Treinador do Red Bull Brasil minimiza empate com o São Bento, em casa. “Eles são da Série B” - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: Treinador do Red Bull Brasil minimiza empate com o São Bento, em casa. “Eles são da Série B”

05/03/2018

Treinador do Red Bull Brasil minimiza empate com o São Bento, em casa. “Eles são da Série B”



O Red Bull Brasil recebeu o São Bento no último sábado pela antepenúltima rodada da primeira fase do Paulistão e, em jogo equilibrado, nada de gols para as duas equipes: 0 a 0 no placar. Apesar da igualdade, o treinador do Red, Ricardo Catalá, minimizou o placar.

“Prejuízo do empate é menor do que outros resultados que deixamos de conquistar. São Bento é de Série B, apresenta uma proposta de jogo difícil de enfrentar. Ainda que seja em casa, empatar não é fora da curva. Os outros resultados, somados aos de hoje, é que acaba carregando mais do que deveria”, disse o técnico Ricardo Catalá.

O Touro volta a campo na quinta-feira, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, às 21h30, e encerra sua participação na primeira fase no domingo, contra o São Paulo, no Morumbi. “Dois jogos difíceis, o lado positivo é que são dois clubes de tradição e a proposta de jogo desses clubes são diferentes. Conseguimos nos adaptar melhor a esse tipo de partida”, completou o treinador.

Atualmente o Red Bull Brasil tem 12 pontos e ocupa o 3º lugar do grupo D. Para se classificar terá que necessariamente vencer as duas partidas que restam, e torcer que o Botafogo de Ribeirão no máximo ganhe um dos dois jogos que restam – São Caetano, em casa, na quinta-feira, e Corinthians, em casa, no domingo. Na classificação geral, o Touro é 10º, com 12 pontos, com quatro pontos de vantagem para o último time da zona de rebaixamento, o Santo André – 15º - com uma vitória nas duas partidas, o time que treina em Jarinu (mas não joga na região jundiaiense) se livra do rebaixamento.

Red Bull Brasil 0 x 0 São Bento
Red Bull Brasil: Julio Cesar; Everton Silva, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, João Denoni (Doriva) e Eder Luis; Claudinho, Deivid (Thomaz) e Ricardo Bueno (Edmilson). Técnico: Ricardo Catala

São Bento: Rodrigo Viana; Régis, João Paulo, Luizão e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Maicon Souza e Diogo Oliveira (Celsinho); Lucas Crispim, Lúcio Flávio (Léo Itaperuna) e Everaldo (Cássio Gabriel). Técnico: Paulo Roberto Santos    

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Público e renda: 633 / R$ 3.435