Locutor do último título do Paulista na tv, Fabrini morre em Rio Preto - Esporte Jundiaí

27/09/2018

Locutor do último título do Paulista na tv, Fabrini morre em Rio Preto



A última conquista do Paulista no futebol profissional ocorreu em 2011. Foi o título da Copa Paulista, no qual o Tricolor levantou em 19 de novembro daquele ano, em Ribeirão Preto, mesmo perdendo para o Comercial por 2 a 1 - mas ganhando a série final por 3 a 2 no agregado. 

O jogo foi transmitido ao vivo pela Rede Vida da televisão, e quem colocou a voz para narrar a partida foi Luiz Carlos Fabrini. Foi dele o último grito de “É campeão” do Paulista ao vivo na televisão (a partida também foi gravada na integra pela TVE Jundiaí na oportunidade, com a narração de Rafael Santos. E o dono do bordão: “O gol é seu”, se calou nesta quinta-feira. Aos 85 anos, Luiz Carlos Fabrini faleceu em São José do Rio Preto.

Ele estava internado no Hospital de Base de Rio Preto e teve uma infecção generalizada. Seu velório está sendo na cidade de Barretos, cidade onde será sepultado, na manhã de sexta-feira.

Desde 2000 ele trabalhava na Rede Vida, como narrador de jogos de futebol, onde também atuava como comentarista e também apresentando telejornais e programas especiais da emissora. 

O seu nome será bastante ligado ao futebol do interior paulista, já que foi a partir de 2001 a emissora começou a transmitir as divisões intermediária do Campeonato Estadual e também a Copa Paulista. Muitos gols do Paulista foram registrados por esta poderosa voz e também o título do Galo em 2011 - e também a campanha vencedora do Paulista na mesma Copa Estadual no ano anterior.

Narração de Luiz Carlos Fabrini no título da Copa Paulista conquistado pelo Paulista em 2011


Ele começou a carreira em Barretos e trabalhou em emissoras de rádio de Minas Gerais e interior de São Paulo, além da extinta Nacional de São Paulo. Em 2000 chegou a Rede Vida.

Fabrini foi homenageado no final do ano passado pela Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) pelos 50 anos de dedicação ao jornalismo esportivo. O locutor deixa a mulher Sali Barbar e os filhos Luiz, Guilherme e Lígia.