Tirou a coroa! Rei Artur de Jayme Cintra anuncia aposentadoria - Esporte Jundiaí

09/10/2018

Tirou a coroa! Rei Artur de Jayme Cintra anuncia aposentadoria



Através das suas redes sociais, o goleiro Artur Moraes anunciou nesta terça-feira a sua aposentadoria do futebol. Ele pendurou as luvas, aos 37 anos. O arqueiro começou a sua carreira no Paulista, onde conquistou dois títulos em 2001: a 2ª divisão do Paulistão e a Série C do Campeonato Brasileiro. Em Jundiaí, ele ficou conhecido como o Rei Artur de Jayme Cintra.


Artur chegou ao Jayme Cintra em 1996, para ingressar na categoria sub-15 do Tricolor. Em 2000 virou titular do Tricolor durante a disputa do Modulo Verde e Branco da Copa João Havelange. Seu grande ano foi em 2001, especialmente na 2ª divisão do Paulistão (Série A-2), que tinha disputa de pênaltis, após os jogos que terminassem empatados. Ele não perdeu nenhuma das seis disputas de penais que o Tricolor teve pela frente.


Naquele período ganhou o apelido de Rei Artur de Jayme Cintra, do narrador Adilson Freddo, do Time Forte do Esporte (na época na Rádio Cidade AM). O goleiro ainda ficou no Tricolor em 2002 nas disputas do Torneio Rio-SP e Brasileiro da Série B.


Depois sua carreira deslanchou para clubes fortes do Brasil e da Europa. Em 2003 ele era o goleiro reserva do Cruzeiro na conquista da Tríplice Coroa Nacional - Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro - participando de alguns jogos destas conquistas. Em 2007 era goleiro do Coritiba, que foi campeão da Série B do Brasileiro. No Velho Continente foi arqueiro de clubes como a Roma (2008 a 2010) e Benfica (2011 a 2015). No time de Lisboa conquistou dois campeonatos portugueses (2013/14 e 2014/15) e vice campeão da Liga Europa (2012/13).


No final da carreira, Artur foi goleiro da Chapecoense, sendo campeão estadual no ano passado. Seu último clube foi o Desportivo Aves, entre 2017 e 2018, sendo campeão da Taça de Portugal pelo Aves na temporada 2017/18, encerrando sua carreira em grande estilo. Fechando a carreira com uma coroa, como sempre um rei deve sustentar.  Agora ele não terá mais a coroa nos gramados. Mas para o torcedor jundiaiense ele será sempre o Rei Artur de Jayme Cintra.


O recado de Artur anunciando a sua aposentadoria
O futebol me deu muito. Duas décadas de um sonho maior do que um dia sonhou aquele garoto que deixou Leme. Se a aposentadoria é a primeira morte de um jogador, prefiro ver esta nova etapa como meu segundo nascimento. Penduro luvas cheias de suor e orgulho certo de que muita coisa boa foi feita e muito mais será pela frente.

Da minha carreira ficam os amigos, os títulos e a gratidão por uma história que não se apaga. Deixo meu obrigado a cada camisa vestida nesta trajetória que me abriu o mundo.

No Paulista, o alicerce. No Cruzeiro, a tríplice coroa e um lugar na eternidade. No Coritiba, o desafio da Série B e o amadurecimento. No Cesena, a escola para Europa. Na Roma, as lições com referências mundiais. No Braga, a afirmação. No Benfica, uma paixão incontrolável e sem fim. No Osmanlıspor, o encantamento por um povo que vive o futebol como poucos. Na Chape, humanismo, coragem e orgulho. No Aves, a volta a Portugal e o fim como campeão.

Foram 20 anos, 10 clubes, 15 títulos. A vida me deu muito. A bola me deu muito! Obrigado Deus! 🧤🙏🏼️ Obrigado!

Com informações de Ivan Gottardo