#Itupeva - Em noite de reviravolta, Liverpool se sagra campeão da Série B de futsal - Esporte Jundiaí Esporte Jundiaí: #Itupeva - Em noite de reviravolta, Liverpool se sagra campeão da Série B de futsal

04/09/2018

#Itupeva - Em noite de reviravolta, Liverpool se sagra campeão da Série B de futsal


Foi uma noite heroica para os dois valentes times que se enfrentaram na noite desse sábado pelo título da Série B do Campeonato Principal de futsal de Itupeva. Depois de vencer por 6 a 5 no tempo normal e empatar em 1 a 1 na prorrogação, o Liverpool se sagrou campeão nos pênaltis, por 2 a 1. A torcida encheu o ginásio Dorival Raymundo e vibrou com a partida de alto nível disputada na quadra.


Além do troféu de campeão de 2018 e do acesso para a primeira divisão, o Liverpool levou o troféu de melhor técnico para João Ramos e melhor defesa. O Velha Guarda também conquistou vaga para disputar na elite em 2019 e levou o troféu de artilharia, com Leandro do Amaral, que marcou 11 gols. Fúria Negra terminou em terceiro e o Guacuri ficou com o Fair Play. Merece destaque também o respeito que os times tiveram durante a partida, mesmo nos momentos mais tensos, o que deixou ainda mais bonito o espetáculo.

Reviravolta e decisão só nos pênaltis
O Velha Guarda entrou em quadra jogando pelo empate, já que vinha de vitória por 5 a 3 no primeiro jogo. Nos minutos iniciais do primeiro tempo deu a impressão de que conquistaria o placar com tranquilidade, depois que Joãozinho (João Carolino) abriu dois a zero para a equipe. 

A partir dos 10 minutos de jogo, no entanto, o Liverpool se acertou em quadra e passou a pressionar, diminuindo aos 13 com Estilingue (Fabiano Costa). A partir daí, promoveu um verdadeiro bombardeio, dando muito trabalho ao goleiro Alan do Velha. Parecia que o gol de empate era questão de tempo e ele realmente veio, aos 16, com Gustavo Araújo. A primeira etapa terminou com a igualdade no placar.

No segundo tempo, aos 5 minutos, o Liverpool teve um jogador expulso. Tentando aproveitar a vantagem, o Velha Guarda foi ao ataque e quase sofreu o gol em contra-ataque, mas conseguiu recuperar a bola e marcou o terceiro com Pretão do Monte (Everton Alves). Não houve tempo para comemoração porque menos de 3 minutos depois, Estilingue deixou novamente tudo igual e incendiou o ginásio, que vibrava a cada lance.

O jogo seguiu emocionante e antes do cronômetro chegar aos 12 minutos, Jeferson dos Santos colocou o Liverpool na frente pela primeira vez no jogo. Tentando recuperar a vantagem, o Velha adiantou a marcação, com ajuda do goleiro, e acabou tomando mais dois gols na sequência, ambos de Fernando Zabini.
A partir daí, o Velha Guarda tentou de todas as formas chegar ao empate. Pretão marcou aos 14 e aos 16 e meio e ninguém no ginásio seria capaz de arriscar um palpite do resultado. No fim, o Liverpool segurou a vitória por 6 a 5 e o jogo seguiu para a prorrogação.
No tempo extra, o Velha Guarda saiu na frente com mais um de Joãozinho e o Liverpool empatou com Robinson da Silva, em tiro direto. Com o empate na prorrogação, o jogo foi para a decisão por pênaltis. Velha Guarda deu início às cobranças, converteu o primeiro e desperdiçou os dois seguintes. Com isso, o Liverpool, que converteu os dois primeiros, nem precisou do terceiro para, enfim, comemorar a conquista.

“Um jogo muito difícil. Quando montamos o time, a gente não era muito acreditado, mas a molecada deu aquele suporte, é um time bom, vamos manter”, comemorou o técnico do Liverpool, João Ramos.

Luiz de Jesus, goleiro do Liverpool, pegou dois pênaltis e foi fundamental na conquista. “Primeiramente agradeço a Deus, essa família do Liverpool que sempre acreditou em mim. Minha família inteira também, minha esposa. Agora é comemorar, tem de respeitar nosso time. Saímos perdendo no placar, mas fomos guerreiros e fomos buscar, agora é só comemorar”.

O artilheiro Leandro Amaral reconheceu a vitória adversária: “Nessa hora nem tem emoção, fica um pouco de tristeza. A gente vinha bem desacreditado, nosso time já é acima da idade perto de alguns times de molecadas que nós pegamos, e hoje temos de tirar o chapéu, venceu quem mereceu”.