Região de Jundiaí recebeu a primeira etapa do Circuito Inter Ranchos de laço feminino - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Região de Jundiaí recebeu a primeira etapa do Circuito Inter Ranchos de laço feminino

03/03/2018

Região de Jundiaí recebeu a primeira etapa do Circuito Inter Ranchos de laço feminino



A primeira etapa do laço feminino – breakaway roping e laço em dupla – na prova do Circuito Inter Ranchos,no Coyote Rope Ranch, aconteceu na última semana, na região jundiaiense. O número de mulheres praticantes de Laço em Dupla vem aumentando a cada dia. No breakaway roping elas já estão fazendo bonito e somando cada vez mais participantes.

Para a região de Jundiaí, Sorocaba, por exemplo, são esportes que ainda estão no status de novidade. Das laçadoras que treinam, poucas vão às provas que já rolam nessas categorias, pois ainda estão iniciando. Na região de São José do Rio Preto e Presidente Prudente, por exemplo, há um número bem maior de laçadoras, que treinam forte e já participam de provas há mais tempo.


E foi exatamente isso que Lucy Fazzio pensou. Ela laça breakaway roping desde o ano passado e abraçou a causa totalmente. Para aumentar o número de provas dessa modalidade, começou a organizar algumas e fazer parceria com eventos que já existem, a fim de que a categoria fosse inserida. Ano passado o laço feminino ficou por conta dela em etapa da Revolution Team Roping, região de Araçatuba/Prudente/Rio Preto. O próximo passo de Lucy foi levar para a região onde existem laçadoras, mas ainda com pouca experiência, que é justamente Sorocaba/Jundiaí. E ela juntou as meninas que já treinam ou que começaram a treinar agora, e realizou a primeira etapa do Laço Feminino Circuito Inter Ranchos, com nove inscritas, um número bem interessante.

Mesmo o breakaway sendo novo, quatro anos no Brasil, já sentiram a necessidade de dividir as meninas por Handcap, o sistema que permite que competidores de níveis técnicos equivalentes disputem entre si. “Somos poucas competidoras, para treinar junto ou ir para as provas, não é barato. Então, para a menina sair de casa, gastar e chegar na prova e dar de cara com as mais experientes, desanima. Tinha lançado a ideia do Handcap e ninguém tinha topado muito. Mas resolvi começar a implementar nessa prova do Circuito Inter Ranchos e deu certo. Então para o breakaway especialmente, que tem algumas meninas mais experientes, elas ficaram no HC 3. Para quem tem o nível mediano, o HC é o 2. E para quem tem pouco tempo de modalidade, laça no HC 1”, explica Lucy.


Jéssica Aiello foi a campeã do breakaway, menor média da prova e primeira colocada no HC 3 – Aberta. Ela também ganhou no laço em dupla, junto com a Lorraine. Em segundo lugar ficou a Juliana Oliveira, que competiu pelo HC 1 – iniciante, e marcou a menor média em sua subdivisão. A terceira no geral foi Silvia Aiello, mãe de Jéssica. Juliana e Silvia fizeram a sua primeira prova. Silvia foi segunda colocada no HC 1. Pelo HC 2 – amador, Anália foi a melhor, quarta colocada no geral. “Todo mundo laça junto e ao final, temos uma classificação geral e outro dentro dos handcaps, assim a distribuição dos prêmios fica melhor para todo mundo”, finaliza Lucy.

A próxima etapa acontece dia 13 de abril, em Conchas, fazendo parte da programação da 7ª prova de laço em dupla da Chácara Santo Antônio. A terceira etapa, e final do laço feminino do Circuito Inter Ranchos, ainda será marcada para o mês de junho.

Com fotos e informações do site Cavalus.com.br