Soltou a voz! Jundiaiense Luciana Mariano volta a narrar jogo de futebol na TV após 19 anos - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Soltou a voz! Jundiaiense Luciana Mariano volta a narrar jogo de futebol na TV após 19 anos

08/03/2018

Soltou a voz! Jundiaiense Luciana Mariano volta a narrar jogo de futebol na TV após 19 anos



A jundiaiense Luciana Mariano há 19 anos não narrava uma partida de futebol na televisão. A Espn Brasil, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, convidou a jornalista a narrar nesta quinta-feira, o confronto entre RB Leipizg-ALE e Zenit-RUS, pela partida de ida das oitavas de final da Liga Europa (Uefa Europa League); Ela que foi a primeira mulher a narrar um jogo do “esporte bretão” na televisão brasileira, pode soltar a voz, já que a partida terminou 2 a 1 para os alemães – gols de Bruma e Timo Werner.

Durante a partida, Luciana Mariano, confidenciou que era a sua primeira transmissão de futebol europeu de clubes – pois somente havia narrado jogos de futebol feminino – entre clubes e seleções e partidas do Campeonato Pernambucano de futebol. Apesar de quase duas décadas sem narrar, Luciana mostrou conhecimento e que não perdeu o pique para narrar os jogos. O comentarista do jogo foi Paulo Calçade.

Vídeo: Espn.com.br

Luciana Mariano, nasceu em Jundiaí, e começou a sua carreira nas emissoras de rádio de Jundiaí, sendo repórter da Rádio Difusora. Ela fazia a repórter da torcida, junto com Eduardo Augusto, o Gugu. Na sequência da sua carreira, ela foi levada a Rádio Gazeta, por Regiane Reiter, antes de passar na TV Bandeirantes, onde fez os Jogos Operários, antes de participar de um teste para ser narradora, no qual foi a escolhida em 1997, quando tinha 21 anos de idade, e narrou o Torneio da Primavera, espécie de Torneio Rio-São Paulo de futebol feminino.


Havia um movimento para que mulheres fizessem mais parte do esporte. Mas nós não pensávamos nisso. Só queríamos trabalhar. Foi então que o Mauro Beting me ligou para falar sobre um concurso da Band para encontrar uma narradora. O prêmio me ajudaria a quitar meu carro e pensei ‘tenho que ganhar de qualquer jeito”, disse ela sobre o teste, em entrevista ao site da Espn Brasil, nesta quinta-feira, dia que marcou o seu retorno ao narrar as partidas de futebol na televisão.

“Narrar futebol foi o maior desafio que já enfrentei até hoje. Eu não tinha nenhuma referência de mulher narradora na TV. Eu não tinha para quem olhar. Quem vou imitar? Na dúvida, no começo, você imita alguém até criar um estilo próprio. Todos os meus exemplos eram masculinos. E agora, quero oferecer o que eu não tive”, contou. Na Band narrou futebol feminino entre 1997 e 1999, e o Campeonato Pernambucano de futebol masculino de 1999. Em 2000, ela trabalhou na cobertura dos Jogos Olímpicos de Sydney, na Band, e no Telecurso 2000 na TV Globo, ambas como apresentadora.

Luciana foi casada com um dos grandes narradores da televisão brasileira – Luciano do Valle (falecido em 2014). Junto com Luciano, montou uma equipe para transmitir o Campeonato Pernambucano masculino da primeira divisão. Com medo das reações, encomendaram uma pesquisa para saber a opinião pública. “Quando estamos no futebol feminino, é ok, mulher com mulher. Quando entramos num campo 99,9% dominados por homens, especialmente na narração, muda. Mas surpreendentemente, começamos a dar primeiro lugar na audiência. Era a primeira vez que o campeonato conseguia isso. E ninguém se incomodou ou julgou. Pelo contrário. O retorno foi superpositivo. Os números foram ótimos e atingimos os objetivos. Só não continuamos, pois, a Globo comprou os direitos de transmissão no ano seguinte”.

Fotos: Divulgação - Instagram - Luciana Mariano / Espn