Red Bull Brasil jogará em Campinas, como mandante contra a Ponte Preta nesta quinta-feira - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Red Bull Brasil jogará em Campinas, como mandante contra a Ponte Preta nesta quinta-feira

08/03/2018

Red Bull Brasil jogará em Campinas, como mandante contra a Ponte Preta nesta quinta-feira



Dando fim a 11ª rodada do Campeonato Paulista, Red Bull Brasil e Ponte Preta se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h30, com as mais distintas ambições. Ao mesmo tempo que as equipes almejam uma vaga na segunda fase, também lutam para findar o risco de descenso que ainda paira sobre os treinadores Ricardo Catalá e Eduardo Baptista. O palco do duelo será o estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O mando de campo será do Red Bull Brasil, que apesar de treinar em Jarinu, não manda partidas na região jundiaiense – opta justamente por jogar em terras campineiras.

E o jogo terá uma situação atípica para a Macaca. Dona do estádio, a Ponte será visitante na partida e não poderá ter torcida, por conta de uma decisão judicial que regulamenta apenas torcida do time mandante em jogos que envolvam os Alvinegros de Campinas.

O Red Bull Brasil está sem vencer há três jogos, o “Toro Loko” não tem problemas por questões de cartão e a única dúvida é a escalação de Eder, que se recupera de uma torção no tornozelo. Em caso de triunfo, a equipe comandada por Ricardo Catalá pode chegar na rodada derradeira sonhando com a possibilidade de avanço para a segunda fase, porém, já se livra do risco de rebaixamento.

“A casa é da Ponte, mas são dois times que conhecem bem o campo e que precisam do resultado para alcançar seus objetivos. Vai ser difícil, equilibrado e esperamos fazer um bom jogo”, disse o técnico Ricardo Catalá. “Faltam duas rodadas e ainda estamos na briga por classificação e por vaga na Série D. Estamos trabalhando duro e encarando cada passo com a mesma importância de uma decisão”, completou o zagueiro Tiago Alves.

A Ponte Preta acumula seis jogos seguidos sem vencer e, com duas rodadas para o fim do Paulistão, tem chances matemáticas de sofrer o rebaixamento. Como tem se tornado rotina, a escalação da Ponte Preta será diferente da última rodada. Orinho, pelo acúmulo de cartões amarelos, e Felippe Cardoso, com um edema na coxa esquerda, estão fora, mas existe a expectativa do retorno de Felipe Saraiva, em transição para o campo após lesão. Para o lugar do lateral suspenso, Jefferson e Marciel disputam a vaga.

Ingressos - A venda de ingressos para a partida entre Red Bull Brasil e Ponte Preta, nesta quinta-feira, já começou. Por decisão judicial, só está permitida a entrada de torcedores do Red Bull Brasil. Ou seja, a polícia não vai liberar a entrada de quem estiver usando camisa, calção, meião, boné ou qualquer artigo da Ponte Preta. Os valores são vitalícia – R$ 100 (meia R$ 50), arquibancada descoberta – R$ 20 (meia R$ 10). Os bilhetes podem ser adquiridos no estádio Moisés Lucarelli.

Red Bull Brasil x Ponte Preta
Red Bull Brasil: Júlio Cesar; Éverton Silva, Tiago Alves, Anderson Marques e Breno Lopes; André Castro, João Denoni e Éder Luis; Deivid, Claudinho e Ricardo Bueno. Técnico: Ricardo Catalá
Ponte Preta: Ivan; Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Jeferson; Marciel, João Vitor e Daniel; Silvinho, Léo Artur (Felipe Saraiva) e Yuri. Técnico: Eduardo Baptista
Árbitro: Raphael Claus

Foto: Divulgação - Red Bull Brasil