#PorEnquantoSim – FPF mantém (por enquanto) a disputa da 8ª rodada da 4ª divisão do Paulistão - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #PorEnquantoSim – FPF mantém (por enquanto) a disputa da 8ª rodada da 4ª divisão do Paulistão

24/05/2018

#PorEnquantoSim – FPF mantém (por enquanto) a disputa da 8ª rodada da 4ª divisão do Paulistão



A Federação Paulista de Futebol por enquanto mantém a disputa da 8ª rodada da primeira fase da 4ª divisão do Campeonato Paulista de futebol e também os jogos das categorias de base. Segundo a assessoria de imprensa da entidade, “Não há por ora previsão de alteração nos jogos deste fim de semana. A FPF está atenta aos fatos recentes e irá se manifestar imediatamente caso haja qualquer alteração”, escreveu o breve comunicado.

Da região, equipes atuam fora de casa. O Paulista no sábado enfrenta o Amparo, na casa do rival, às 15h. O Red Bull Brasil, que tem como sede Jarinu, enfrenta Jaguariúna no Estadual sub-15 e 17, fora de casa, no sábado, a partir das 9h da manhã. No sub-20, o Red Bull joga em casa, quando enfrenta o Capivariano, no sábado, às 15h.

Paulista garantiu transporte
O Paulista não teria nenhuma dificuldade de ir até Amparo, enfrentar os donos da casa. A Vesper, empresa responsável para levar a delegação do Galo para os jogos fora de Jundiaí, garantiu o gerente de futebol do clube, Antônio Carlos Nogueira de Sá Junior, o Juninho, que terá combustível e o time pode entrar em campo no sábado.  “A empresa passou um comunicado para gente e está tudo certo e garantiu a viagem”, contou.  Com isso, o confronto não tem nenhum risco de ser adiado, por uma possível ausência do Paulista no jogo.

Greve de caminhoneiros e seus reflexos
Nesta quinta-feira, a greve de caminhoneiros chegou ao seu 4º dia e causa reflexos pelo país, como a falta de combustível nos postos de gasolina e nos reservatórios das empresas que se utilizam de veículos. A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) ,que representa motoristas autônomos –a paralisação não envolve veículos fretados, afirmou nesta quinta-feira, que as paralisações e protestos que acontecem pelas estradas do país Brasil serão suspensos se o governo retirar a PIS/Cofins e a Cide incidentes sobre os combustíveis e a medida entrar oficialmente em vigor.

Os caminhoneiros fazem bloqueios em rodovias federais em mais de 40 cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e Espírito Santo. O movimento grevista permite a passagem apenas de carros, ônibus e ambulâncias

Na noite de quarta-feira, a Câmara dos Deputados aprovou, em votação simbólica, o projeto que elimina a cobrança de PIS-Cofins sobre o diesel até o fim de 2018. A proposta ainda precisa ser analisada pelo Senado, antes de seguir para a sanção presidencial.

Reflexos em Jundiaí
A partir desta quinta-feira, no período da tarde, haverá redução de 40% da frota de ônibus da cidade, de acordo com a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte. Com isso os horários de pico sofrerão alterações, porém, priorizados para o atendimento da população no retorno para casa.  A Prefeitura de Jundiaí também definiu a não utilização dos carros da frota oficial de veículos leves para agendas administrativas a serem cumpridas pelos funcionários. A medida é necessária para priorizar o atendimento para alguns serviços essenciais prestados à população (Saúde, GM e Corpo de Bombeiros).

A Prefeitura de Jundiaí definiu, na manhã desta quinta-feira (24), a não utilização dos carros da frota oficial de veículos leves para agendas administrativas a serem cumpridas pelos funcionários. A medida é necessária para priorizar o atendimento para alguns serviços essenciais prestados à população (Saúde, GM e Corpo de Bombeiros), em virtude da falta de combustíveis ocasionada pela manifestação dos motoristas em todo o território nacional.

A Unidade de Gestão de Educação de Jundiaí definiu, na tarde desta quinta-feira, pela suspensão das aulas em todas as escolas municipais de Jundiaí nesta sexta-feira. A providência foi tomada para preservar a qualidade do ensino e para garantir a segurança dos alunos, uma vez que poderiam ocorrer faltas de funcionários, em consequência da impossibilidade de abastecimento e alteração do serviço de transporte. Em razão do desabastecimento de combustível, a Unidade de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) interrompe a coleta de lixo domiciliar e seletiva, a partir das 18h desta quinta-feira. A paralisação é uma medida adotada em caráter emergencial. Desta forma, a Prefeitura orienta a população a não descartar os lixos nas calçadas ou em terrenos, até a normalização plena dos serviços.

Apesar de tudo, a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde mantém a distribuição de estoque de vacinas para as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) bem como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Serviço de Atendimento a Pacientes Especiais e Crônicos (Saec) de forma priorizada para garantir assistência à população.

Reflexos no transporte público da região
A Rápido Luxo Campinas informou que, por conta da greve dos caminhoneiros, o serviço de transporte das linhas municipais e intermunicipais foi paralisado nesta quinta-feira, a partir das 19h, sem previsão de retorno. De acordo com a empresa, não há mais óleo diesel para que os veículos sigam operando. Com isso não há transporte intermunicipal nas cidades da região jundiaiense.