Copa Serra do Japy: Organização elimina Vila Progresso e pune outro - Esporte Jundiaí

23/09/2018

Copa Serra do Japy: Organização elimina Vila Progresso e pune outro



O jogo Vila Progresso e Vila Comercial, neste domingo, pela 4ª rodada da Copa Serra do Japy de futebol amador terminou em vitória comercialina por 2 a 0, no campo do Eloy Chaves, mas os dois times sofreram fortes punições pela organização da competição.

O Vila Comercial apesar da vitória por dois gols de diferença, por ter a sua torcida soltado rojões durante a partida, infringiu o artigo 49 do regulamento, sofrendo uma punição disciplinar, que foi a perda de 3 pontos na classificação.
Art. 48 - Serão aplicadas penas disciplinares – classificadas em advertência por escrito, suspensão e até mesmo eliminação da competição as pessoas de responsabilidade definidas e pertencentes as equipes inscritas, assim como suas respectivas torcidas, que tenham incorrido nas seguintes infrações:
f) soltar bombas ou uso de cornetas e megafone, nos locais de jogo.

“O placar do jogo se mantém, mas o Vila Comercial a gente pune o time pelo artigo 48 do regulamento e fica mantido o placar, mas perde 3 pontos pela soltura de fogos”, contou Marcelo Pires, organizador da Copa Serra do Japy.

O Vila Progresso foi punido de maneira mais agressiva. O time foi eliminado do torneio, pois segundo a organização da competição, alguns componentes da equipe terem agredido o árbitro do jogo, infringindo os artigo 20 e 21 do regulamento.

Art. 20 - Ocorrendo tumultos durante a partida, com agressão, ofensas físicas ou verbais ao árbitro, árbitros assistentes, quarto árbitro e/ou representantes da organização, os jogadores, componentes de comissão técnica e diretores dos clubes que praticarem a agressão serão excluídos da Copa Serra do Japy.

Art. 21 - Ocorrendo tumultos durante a partida, com agressão, ofensas físicas ou verbais ao árbitro, árbitros assistentes, quarto árbitro e/ou representantes da organização, o clube será julgado por uma comissão especial da organização composta por três pessoas que irá definir a punição ao clube, que poderá ser:
c) Exclusão do campeonato

“Infelizmente ocorreu agressão do jogador do Vila Progresso ao árbitro e como foi falado em reunião e está no regulamento e quem agredir o árbitro está eliminado  infelizmente isso aconteceu a equipe do Vila Progresso está eliminada”, lamentou Marcel Pires.

“O nosso jogador surtou e agrediu o juiz. Esse atleta, que preferimos não revelar o nome, não atuará mais com a gente. Esses negócios de indisciplina acaba com a gente. Lamentamos o que ocorreu”, disse Maffazi, jogador e também dirigente do Vila Progresso.