10/01/17 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 10, 2017

Copa SP: Após grito de “burro”, Galo faz gol e avança para próxima fase

Umberto Louzer, treinador do Paulista pode usar a frase do seu colega de profissão, Levir Culpi: “burro com sorte”. Após a torcida do Galo xingar ele de “burro” pelas suas mudanças, no primeiro lance saiu o tão sofrido gol da classificação do Paulista para as Décimas-sextas de final da Copa São Paulo de futebol junior. Em jogo, com total domínio jundiaiense seria injusto a equipe sofrer a eliminação diante do Atlético Goianiense. Novamente na base do 1 a 0, o Tricolor mostrou que pode sonhar com o título da Copinha. O herói da tarde/noite desta terça-feira em Jayme Cintra, foi o meia Molter, que entrou no começo do segundo tempo. A partida foi acompanhada por cerca de 7.000 torcedores, mostrando o sucesso que a competição está sendo em Jundiaí. Na próxima fase, o rival do Paulista será o Red Bull Brasil, que mais cedo venceu o Vitória-BA por 1 a 0. O jogo da próxima fase será na quinta-feira, provavelmente em Jundiaí.
O Atlético Goianiense escalou seu time com três zagueiros e quatro…

Copa SP: Em jogo morno, Red Bull vence Vitória-BA e avança às 16ªs de final

O Red Bull está classificado para as Décimas-sextas de final da Copa São Paulo de futebol junior. No Jayme Cintra, nesta terça-feira, o Touro venceu o Vitória-BA por 1 a 0, e vai enfrentar o Paulista. A partida não teve grandes lances de perigo em seus 90 minutos.
O Red Bull Brasil começou pressionando o time rival, que atuava com 3 zagueiros. Com domínio do meio-campo, o Touro teve uma boa chance em chute de fora da área, com Júlio, aos 10 minutos. A bola foi para fora.
Três minutos depois novamente o Red chegou e foi mais feliz, em chute da entrada de área de Rodrigo. A bola desviou na zaga baiana enganando o goleiro Lucas. 1 a 0, Red. Depois de sofrer o tento, o Leão da Ilha começou ter mais a posse de bola, mas pouco ameaçou o gol de Filipe e foi em desvantagem para o intervalo com a desvantagem.
O segundo tempo foi muito fraco, com muitas faltas e quase nenhum lance de emoção. Nos 20 minutos finais, o time baiano até foi para o ataque, abrindo mão do esquema 3-5-2 e jogando at…

Futebol: Ex-atacante do Paulista pode retornar para a Ponte Preta nesta temporada

O ex-atacante do Paulista, Lins, pode reforçar a Ponte Preta nesta temporada. O jogador pode retornar a Macaca. Ele defendeu o clube campineiro em 2009 quando disputou 27 jogos e marcou sete gols. O atacante possui características bem parecidas as de William Pottker - rápido, que joga pelos lados e que também pode atuar como centroavante em alguns momentos. Ele tem conversas adiantadas com a diretoria ponte-pretana. No Galo, Lins atuou em 2008.
O atleta de 29 anos foi revelado nas categorias de base do Camaçariense e acumula passagens ainda por Mogi Mirim, São Caetano, Guaratinguetá, Mirassol, Criciúma, Grêmio, ABC, Itumbiara, Gamba Osaka-JAP e por último o Figueirense, fazendo parte do elenco que foi rebaixado para a Série B do Brasileiro.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Site Globoesporte.com

Gilsinho deixa Atlético-GO para reforçar time da 2ª divisão do futebol japonês

Um dos destaques da campanha vitoriosa do Atlético na Série B de 2016, o atacante Gilsinho não faz mais parte do elenco rubro-negro. O ex-jogador do Paulista chegou a renovar com o Dragão até o dezembro deste ano, mas recebeu uma boa proposta do Avispa Fukuoka, do Japão e optou por jogar a J2 League, competição que corresponde à segunda divisão do Campeonato Japonês.
Com a camisa do Atlético, Gilsinho fez 40 partidas e marcou três gols. Na ausência de Lino que se machucou durante a Série B, o atacante chegou a ser o capitão do time em algumas partidas e é era uma das peças fundamentais do elenco de Marcelo Cabo.
O futebol japonês não é algo novo para o atacante de 32 anos. Já estão no currículo do atleta outros três times do país asiático: Júbilo Iwata, onde ficou de 2008 a 2011; Ventforet Kofu, time que defendeu em 2013 e 2014; Gifu, 2015.
Thiago Batista – Esporte Jundiaí / Foto: Site oficial do Atlético Goianiens

Thiago Batista: Como estragar uma competição – Dirigentes da FIFA sabem

Nesta semana a FIFA deverá ratificar o que todos já sabem desde domingo: a Copa do Mundo com 48 seleções, a partir de 2026. 48 seleções. Algumas seleções que nunca se classificariam para disputa de um Mundial terão a oportunidade de mostrar (a ineficiência) do seu futebol no mais importante torneio entre países. Outras equipes deverão ter vaga praticamente cativa. Caso do Brasil, já que a América do Sul deverá ter 6,5 vagas para as 10 seleções que disputam a Eliminatória.
Copa do Mundo com 32 seleções já nos mostra algumas seleções fracas (lembram de Honduras em 2014,  Irã e Camarões nos dois últimos mundiais sem ter ganho uma única partida [sendo que os camaronenses nem ponto somaram] e Coreia do Norte em 2010), imagina com 48...
Com 48 seleções, a proposta que deve ser aprovada para a 1ª fase é a de 16 grupos com 3 seleções. Um formato que deixa muito em aberto a possibilidade de mutretas. Vamos imaginar uma chave com Brasil, México e Dinamarca. Na 1ª rodada, o Brasil fica no 2 a 2…

Rafael Porcari: E se o São Paulo jogar com os reservas na estreia do Paulistão?

Vampeta, presidente do Audax, trouxe a informação dos dois valores a serem cobrados nos primeiros jogos do seu time no Campeonato Paulista:
– Para Audax x São Paulo em Barueri (o mesmo estádio do 100o gol, no qual será de novo um palco histórico para a estréia do ex-goleiro como treinador), o preço será de R$ 100,00. Claro, a justificativa é aceita: o jogo é um evento e marcará a nova fase da carreira do Rogério.
– Para Audax x Corinthians em Osasco (sede do clube), o preço será de R$ 20,00, pois ocorrerá no aniversário da cidade e o valor baixo se deve a um presente do clube aos munícipes. Justificativa também coerente.
É claro que tal fato provocará discussão, mas fica a imediata pergunta: e se o São Paulo FC quiser promover ele próprio o evento, colocando um time reserva em campo e estreando Rogério Ceni dentro do Morumbi, na rodada seguinte?
A lógica seria a de que o Audax lucraria menos do que deseja e o SPFC aproveitaria a oportunidade para faturar. O problema é: vale jogar com…