#ExPaulista – Gabriel Leite sai do Guarani e vai defender clube da região jundiaiense: Red Bull - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #ExPaulista – Gabriel Leite sai do Guarani e vai defender clube da região jundiaiense: Red Bull

23/05/2018

#ExPaulista – Gabriel Leite sai do Guarani e vai defender clube da região jundiaiense: Red Bull



Revelado há quatro anos nas categorias de base do Paulista, o meia-atacante Gabriel Leite, que havia renovado seu empréstimo do Palmeiras para o Guarani, clube que defendeu na Série B do ano passado e na Série A-2 deste ano deixou o Bugre após perder espaço. O atleta irá defender agora um clube da região do Aglomerado Urbano de Jundiaí (apesar de nunca mandar jogos na região): o Red Bull Brasil.  O jogador de 23 anos foi anunciado nesta terça-feira e vai defender o novo time por um ano. O contrato de Gabriel Leite com o Palmeiras tem duração até dezembro de 2019. No Red Bull, Gabriel Leite vai disputar a Copa Paulista deste ano e o Campeonato Paulista de 2019, em busca de voltar a ter as boas atuações que teve principalmente no Paulistão do ano passado, quando defendeu o Osasco Audax.

Trajetória do jogador
Gabriel Leite chegou ao Palmeiras em 2014 após boas atuações pelo Paulista de Jundiaí no Campeonato Paulista. Inicialmente, o garoto foi inserido ao elenco sub-20 e ganhou destaque chegando a treinar com os profissionais. Em 2015, Gabriel foi emprestado pela primeira vez: foi para o Paraná Clube, mas não teve muitas oportunidades e disputou somente três partidas.

Em 2016, o jovem atleta disputou a Série B com a camisa do Criciúma, como forma de compensar o clube catarinense pela venda do atacante Róger Guedes ao Palmeiras. Foram 11 partidas no time carvoeiro do Sul. Na temporada seguinte, Gabriel foi emprestado ao Audax, onde 10 jogos no Paulistão, marcando dois gols e mostrando um bom futebol, que chamou a atenção do Guarani. Na Série B do Brasileirão, o atacante sofreu com algumas lesões e disputou apenas seis jogos e a expectativa era de ganhar mais oportunidades neste ano. Porém, novamente Gabriel entrou em campo somente outras cinco vezes pelo time de Campinas e acabou rescindindo o contrato de empréstimo que terminaria somente ao final da Série B.

Foto: Divulgação – Red Bull Brasil