#4ªDivisão: Paulista tem jogador expulso após o final da partida contra o Flamengo de Guarulhos - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #4ªDivisão: Paulista tem jogador expulso após o final da partida contra o Flamengo de Guarulhos

23/06/2018

#4ªDivisão: Paulista tem jogador expulso após o final da partida contra o Flamengo de Guarulhos



Pela segunda rodada consecutiva o Paulista teve um jogador expulso. E desta vez após o apito final. O atacante Wallace, que entrou no segundo tempo, recebeu o cartão vermelho, por reclamação a arbitragem. Assim ele desfalcará o Galo no confronto decisivo contra o São José, fora de casa, na próxima sexta-feira, às 20h30.

A expulsão
O árbitro Daniel Bernardes Serrano descreveu na súmula que o atleta foi “expulso por, após o termino da partida, se dirigir a equipe arbitragem apontando o dedo e proferindo as seguintes palavras: ‘Vocês estão de sacanagem, isso tudo é uma sacanagem’”, encerrou o relato o árbitro.

Capitão será julgado na segunda-feira
No jogo passado (derrota para o Guarulhos-GRU por 2 a 0), o capitão Magno foi expulso de maneira direita, na reta final da partida. E ele pode nem atuar nas duas rodadas finais. O árbitro Cleber Luís Paulino escreveu na súmula que o volante foi expulso “por atingir com uma cusparada o braço direito de seu adversário de n° 08 Sr Bruno Rafael Silva Santos, quando a partida estava paralisada”.

Por conta deste ato, Magno será julgado na próxima segunda-feira, pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo. Ele foi enquadrado no artigo 254-B do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – “Cuspir em outrem”. O volante pode pegar de seis a doze jogos de suspensão, caso seja condenado.

Coisa complicada
Na partida de semana passada, o Paulista se complicou na súmula. O árbitro Cleber Luís Paulino informou na súmula um relato que pode complicar o clube perante o Tribunal de Justiça Desportiva. Ele descreveu o seguinte: “Informo que após o termino da partida o fiscal de apoio (FPF) o senhor Edson Correia Primo portador do RG:144732427, foi ao vestiário da equipe de arbitragem e comunicou que presenciou torcedores da equipe do Paulista F.C. Ltda soltando rojões próximo ao vestiário da equipe visitante. Fato esse que não foi presenciado pela equipe de arbitragem”. O clube será julgado na segunda-feira, no artigo 191-I (“de obrigação legal”), mas a citação do TJD, não informa se por causa deste ato ou algum outro que o Paulista tem obrigação. Se condenado, o clube pode sofrer multa entre R$ 100 a R$ 100.000, com fixação de prazo para cumprimento da obrigação.