#EfeitoGreve – 7 centros esportivos de Jundiaí funcionam no fim de semana. E todos fecham na 2ª - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #EfeitoGreve – 7 centros esportivos de Jundiaí funcionam no fim de semana. E todos fecham na 2ª

25/05/2018

#EfeitoGreve – 7 centros esportivos de Jundiaí funcionam no fim de semana. E todos fecham na 2ª



Os efeitos da greve dos caminhoneiros estão atrapalhando o dia a dia de quem pratica esporte nos centros esportivos de Jundiaí. No final de semana apenas sete centros esportivos estarão abertos. Mas na segunda-feira nenhum centro esportivo da cidade estará abertos – todos estarão fechados.

Segundo informação repassada pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí, estarão em funcionamento das 8h às 18h os centros esportivos no sábado e no domingo: Aramis Polli, Romão de Souza, Jose Brenna, Jardim Ângela, Francisco Dal Santo e Vandelei Sperandio. Já o centro esportivo Doutor Nicolino de Luca, o Bolão, o funcionamento será das 6h às 18h. Na segunda, todos estarão fechados.

Estado de emergência
O prefeito Luiz Fernando Machado decretou, na tarde desta sexta-feira, estado de emergência no município de Jundiaí, em razão do desabastecimento ocasionado pela paralisação nacional dos caminhoneiros e que já afeta a prestação de alguns serviços na cidade. O objetivo é racionalizar os recursos existentes e direcioná-los às áreas essenciais (saúde, educação, transporte, segurança, defesa civil e saneamento básico), concentrando esforços para garantir a continuidade da prestação dos serviços públicos essenciais.

De acordo com o decreto, fica instituído o Comitê de Gestão de Crise coordenado pelo Gestor da Casa Civil e composto pelos titulares das Unidades de Governo e Finanças, Administração e Gestão de Pessoas, Casa Civil, Inovação e Relação com o Cidadão, Segurança Municipal, Negócios Jurídicos e Infraestrutura e Serviços Públicos, para avaliar e tomar as medidas necessárias diante da situação.

Em virtude do desabastecimento e dos transtornos provocados pelas manifestações, o decreto institui ponto facultativo para as repartições públicas municipais na segunda-feira (28 de maio). O transporte coletivo segue com frota reduzida em 40% até sábado (26 de maio), já a partir da zero hora de domingo (27 de maio), o serviço será interrompido em toda a cidade. A coleta de lixo permanece suspensa em razão da empresa não ter óleo diesel para abastecer os caminhões.