#Futebol – Por conta de contusão, XV de Piracicaba opta por não contratar Erik Mamadeira - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #Futebol – Por conta de contusão, XV de Piracicaba opta por não contratar Erik Mamadeira

05/07/2018

#Futebol – Por conta de contusão, XV de Piracicaba opta por não contratar Erik Mamadeira



Após ser apresentado como praticamente reforço do time, com direito a foto no site oficial do clube, o atacante Erik Mamadeira não irá defender o XV de Piracicaba na Copa Paulista. O motivo é uma lesão que ele sofreu, e que o atrapalha desde os tempos do Capivariano. Por conta disso, o clube de Piracicaba preferiu não oficializar a contratação do jogador oriundo do futebol amador de Jundiaí e Várzea Paulista e que na sua carreira como atleta profissional começou no Paulista, em 2013.

Em conversa com a reportagem do Esporte Jundiaí, o jogador explicou toda a situação. “Estava vindo de uma lesão no Capivariano (clube que defendeu no 1º semestre na 3ª divisão do Paulistão). E lá me machuquei e fiquei 1 mês com a lesão. Foi antes dos mata-mata. Fiz os exames e deu uma lesão grau 2 na posterior. Mais como precisava joga os jogos eliminatórios, tomei uma infiltração e joguei e terminei o campeonato. Fiquei 2 meses em casa e fui para o XV de Piracicaba, onde treinei dois dias lá e senti uma as dores. Voltei na segunda-feira e eles pediu um exame para ver como estava e a lesão agravou ainda mais. Porque a infiltração ela é momentânea e está aberta ainda. Aí tempo de recuperação e mais longo com essa lesão”, disse o jogador.

Agora Mamadeira irá tratar a lesão no estádio Jayme Cintra, já que o Paulista abriu as portas para ele começar a sua recuperação (ele não pode defender o Galo na 4ª divisão por ter mais de 23 anos – possui 27 anos atualmente). Ele terá que esperar de quatro a seis semanas pela cicatrização.


O anúncio do XV
O XV chegou na sexta-feira a anunciar praticamente a sua contratação – mediante passar por exames médicos, antes da assinatura do contrato. No seu site, o clube de Piracicaba descreveu o jogador por ter velocidade e por atuar pelas pontas. “O acordo que eu tinha com o XV era que eu iria assinar se não desse a lesão”, afirmou. O jogador lembrou que a Copa Paulista começa dentro de um mês – primeiro fim de semana de agosto. “Existe chance de eu tratar e jogar a Copa Paulista – pode ser pelo XV ou por outra equipe, mas agora depende da recuperação”, completou o atleta, que no período entre o Capivariano e começar os treinos no clube de Piracicaba atuou por duas rodadas na Série A do Campeonato Amador de Jundiaí, defendendo a Ponte Preta da Agapeama.

Carreira profissional
O atleta começou sua carreira profissional em sua cidade natal: Jundiaí, onde defendeu o Paulista entre 2014 e 2016. Nesse período, o jogador foi emprestado para o Guarani, em 2015. Após deixar o Paulista, Erik Mamadeira foi para o Bragantino, o qual defendeu na Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2017, o atacante atuou por Sergipe e São Bento. Pelo time de Sorocaba, ele também disputou o Campeonato Brasileiro, mas desta vez da Série C, campanha que culminou no acesso da competição nacional. No primeiro semestre deste ano, o atleta estava no Capivariano, que jogou a 3ª divisão do Campeonato Paulista, atuando até as semifinais – quando perdeu a disputa e o acesso para o Atibaia.