Thiago Batista: Iniciou a p...... de vender mando de campo no Brasileirão - Esporte Jundiaí

03/10/2018

Thiago Batista: Iniciou a p...... de vender mando de campo no Brasileirão


E começou pra valer a p...... (isso mesmo que você pensa) dos clubes venderem de forma vergonhosa os mandos de campo de jogos do Brasileirão. A verdade é que já tinha começado no 1º turno, quando o Fla-Flu ocorreu em Brasília e não no Rio de Janeiro, e com jogos de Santos e Palmeiras no Pacaembu.

Quem escancarou de vez foi o Paraná Clube. Nesta terça-feira o clube anunciou oficialmente, que o jogo contra o Flamengo teve seu mando vendido e será em Cascavel. A negociação foi confirmada pelo presidente do Cascavel, Valdinei Silva, que fez a intermediação.

O Cascavel pagará um valor mínimo para o Paraná, que ainda terá uma participação na bilheteria do jogo. O Estádio Olímpíco tem atualmente capacidade para 27 mil pessoas. Os ingressos devem ser colocados à venda ainda nesta semana.

O valor dos ingressos já foram definidos e custam R$ 65 (meia R$ 35) arquibancada descoberta e R$ 105 (R$ 55) meia para cadeira coberta. São valores indecentes para assistir um jogo de futebol da 1ª divisão em um estádio velho, e do lanterninha do Brasileirão, fora da sua cidade. Uma vergonha.

Torço que todos tenham prejuízo. E que no ano que vem acaba com as vendas de mando de campo e de times ficar escolhendo em qual estádio irão atuar. Um time tem que jogar as suas 19 partidas como mandante no Brasileirão em um estádio. Se marcou show no seu estádio, que mude a data do show, ou do jogo, ou caso contrário que seja aplicado o w.o. com derrota administrativa para quem marca show em estádio.

Pois estádio de futebol tem que ter prioridade para jogos de futebol, depois para eventos esportivos e por último para shows (algumas vezes ruins).