Cristian Ribera diz que o domingo foi emocionante com 6º lugar nos 15km do esqui cross-country - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Cristian Ribera diz que o domingo foi emocionante com 6º lugar nos 15km do esqui cross-country

11/03/2018

Cristian Ribera diz que o domingo foi emocionante com 6º lugar nos 15km do esqui cross-country



O atleta do Peama-Jundiaí, Cristian Ribera, de 15 anos, utilizou as redes sociais para abordar sobre o sexto lugar que conquistou na prova dos 15km do esqui cross-country na manhã do último domingo em PyeongChang, na Coreia do Sul, na disputa das Paralímpiadas de Inverno (noite de sábado no Brasil).

“Um dia simplesmente inesquecível. Hoje foi o dia do Brasil estrear nos Jogos Paralímpicos de Inverno, e a primeira prova foi a de long distance (15km), prova onde consegui conquistar o sexto lugar entre 29 atletas. Algo extremamente emocionante para mim e para o nosso Brasil, e acho que posso dizer que representei bem nosso Brasil”, escreveu em sua conta no Facebook.

“Queria agradecer muito a torcida de todos, as mensagens de incentivo que recebi me ajudaram bastante, a todos os membros da delegação que se preocupam em ajudar o time, e principalmente a minha família e professores”, completou.

O resultado é o melhor já conquistado pelo Brasil em Jogos de Inverno Olímpicos e Paralímpicos e, ainda, o melhor entre sul-americanos na história da competição paralímpica. O melhor resultado até agora entre atletas do país em Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno havia sido em 2006, com Isabel Clark, do snowboard, nos Jogos de Turim, na Itália.

O atleta do Peama-Jundiaí, ainda a disputa outras três provas na Coreia, todas no esqui cross-country (sprint – 1,1km, 7,5km e revezamento misto), é fruto de uma parceira da CBDN (Confederação Brasileira de Desportos na Neve) com a Fundação Agitos, braço educacional do Comitê Paralímpico Internacional, com o objetivo de difundir e fomentar a prática do esporte no país.

Há três anos, em 2015, em uma das etapas do projeto, o atleta, na época com apenas 12, testou o sit ski. Em dezembro do ano passado, competiu oficialmente pela primeira vez e, em fevereiro, na etapa da Copa do Mundo de Vuokatti, na Finlândia, garantiu a vaga masculina que pertencia ao País nos Jogos. Cristian nasceu com artrogripose – doença congênita das articulações das extremidades.

Foto: Divulgação - CBDN