11/01/18 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 11, 2018

Presidente da Ponte Preta da Agapeama comenta sobre a saída de Rodrigo Alves

O presidente da Ponte Preta da Agapeama, Edimar Robinson, o Dentinho, comentou as declarações de Rodrigo Alves, sobre a sua saída da Ponte Preta, após decisão da diretoria do clube na última terça-feira (clique aqui para ler). 
“O teor das palavras do Rodrigo na reportagem foi de extremo profissionalismo igual suas atuações no futebol, realmente falei com ele no domingo a respeito à sua permanência eu disse a ele que a única coisa que eu sabia e tinha de concreto era uma pendência a ser pago aos jogadores e comissão técnica, e as demais ficaria sabendo no dia e como foi. Ele é um excelente profissional, e a sua não continuidade no clube foi devido custo, ninguém mais quer ter um domingo de sofrimentos na beira de campo em busca de dinheiro para pagar jogadores. Os times estão começando a adotar o sistema de parceria e temos uma grana para gastar no domingo  e quem vier com uma proposta para agregar tocando time na temporada”, contou.
“Concordo plenamente em questão de trato o que foi…

Federação confirma conselho técnico da 4ª divisão no dia 30. E novo nome do torneio

A Federação Paulista de Futebol confirmou nesta quinta-feira que o conselho técnico do Campeonato Paulista da 4ª divisão será no dia 30 de janeiro, às 15h, na sede da Federação Paulista de Futebol. O torneio terá início no dia 8 de abril. E na resolução da presidência, assinado por Reinaldo Carneiro Bastos, confirma a nova nomenclatura do Campeonato. Antes chamado de Campeonato Paulista da Segunda Divisão será chamado de Campeonato Paulista Sub-23 de Futebol Profissional da Segunda Divisão. O Paulista terá que disputar esta série em 2018, já que foi rebaixado da Série A-3 no ano passado.  
A Federação Paulista divulgou uma lista de diretrizes para um clube participar da competição, que são: 1 - Encaminhar ofício manifestando a intenção de participar da competição, condicionada ao cumprimento das obrigações previstas nos itens 2 a 5, anexando a concessão de uso de estádio onde mandará seus jogos. 2 - Em nenhuma hipótese será permitida a participação de clubes que não estejam regulares…

Copinha no Jayme nesta 6ª feira! Red Bull recebe o Volta Redonda pelas 32ªs de final

O Red Bull Brasil terá mais uma decisão nesta sexta-feira na Copa São Paulo de Futebol Junior. Às 16h, o Toro Loko entra em campo para enfrentar o Volta Redonda, pelas 32ª s de final. O jogo será no estádio Jayme Cintra, em Jundiaí.
A campanha dos garotos do Touro tem até o momento uma derrota por 1 a 0 para o Avaí, vitória por 3 a 2 sobre o Paulista e empate em 2 a 2 com o São José de Porto Alegre, que garantiu a classificação da equipe. O Volta Redonda, mesmo como 1º lugar do grupo 19 teve que mudar de cidade, já que na fase de gruoos atuou em Itapira. A mudança de cidade-sede será feita para atender ao regulamento da competição, que prevê que o time da casa, nesse caso o Itapirense, segundo colocado, permaneça na sua cidade, independentemente da sua colocação na chave.
O zagueiro e capitão da equipe Roger, autor de um dos gols na vitória sobre o Estanciano-SE na rodada passada, lamenta o fato de não continuar em Itapira, cidade que o time já criou uma identificação muito grande. …

Quarta divisão do Estadual para o Paulista começa no próximo dia 22 de janeiro

A 4ª divisão do Campeonato Estadual de futebol começa para o Paulista no dia 22 de janeiro, a partir das 15h, quando 15 jogadores estarão se apresentado no estádio Jayme Cintra, para fazer parte do elenco, que terá como objetivo levar o Galo de volta a Série A-3 do Paulistão. Sérgio Caetano será o comandante do Tricolor.
Dentro os 15 jogadores estarão 4 atletas do Galinho que participaram do Estadual sub-20 e não puderam participar da Copinha, por terem estourado a idade: o zagueiro/lateral Papaléguas, os laterais Felipe Alemão e Zunquinha e o meia Carlinhos. O zagueiro Maurílio, que atuou no Estadual sub-20, não deverá permanecer no clube. Segundo a diretoria do Tricolor, o jogador está por decidir encerrar a carreira de atleta profissional. Mas segundo apuração da reportagem do Esporte Jundiaí, o atleta busca sair do clube, em virtude dos salários atrasados. O atacante Matheus Sylvestre, que ainda tem vínculo profissional com o Paulista, também não deverá permanecer para a disputa …

Rafael Porcari: Paulo César Carpegiani no Flamengo e o discurso do novo e velho

Me decepcionei com a entrevista de Carpegiani, que seria diretor técnico no Mengão e acabou virando treinador por conta da saída de Rueda (há dias, eu disse torcer para o colombiano Reinaldo Rueda ser o Campeão da Sulamericana por ter sido o artífice da ideia de dar o título da edição passada à Chapecoense, mas suas declarações generalizando a imprensa como culpada da “repercussão” da sua possível saída – que se concretizou – foram ridículas, mostrando que o Flamengo acabou sendo “muito time” a ele, não conseguindo dimensionar a força exata do clube carioca”).
Como jogador, ninguém contestará Carpegiani. Como treinador do Flamengo Campeão Intercontinental de clubes, idem. Seu auge foi naquele magnífico trabalho na Seleção Paraguaia de 98 na Copa da França, onde, sinceramente, escolheria Gamarra como melhor atleta daquele Mundial.
Porém…
Cheguei a trabalhar em jogos do Carpegiani como treinador do São Paulo, e me lembro de estar no Morumbi em um jogo contra o Gama em que ele foi ridic…

Matias: Ponte Preta demitiu o técnico Rodrigo, vice-campeão. Será um pelo outro?

Não vem, não! Assim que terminou o jogo final, título do Palmeiras em cima da Ponte Preta, começou a circular notícia de que o técnico ponte-pretano não se sustentaria no cargo, em virtude dos investimentos feitos para o título, exclusivamente para ser campeão. E mais, que foram feitos trabalhos de bastidores que, em tese, ajudariam muito a vir o segundo título para o time da Agapeama. Não duvido de nada! ("Obrigado Ponte Rodrigo já era": isso, constou em comentário no Facebook de compartilhamento de matéria, já no dia do jogo).
Evidentemente, a nova diretoria, que assumiu esta semana, tem todo direito de reorientar os destinos da Macaca, inclusive trocando o técnico. Mas o Rodrigo não costuma dar título no primeiro ano de trabalho, ele forma o grupo dele, mesmo carregando a base que o acompanha, e junta outros valores que garantem, se o orçamento for mantido, título em seguida. De auxiliar técnico no começo do campeonato de 1997, título do Caxambu em cima do Bandeirante da…

Thiago Batista: Paulista na Copinha foi um time sem padrão – e dentro do mesmo jogo

O Paulista foi eliminado de forma merecida nesta primeira fase da Copa São Paulo, sem ter somado um único ponto. E infelizmente vimos uma equipe sem o padrão tático que apresentou no Estadual sub-20 e na Copa Ouro – com suas variações, de acordo com as peças que tem, e que são necessárias no futebol. Mas o Galinho apresentou algo sem padrão tático nenhum. Na partida com o Avaí começou no 4-2-3-1 (que variava muito para o 4-1-4-1), no intervalo mudou para o 3-4-3-0, variando às vezes para o 3-3-3-1 (em nenhum momento o Paulista atuou com 3 zagueiros seja no Estadual sub-20 ou Copa Ouro) e terminou no 4-1-4-1, com zagueiro atuando como centroavante.
Isto tudo foi o que eu vi em uma única partida. O Paulista jogar sem centroavante de área eu vi durante o Estadual sub-20 e deu muito resultado. Mas não tinha visto que a equipe atuar com três zagueiros. Até que não teve tantos problemas em atuar com um Avaí com uma linha de três defensores, porque o time catarinense estava jogando com uma …

Sérgio Caetano, após 3ª derrota: “Faltou vergonha na cara, faltou. Disposição não!”

O treinador Sérgio Caetano, após a derrota para o Avaí por 1 a 0, na última quarta-feira, no Jayme Cintra, que culminou com o Paulista perdendo os três jogos que disputou na edição 2018 da Copa São Paulo de futebol júnior, desabafou no microfone do repórter Luiz Antônio de Oliveira, o Cobrinha, da Rádio Difusora, ao comentar sobre a campanha do Galinho
“Difícil comentar o que faltou: Faltou vergonha na cara, faltou. Faltou disposição não. Faltou empenho não. Faltou vergonha na cara. Trabalhamos, trabalhamos, mas isso serve como aprendizado. Não vivemos de ilusões. Eu falava antes, algumas verdades para pessoas ouvir. Mas tem que provar, e acabou provando. Merecíamos coisa melhor, merecíamos, mas a competência fala mais alto”, afirmou.
“Difícil comentar neste momento qualquer coisa, que pode parecer desculpa. Não perdemos hoje (Avaí) ou contra o Red Bull e sim contra o São José. Uma equipe que cria 12 oportunidades no 1º tempo faltou competência para fazer o gol. Não tem que culpar o…

Copa São Paulo: Treinador do Avaí diz que foco da equipe agora está para os playoffs

O treinador Fabrício Cunha, do Avaí, comentou a vitória da sua equipe sobre o Paulista por 1 a 0, no encerramento do grupo 20 da Copa São Paulo de futebol junior e também já sobre os playoffs, quando encara a Itapirense, em Itapira, na sexta-feira, às 18h.
“Foi um jogo difícil, principalmente no primeiro tempo. A equipe esteve focada e determinada em busca do resultado. Respeitamos o adversário (Paulista), mesmo ficando na última colocação, eles lutaram o tempo todo. Agora, o mesmo foco para o mata-mata, uma outra competição. Mas esperamos desenvolver o nosso futebol, pois será uma missão difícil e todos têm ciência disso”, disse.
Foto: Divulgação – Diego Fernandes – Avaí FC

Copa São Paulo: Técnico do São José disse que sua equipe encarou o grupo 20

O São José de Porto Alegre caiu ainda na primeira fase da Copa são Paulo de futebol junior nesta quarta-feira, ao empatar por 2 a 2 com o Red Bull Brasil e apenas nos critérios de desempate ser eliminado do torneio. Red e São José somaram quatro pontos, terminaram com saldo zerado, mas na quantidade de gols marcados, o Zequinha levou a pior: 5 a 4. O técnico João Pedro Kaefer Lock comentou que sua equipe enfrentou os rivais do grupo 20 – chave teve ainda Avaí e Paulista.
“Caímos em um grupo da morte e encaramos. A equipe jogou muito bem no enfrentamento com três gigantes: ganhamos de um, empatamos contra um dos maiores investimentos do futebol de base no Brasil e perdemos para uma equipe de Série A, que ainda vai avançar mais nessa Copa São Paulo. Foi uma experiência importante. Para mim e para os meninos. Fica agora aquela vontade de fazermos uma grande campanha na temporada e buscarmos novamente o nosso lugar aqui. Tenho certeza que tínhamos a capacidade de avançar”, declarou.
Esta…

Paulista termina em 115º lugar na Copa SP-2018. 15 times terminam sem pontuação

O Paulista terminou a 1ª fase da Copa São Paulo na 115º colocação, entre os 128 participantes da Copinha. O Tricolor na frente apenas de 13 times, que tiveram saldo de gols pior que o dele. 15 equipes participaram da Copinha e não somaram um ponto sequer: Nacional da capital paulista, Estanciano-SE, Francana, Fernandópolis, Teixeira de Fretas-BA, América de Natal, Tupã, Confiança-SE, Rio Preto, Ji-Paraná-RO, Luverdense-MT, Rio Branco-AC, União Barbarense e Pinheiro-MA (pior equipe com 12 gols negativos de saldo). Dos times sem pontuação América de Natal, Rio Preto e Luverdense saíram do torneio sem marcar gols. O Linense também não marcou gols na Copa SP, mas terminou somando um ponto.

Rodrigo Arroz vai defender o Operário no Sul-Matogrossense. Régis até 2020 no Bahia

O zagueiro Rodrigo Arroz, ex-Paulista, vai defender o Operário de Campo Grande, no Campeonato Sul-Matogrossene em 2018. Ele vem participando dos jogos-treinos pela equipe e foi apresentado nesta quarta-feira na apresentação oficial do elenco. Arroz está treinando desde o fim do ano passado, parando apenas para os festejos de fim de ano. No dia 21 de dezembro, o Operário empatou em 2 a 2 com o Sete, no Douradão, em duelo amistoso. Já no domingo, a equipe venceu a seleção amadora de Sidrolândia por 5 a 0, fora de casa. Outro ex-Paulista, o meia Régis, foi contratado em definitivo pelo Bahia. O atleta que tinha vínculo com o São Paulo, fica até 2020 no Tricolor Baiano.
Foto: Operário de Campo Grande – Divulgação

Idosos treinam para Jundiaí superar resultados do JORI nesta temporada

Apenas quatro meses após os Jogos Regionais dos Idosos - JORI 2017, em Itapetininga, os atletas do Time Jundiaí se preparam para o novo desafio da edição 2018, que será realizada a partir de 31 de janeiro, em Itapeva. Os treinamentos estão acirrados e a delegação viaja para defender a segunda colocação na classificação geral conquistada nos dois últimos anos.
Acostumada com a participação no Jori, Maria Lúcia Esteves Moura, 71 anos, vai apresentar junto com colegas do grupo de dança, uma coreografia. “Sempre gostei de dançar e quando me apresento, incorporo um personagem. Nosso grupo é unido e estamos treinando para vencer. Não saímos de casa para perder”, conta a atleta.
O grupo terá mais seis dias de ensaio para decorar a coreografia da música escolhida. Dona Zilda Souza Pazetto, 81 anos, está acostumada ao ritmo. “Participo há muitos anos e é sempre assim: muito ensaio e treino para a apresentação. A competição é acirrada”, comenta. Para o professor Douglas Schinetzler, o grupo es…

Rodrigo Alves: “Pela história que tenho no Amador, poderia ser melhor reconhecido”

Rodrigo Alves foi comunicado pela nova diretoria da Ponte Preta da Agapeama da não continuidade do seu trabalho na última terça-feira. Segundo o agora ex-treinador da Macaca, quem comunicou ele sobre a decisão foi um diretor do clube.
“Que aconteceu é que no último domingo eu havia conversado com o presidente, o Dentinho, da nossa permanência. E chegou na terça-feira fui comunicado sobre essa decisão. O ser humano você tem que confiar desconfiando”, disse Rodrigo Alves, em conversa com a reportagem do Esporte Jundiaí, nesta quarta-feira. “Pela história que tenho no Amador, poderia ter sido melhor reconhecido. Levei a Ponte Preta uma final. O Marlene em oito anos, foram seis finais e eu levei o Marlene em quatro decisões em cinco anos. Do jeito que me contrataram, que foram na minha casa, poderia ter tratado a minha saída e agora quem comunicou a minha saída nem foi o presidente”, completou.
Segundo Rodrigo Alves, dois clubes o haviam procurado para dirigir suas equipes em 2018, mas…