#StockCar – Guilherme Salas se diz surpreso com decisão de saída da equipe Hot Car - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #StockCar – Guilherme Salas se diz surpreso com decisão de saída da equipe Hot Car

18/08/2018

#StockCar – Guilherme Salas se diz surpreso com decisão de saída da equipe Hot Car



O jundiaiense Guilherme Salas vive um momento delicado na carreira. No início desta semana foi surpreendido com a notícia que a vaga dele na equipe Hot Car seria ocupada pelo argentino Nestor Girolami, e isso aconteceria já a partir da etapa de Campo Grande, que está sendo realizada neste fim de semana. “Ainda estamos tentando entender e digerir essa decisão da equipe Hot Car. Para minha carreira isso foi um terrível golpe, estou em minha segunda temporada na categoria, precisando me estabelecer, e isso me coloca em situação muito difícil” lamentou Salas.

A equipe de apoio do piloto agora trabalha para recolocá-lo no grid o mais rápido possível, se possível já na etapa de Cascavel, que acontecerá entre os dias 7 e 9 de setembro. “O desafio agora é tentar reverter esse problema, buscando uma nova colocação para o Guilherme” afirma Ricardo Fávaro, manager do piloto, que complementa: “Felizmente nossos patrocinadores pessoais estão bastante sensibilizados com a situação e seguem nos apoiando nessa batalha. Algumas equipes também estão nos procurando, e fazendo grandes esforços para viabilizar a participação dele no restante da temporada”.

Na transmissão do SporTV, o comentarista Lito Cavalcanti informou que Salas deveria fazer parte da equipe de Guilherme Ferro. “Só conversa, mas nada certo”, comentou o piloto jundiaiense sobre a negociação, ao ser perguntado pela reportagem do Esporte Jundiaí.

Salas teve um bom início de ano, com o nono lugar na primeira corrida do ano, em Interlagos. Na etapa seguinte, em Curitiba, lutava pela 10ª colocação na corrida 1 - resultado que o colocaria na pole-position da corrida 2 - quando foi fechado em uma tentativa de ultrapassagem, e bateu forte. Desde então sofreu com problemas mecânicos nas quatro etapas seguintes.

“Tenho mostrado meu potencial, fui muito bem na primeira etapa e vinha bem na segunda, até o acidente. Desde então, tive bons momentos nos treinos, mas não consegui mais converter esse potencial em resultados, em função dos problemas que enfrentamos” disse o piloto. “Agora quero retornar ao grid e lutar por esses resultados, já pensando na temporada 2019” concluiu Salas.