Red Bull empata com Ponte e está eliminado na 1ª fase do Paulistão. Mas livre da queda a A-2 - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Red Bull empata com Ponte e está eliminado na 1ª fase do Paulistão. Mas livre da queda a A-2

09/03/2018

Red Bull empata com Ponte e está eliminado na 1ª fase do Paulistão. Mas livre da queda a A-2



Red Bull e Ponte Preta se enfrentaram na noite desta quinta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, e ficaram no empate sem gols, pela penúltima rodada do Paulistão Itaipava. O resultado tira a chance de ambos de conquistar a classificação. O Red Bull Brasil está livre da queda, mas já não pode mais chegar no Botafogo. Tem 13 pontos, contra 16 do time de Ribeirão Preto, que também tem duas vitórias a mais. Com 11 pontos, a Ponte Preta não pode mais alcançar São Caetano e São Paulo, que têm 14 e duas vitórias a mais no critério de desempate. A luta agora é pela permanência, já que tem dois a mais do que o Linense, penúltimo colocado.

A Ponte Preta começou o jogo em cima do Red Bull Brasil e obrigou Julio Cesar fazer uma bela defesa logo de cara depois de uma cabeçada de Renan Fonseca. A bola ainda sobrou para Emerson, que mandou pela linha de fundo. O Red Bull levava perigo, principalmente com Deivide, mas não conseguiu passar pela forte marcação da Ponte Preta, que soube muito bem levar o empate para o intervalo.

O panorama do segundo tempo continuou o mesmo. O jogo seguiu muito truncado, com ambos os times receosos em atacar. A melhor chance foi aos 41 minutos, quando André Castro apareceu de frente para o gol, mas parou num milagre de Ivan.

“Esse time deveria ter ido mais longe. Nós perdemos pontos no começo do campeonato em partidas que tivemos a condição de vencer. Agora, todos os pontos que perdemos nas últimas rodadas ainda tiveram um peso maior”, disse o técnico Ricardo Catalá. Na última rodada, o Red Bull Brasil enfrenta o São Paulo no domingo, às 17h, no Morumbi. No mesmo dia e horário, a Ponte Preta recebe a Ferroviária no Moisés Lucarelli. “O objetivo é fazer um bom Troféu do Interior, tentar buscar o título. O campeonato oferece uma vaga na Copa do Brasil e passa a ser a meta principal do clube”, completou o treinador.

Red Bull Brasil 0 x 0 Ponte Preta
Red Bull Brasil: Julio Cesar; Everton Silva, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Doriva e Eder Luis (Matheus Oliveira); Claudinho (Tatá), Deivid (Thomaz) e Edmilson. Técnico: Ricardo Catalá
Ponte Preta: Ivan; Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Jeferson; João Vitor, Marciel (Xavier), Daniel (Aaron) e Léo Artur; Silvinho e Gabriel Vasconcelos (Yuri). Técnico: Eduardo Baptista
Árbitro: Raphael Claus
Público e renda: 706 / R$ 19.820

Foto: Divulgação - Red Bull Brasil