#Fut – Paulista enfrenta “pior em tudo” na 4ª divisão com obrigação de vencer para ir à 2ª fase - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #Fut – Paulista enfrenta “pior em tudo” na 4ª divisão com obrigação de vencer para ir à 2ª fase

07/07/2018

#Fut – Paulista enfrenta “pior em tudo” na 4ª divisão com obrigação de vencer para ir à 2ª fase



O Paulista entra em campo neste domingo para a sua primeira decisão de Copa do Mundo. Enfrenta o Atlético de Mogi, no estádio Jayme Cintra, às 10h da manhã, pela última rodada da primeira fase do grupo 4 da 4ª divisão do Paulistão. O Galo entra em campo com a obrigação de vencer. Se perder ou empatar a partida contra o pior time de toda a competição poderá ser eliminado. Um jogo onde o torcedor pode até achar que os três pontos estão na conta, já que vai enfrentar uma equipe que não venceu um jogo nesta temporada e há tempos não vence um confronto fora de Mogi das Cruzes. Mas no futebol toda a atenção é necessária, e se não mostrar seriedade, e não marcar pelo menos um gol, o Paulista poderá terminar sua temporada profissional ainda em julho de 2018.

A situação
O Paulista somente depende dele para conquistar a classificação a segunda fase. O Tricolor tem 24 pontos em 13 partidas disputas e está em quarto no grupo 4.  Se vencer, garante a sua classificação pelo menos como melhor 4º colocado entre os cinco grupos.  

Se empatar, o Paulista será eliminado se ocorrer um destes dois cenários: no grupo 3 ocorrer o seguinte: empate ou vitória do Itapirense sobre a Francana e o Independente vencer o Jaguariúna e tirar oito gols de diferença em relação ao Paulista., com pontuação igual ao Paulista, mas com saldo de gols sempre menor, ou no grupo 5 ocorre a vitória do MFTEE sobre o Primavera.

Se o Paulista perder, o Tricolor será eliminado se ocorrer um destes três cenários: Santacruzense vencer o Grêmio Prudente e garantir a segunda vaga direta do grupo com 26 pontos, com Osvaldo Cruz e Vocem precisando vencer os dois jogos, para um terminar em 3º e outro em 4º, com ambos somando 24 pontos. E entre Osvaldo Cruz e Vocem, quem terminar em 4º na chave – Osvaldo Cruz ou Vocem, precisaria ainda descontar uma diferença de 10 gols de saldo em relação ao Paulista; no grupo 3 ocorrer o seguinte: derrota do Itapirense sobre a Francana e vitória do Independente; e no grupo 5 ocorrer um empate do MFTEE sobre o Primavera, sendo que o clube de Mauá teria que anotar pelo menos a mesma quantidade de gols que o Paulista na sua derrota perante o Atlético de Mogi.

Mudanças na escalação
O time titular do Paulista terá três modificações, em relação ao empate contra o São José. As três mudanças serão por suspensão. O volante e capitão Magno, o polivalente Natham e o atacante Jonathan Brito terão que cumprir suspensão pelo 3º cartão amarelo – receberam contra o São José, na rodada passada (Magno ainda terá que cumprir um jogo de gancho na 2ª fase – se o Paulista se classificar, imposto pelo TJD).

Com isso, o lateral-direito Pablo, após atuar pelo Rio Branco de Americana este ano na 3ª divisão estadual, fará sua estreia na vaga que era de Natham. Zulu novamente irá ocupar a vaga de Magno, e atuará como primeiro volante. No ataque, Wallace, após cumprir suspensão na rodada passada, vai ser o centroavante do Galo, na vaga de Jonathan Brito.

Desfalque no Atlético
Para o jogo da última rodada, o Atlético de Mogi terá um desfalque: o meia-atacante Mário Newton, levou no empate contra o União de Mogi o terceiro cartão amarelo e não atua mais pelo clube na temporada. Será o último jogo dos atleticanos no futebol profissional no ano. Em 13 rodadas, o time somou apenas um ponto – justamente na semana passada, no empate contra o União de Mogi, no clássico de Mogi das Cruzes (1 a 1).

Atlético de Mogi: O pior time em campo em tudo no campeonato
A equipe é a pior entre os 40 participantes dentro de capo – somou apenas um ponto – o São-carlense é a pior na tabela, já que está sem pontuação, porém os três pontos que havia obtido foram retirados em virtude de irregularidades que cometeu no jogo Jaguariúna 0 x 0 São-carlense, em 8 de abril.

Para não ser dentro de campo a pior equipe da 4ª divisão, o Atlético somente tem uma solução: vencer o Paulista, e assim superar a pontuação da Desportiva de Guarujá, que fechou o torneio com dois pontos ganhos. O Atlético tem ainda o pior ataque da competição – marcou apenas três gols e a pior defesa de todo o campeonato - levou 43 gols.

Não vence fora de Mogi das Cruzes há muito tempo
A última vitória do clube de Mogi das Cruzes ocorreu em 17 de junho do ano passado, quando em casa, bateu o Real Cubatense por 1 a 0 – único êxito no ano passado todo. E a última vitória do clube na sua cidade (Mogi das Cruzes) no futebol profissional faz muito tempo (mas muito tempo mesmo). Foi em 8 de julho de 2012, quando superou o Jacareí por 2 a 1, no estádio Stavros Papadopoulos.

Ou seja, exatamente no dia que enfrentar o Galo, a última vitória do clube de Mogi vai completar mais um “aniversário” – seis anos.  Desde então os atleticanos não ganharam mais uma partida fora da cidade de Mogi das Cruzes – no período venceu o clássico local contra o União, mas como visitante em 2016 (1 a 0).

Promoção novamente
A diretoria do Paulista novamente faz promoção para atrair a torcida. Quem for com a camisa do Paulista – de qualquer época, pagará meia-entrada, ou seja R$ 10 (não haverá meia-entrada da meia-entrada – estudante já pagará meia-entrada apresentando o documento necessário para este tipo de benefício). Os ingressos custam R$ 20 para a arquibancada (meia-entrada neste setor R$ 10) e R$ 40 para as cadeiras numeradas (R$ 20 neste setor).