#Regionais2018 – Jundiaí vai a Tatuí, Cerquilho e Boituva e espera ficar pelo menos no 3º no geral - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #Regionais2018 – Jundiaí vai a Tatuí, Cerquilho e Boituva e espera ficar pelo menos no 3º no geral

03/07/2018

#Regionais2018 – Jundiaí vai a Tatuí, Cerquilho e Boituva e espera ficar pelo menos no 3º no geral



Os atletas que irão representar o Jundiaí na edição de número 62 dos 62º Jogos Regionais, em Tatuí, Cerquilho e Boituva chegaram ao alojamento nesta terça-feira. A comitiva leva na bagagem expectativas em trazer para casa bons resultados, com base no trabalho desenvolvido durante todo o ano com o grupo de 465 atletas. Os 62º Jogos Regionais acontecem entre os dias 3 a 13 de julho. Jundiaí tem uma delegação de 600 pessoas, sendo 465 atletas. É o retorno da cidade a competição, após ficar ausente em 2017 – alegou problemas financeiros na época o prefeito Luiz Fernando Machado.

A meta de Jundiaí este ano no geral e terminar no top-3. Jundiaí neste século (começou em 2001) sempre que disputou os Regionais nunca terminou abaixo do segundo lugar – cidade foi campeã de forma consecutiva entre 2001 e 2011, e depois voltou a vencer em 2013 e 2015, ficando com o vice-campeonato nas edições de 2012, 2014 e 2016.  “Não participamos da edição do ano passado, então não temos um parâmetro do nível dos atletas das demais cidade. No entanto, nosso retrospecto é muito bom. Esperamos conseguir ao menos a terceira colocação”, comentou Luiz Trientini, gestor da Unidade de Esportes da Prefeitura de Jundiaí, , em entrevista ao site da Prefeitura de Jundiaí.


Expectativa dos atletas
Amanda Souza, 23 anos, é armadora do handebol de Jundiaí. Este não é o primeiro ano que representa a cidade nos Jogos. “Foram quatro vezes. Em duas delas, conseguimos conquistar o título de campeão, uma de vice-campeão e um terceiro lugar. Esperamos conseguir trazer novamente a vitória para nossa cidade”, comentou a atleta, em entrevista ao site da Prefeitura de Jundiaí.

Estreante nos Jogos, Éverton Dener Santos da Silva, 19 anos, pivô do time de basquete, está ansioso. “Estou com 19 anos e esta é a primeira vez que conquisto uma posição para participar dos jogos. Estou treinando há pouco mais de um ano em Jundiaí. Espero conseguir trazer um grande resultado e retribuir com medalhas a oportunidade que estou tendo aqui”, conta o rapaz, que tem 2m03 de altura.

Foto: Divulgação – Prefeitura de Jundiaí