#NaHistória – Aprovado! Paulista agora é Patrimônio Imaterial de Jundiaí - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #NaHistória – Aprovado! Paulista agora é Patrimônio Imaterial de Jundiaí

10/08/2018

#NaHistória – Aprovado! Paulista agora é Patrimônio Imaterial de Jundiaí



O Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac) realizou na noite da última terça-feira a reunião ordinária especial do Mês do Patrimônio Histórico e Cultural. No encontro realizado na Sala B1 do Complexo Fepasa os treze conselheiros presentes trataram de processos que tramitam no órgão e aprovaram por unanimidade o registro como patrimônios imateriais do Município o Paulista Futebol Clube. Também foram considerados patrimônios imateriais neste evento a coxinha de queijo, o modo de produção do vinho artesanal e o Fusca Clube. Atualmente, o Município conta como patrimônios imateriais o bloco carnavalesco Refogado do Sandi, a Romaria Diocesana Masculina de Jundiaí e o Clube Beneficente Cultural Recreativo 28 de Setembro. Um item ou associação entrar como patrimônio imaterial significa oficialmente se tornar história do município. O processo estava em analise desde 2015.

Para o conselheiro e diretor do Departamento de Patrimônio Histórico da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), William Paixão, os registros servem como salvaguardas. “Registrando esses itens, nos certificamos de que eles permanecerão na memória afetiva dos jundiaienses. “O registro dos quatro itens passou por audiência pública de participação popular na Câmara Municipal em 28 de junho e, com o parecer favorável do Conselho, segue para avaliação e elaboração de minuta pela Unidade de Gestão de Negócios Jurídicos e Cidadania (UGNJC). Após assinatura da autoridade municipal e publicação na Imprensa Oficial, os bens imateriais serão lançados no livro de tombo, ocasião em que fica oficialmente formalizado o registro.