Header AD

30 de novembro de 2018

Thiago Batista: Dudu é o craque do Brasileirão?



Domingo teremos o encerramento do Campeonato Brasileiro de futebol, com a disputa da última rodada. E a clássica pergunta virá à tona: quem é o craque da competição. A grande maioria, pelo que percebo nas redes sociais elegerá o Dudu. Sinceramente não tenho voto decidido nesta questão, por algumas razões. Irei apresentar argumentos prós e contras Dudu ser eleito o melhor do campeonato.

Prós:
- 13 assistências no Campeonato Brasileiro. Ele é o líder neste tipo de estatística. Este número mostra que ele procura o jogo, com o objetivo de que a equipe (não apenas ele) faça o gol. Para se ter uma ideia, o 2º colocado nesta lista é Chará, do Atlético-MG, com 7. Dudu participou de 20 dos 61 gols do Palmeiras. Ou seja, praticamente 1/3 dos gols do Verdão passaram pelos seus pés. Em uma pontuação, feita pelo TransferMarket, para participação nos gols (1 ponto seja para assistência ou gol), Dudu tem 20 pontos, um a mais que Gabriel Barbosa do Santos (19 gols e 1 assistência)
- Dudu taticamente é fundamental para o Palmeiras, por não ficar preso no lado esquerdo do ataque, sempre se movimentando e trocando posições com Willian e até mesmo atuando como meia-armador mais centralizado, na função que era para ser de Lucas Lima.
- Não tem medo de jogar dentro ou fora de casa. O número de gols mostra isso: são 4 gols feito em casa no Brasileirão, contra 3 longe do estádio palmeirense.

Contra
- Apenas 1 dos seus 7 gols foi realmente gol de 3 pontos. O do 1 a 0 contra o Inter, ainda no 1º turno. Todos os outros 6 gols não iriam ter interferência no placar. Por exemplo, Bruno Henrique, do mesmo Palmeiras, teve 3 gols de “gamewinner” (gol da vitória). William e Deyverson, do mesmo Verdão teve 5, sendo vice-líder nesta estatística junto com Leandro Pereira (Chapecoense), Everton Cebolinha (Grêmio), Paquetá (Flamengo). Gabriel Barbosa, do Santos, é o líder nesta estatística oferecida pelo site Transfermarket com 6 gols de vitória (dos 18 que marcou).
- Comportamento tem muitos altos e baixos: ele se irrita muito fácil, gosta de discutir com a arbitragem e fica sempre no perigo do cartão vermelho - foi expulso uma vez neste Brasileirão. Comportamento de quem pode deixar um time na mão. Por sorte neste campeonato não deixou, mas digamos que ficou no quase em alguns momentos, especialmente no 1º turno
- Reclamações constantes com a arbitragem: Dudu gosta de apitar o jogo como se diz no velho vocabulário do futebol. Algumas infrações que ele recebe, a arbitragem não marca falta, devido ao comportamento dele.

Bom não tenho posição definida sobre o craque do Campeonato Brasileiro realmente (acho que o Bruno Henrique foi tão importante como para o Palmeiras - o Deyverson, que se preze a sua [baixa] qualidade técnica, fez gols importantes - 5 gols de vitória) - e nem para o melhor jogador em algumas posições do Brasileirão (goleiro e laterais por exemplo). Mas este texto é apenas para iniciar o debate, se realmente o Dudu é o Craque do Brasileirão ou não. Até a próxima.
Thiago Batista: Dudu é o craque do Brasileirão? Thiago Batista: Dudu é o craque do Brasileirão? Reviewed by Thiago Batista on 16:43 Rating: 5