#Itupeva - Alunos de ginástica e circo social visitam Centro Paralímpico Brasileiro - Esporte Jundiaí

29/05/2018

#Itupeva - Alunos de ginástica e circo social visitam Centro Paralímpico Brasileiro


No último sábado, os alunos de ginástica e circo social, modalidades oferecidas gratuitamente pela Prefeitura de Itupeva, tiveram um dia especial. Acompanhados pelo professor Anderson Redressi, os atletas tiveram a oportunidade de conhecer o Centro Paralímpico Brasileiro, um dos maiores centros de treinamento para deficientes do mundo, localizado em São Paulo.


Os itupevenses foram recebidos e acompanhados por Alessandro Tosim, técnico da seleção brasileira de goalball (esporte paralímpico disputado por atletas com deficiência visual) e tiveram a oportunidade de vivenciar algumas modalidades e conhecer os materiais utilizados pelos atletas. Também puderam conversar com a comissão técnica e atletas 
“Agradeço especialmente ao Alessandro Tosim, que além de ser um facilitador na solicitação e agendamento de nossa visita, nos acompanhou e apresentou o Centro Paralímpico com grande atenção e solicitude”, comentou o professor Anderson, responsável pelas modalidades na Secretaria de Esportes e Lazer.
A Prefeitura de Itupeva já promoveu diversas atividades que buscam integrar os alunos e garantir mais conhecimento e um maior entendimento do próprio ambiente que os cerca, como por exemplo, as visitas programadas, que fazem parte da rotina das duas modalidades.
Participaram da visita os alunos:  Carolina Pinheiro Rotondo, Carolline Almeida  Rocha, Gabriela Siqueira de Oliveira, Gabriella Ranéa de Luccia, João Rafael da Silva e Lima, Kamile Milene dos Santos, Laís Yumi A. Kikuta, Laysa Belizário Santana, Luíza Barbi Porphirio, Mel Aschenbrenner Contine, Mellina Cancela C. de Souza, Nicole Fernandes Falcade, Nicolly Alves da Silva, Pietra Braga Sanches Passarelli, Sarah Pacheco Miranda, Sophia Cancela C. de Souza, Thaís Vergari, Yasmin Agatha Acosta e Yasmin Galdino Martins.
Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro – inaugurado em maio de 2016, é o principal centro de excelência do Brasil e da América Latina e um dos melhores do mundo esporte de alto rendimento. Conta com instalações esportivas indoor e outdoor que servem para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções em 15 modalidades paralímpicas: atletismo, basquete, esgrima, rúgbi e tênis em cadeira de rodas, bocha, natação, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, halterofilismo, judô, tênis de mesa, triatlo e vôlei sentado.