Série C do Brasileirão, sendo que ele começou o comando da equipe na competição de 10 anos atrás.
O Bragantino, o popular Massa Bruta, foi o clube paulista que Marcelo Veiga mais teve oportunidade de comandar durante sua carreira profissional, onde conquistou o título do Campeonato Brasileiro da Série C, em 2007.
A missão de Veiga será de recolocar o Sapão da Mogiana na Série A-1 do Estadual em 2018. Em sua apresentação para o elenco, Marcelo Veiga demonstrou determinação. “Conheço bem o futebol paulista e sei bem das dificuldades. Mas agora é arregaçar as mangas e partir para o trabalho em busca dos objetivos”, enfatiza o treinador do Mogi Mirim.
Thiago Batista – Esporte…

Rafael Amarelinho aceita convite para participar da Copa América de down hill

O ciclista jundiaiense Rafael Amarelinho participa entre os dias 20 e 22 de janeiro da Copa América de down hill, em São Roque, interior de São Paulo. Ele recebeu o convite da organização no final do ano passado e aceitou o convite em participar. Amarelinho é um dos 90 convidados do evento.
Ele espera participar da fase final no dia 22 de janeiro (um domingo) como um dos 24 melhores classificados a partir das tomadas de tempo que ocorrem um dia antes, ou como um dos oito pilotos convidados para disputa. Também serão selecionados quatro reservas para possíveis substituições classificados imediatamente após o 24º colocado.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí

Futebol americano: Atleta jundiaiense acerta com o Ponte Preta Gorilas

O jundiaiense Yuri Picardi após defender por 6 meses a Lusa Lions terá uma nova casa na temporada 2017 para mostrar a sua técnica no futebol americano. Ele defenderá o Ponte Preta Gorilas, que disputa torneios importantes da modalidade no país. Picardi jogou nos Ocelots entre o 1º semestre de 2013 e o 1º semestre do ano passado. No time jundiaiense conquistou o título da Taça Nove de Julho, em 2014.  O defensive-tackle já atua no futebol americano há 10 anos. Ponte Preta disputa este ano a São Paulo Football League, competição que os Ocelots também estão inscritos.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Thiago Batista

Ana Candiotto é eliminada logo nas oitavas de final da 2ª etapa do Circuito Paulista

A tenista jundiaiense Ana Candiotto não conseguiu manter o mesmo desempenho que teve na 1ª etapa do Circuito Paulista, sendo eliminado logo no primeiro jogo da 2ª etapa, que ocorre em Serra Negra. Aninha perdeu para Catarina Melleiro, logo nas oitavas de final da chave 14 anos feminino, de virada, por dois sets a um. As parciais foram de 4/6, 6/4 e 6/2. O confronto ocorreu neste domingo.  Já a irmã de Ana, Fernanda caiu também nas oitavas de final, ao perder por duplo 6/0 para Gabriela Catarina, também neste domingo, pela chave 16 anos feminino.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Divulgação

Rafael Porcari: Análise da Arbitragem - Paulista 1 x 0 Joinville e alerta a torcida

A troca de árbitros para o jogo decisivo do Galo na Copa São Paulo 2017 foi muito boa. Uma excelente atuação (faz tempo que não escrevia isso, não?)  do quarteto de arbitragem no Estádio Jayme Cintra. Escalado posteriormente à divulgação inicial da escala (estava no jogo Paulo Santiago, que foi retirado da partida por ter trabalhado 48 horas antes em jogo do próprio Joinville), Rodrigo Santos mostrou ter vocação como árbitro.
Aos 5 minutos, na falta sofrida por Zunquinha (PTA) e na cometida por Bryan (PTA), soube se impor corretamente, fazendo cara feia e aplicando a advertência verbal. Impediu aglomerados de jogadores fazendo aquele “cerca-árbitro” de reclamações. Coibiu a cera do goleiro Felipe (JOI) no começo da partida e não se intimidou com as simulações de falta de Criciúma (PTA). Acertou ao não marcar pênalti reclamado por Moisés (PTA) e advertir Thierry (JOI) por impedir a saída de bola do goleiro adversário. Aplicou muito bem a lei da vantagem aos 33 minutos, fazendo a leitu…