De virada, Red Bull (treina em Jarinu) perde para o São Paulo e agora somente pensa no Interior - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: De virada, Red Bull (treina em Jarinu) perde para o São Paulo e agora somente pensa no Interior

11/03/2018

De virada, Red Bull (treina em Jarinu) perde para o São Paulo e agora somente pensa no Interior



A despedida do Red Bull Brasil teve televisão aberta, mas com Morumbi vazio. Algo rotineiro para uma equipe que treina em Jarinu (ou seja, no Aglomerado Urbano de Jundiaí), manda seus jogos em Campinas (no Aglomerado de Campinas), que não tem torcida e nem simpatia dos amantes do futebol. Saiu na frente do São Paulo, mas sofreu a virada no 2º tempo para o clube do Morumbi e assim perdeu mais um jogo no Paulistão, desta vez por 3 a 1. O resultado fez o Red Bull terminar em 3º lugar no grupo D, com 13 pontos, a 3 pontos do Botafogo de Ribeirão, 2º colocado. O time, que treina em Jarinu, terminou em 12º lugar na classificação geral, e somente garantirá vaga na Série D do Campeonato Brasileiro em duas hipóteses: em caso de acesso do Novorizontino a Série C do Brasileiro deste ano (o clube de Novo Horizonte está na 4ª divisão nacional nesta temporada), ou faturar a Copa Paulista.

Agora o Red Bull Brasil disputará o Troféu do Interior, que terá seu formato definido nesta segunda-feira, em congresso técnico na sede da Federação Paulista de Futebol, às 11h30 da manhã. Participam do “torneio de consoloção”, os clubes que não se classificaram para a fase de quartas de final e nem foram rebaixados. Estarão também São Bento, Ituano, Ferroviária, Ponte Preta e Mirassol. O mais provável é que os clubes sejam divididos em dois grupos de três times, com as equipes de um grupo jogando contra da outra chave, em turno único, e os primeiros de cada chave, avançando a final. O vencedor do Troféu do Interior vai garantir vaga na Copa do Brasil de 2019.

Comandado pelo interino André Jardine, o São Paulo saiu atrás no placar após uma falha do goleiro Jean. A equipe, diante de poucos torcedores, empatou com um gol contra ocorrido após jogada construída por Nenê. Na etapa final, Arboleda, de cabeça, virou o placar. Marcos Guilherme, em seguida, fez o terceiro gol.

“A gente fez um primeiro tempo relativamente bom, fomos competitivos e criamos chances. No segundo, o jogo de quinta pesou para a gente fisicamente. Com as trocas, eles criaram mais oportunidades”, disse o técnico Ricardo Catalá, do Red Bull. Agora, o Red Bull se prepara para a disputa do Troféu do Interior. As datas das partidas ainda serão definidas nesta semana. ”Nós desenvolvemos bastante coisa pensando em jogar neste campeonato, mas precisávamos ter sido mais decisivos. Agora, tem a disputa do Troféu do Interior, que nos dá uma chance de título. Além disso, tem a vaga na Copa do Brasil, que pode tornar nosso calendário de 2019 mais interessante”, completou o treinador.

São Paulo 3 x 1 Red Bull Brasil
São Paulo: Jean; Bruno, Arboleda, Aderllan e Júnior Tavares; Petros, Pedro Augusto (Liziero) e Nenê; Caíque (Valdivia), Diego Souza e Trellez (Marcos Guilherme). Técnico: André Jardine
Red Bull Brasil: Julio Cesar; Nininho, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Rayne (Doriva) e Thomaz (Matheus Oliveira); Eder Luis, Claudinho e Edmilson (Tatá). Técnico: Ricardo Catalá
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Público e renda: 9.226/R$ 229.340
Gols: Edmilson, aos 9min do 1ºT (0-1), Nininho, contra do Red Bull para o São Paulo, aos 31min do 1ºT (1-1), Arboleda, aos 22min do 2ºT (2-1) e Marcos Guilherme, aos 26min do 2ºT (3-1)

Foto: Divulgação – Red Bull Brasil