Header AD

27 de março de 2019

Red Bull (ainda) não anuncia oficialmente parceria com o Braga



O Red Bull Brasil não anunciou ainda de forma oficial a parceria que o clube irá promover com o Bragantino a partir de abril, para disputa da Série B do Brasileiro em Bragança Paulista, utilizando-se a estrutura do Red Bull Brasil. Mas segundo funcionários que o Esporte Jundiaí ouviu durante o jogo-treino no estádio Jayme Cintra, entre o sub-20 do Red Bull contra o Paulista, a parceria irá acontecer.

Segundo apuração do Esporte Jundiaí, o Red Bull ainda manterá sua base no Aglomerado Urbano de Jundiaí, mantendo sua estrutura no Espaço Santo Filomena, no qual o clube chama de CFA Red Bull. A expectativa é que a base continue por lá por dez anos.

O futebol profissional deverá ir para Bragança Paulista. Mas em 2019, segundo o Bragantino, a equipe continuará treinando em Jarinu. O clube de Bragança Paulista anunciou de forma oficial a parceria - o Red Bull ainda não anunciou.

O Bragantino anunciou na tarde desta terça-feira que fechou a parceria com o Red Bull Brasil. O acordo foi anunciado pelo presidente do Massa Bruta, Marquinho Chedid. Em evento na prefeitura de Bragança, Thiago Scuro, CEO do Red Bull confirmou o negócio, mas diz que o contrato ainda não foi assinado.

“No máximo em 10 dias, esses detalhes do elenco da Série B serão finalizados. A partir do momento que a gente escolhe a cidade de Bragança, não faz sentido mudarmos o nome de Bragantino. Não faz sentido gerarmos rejeição (na cidade)”, afirmou Scuro em coletiva de imprensa.

A parceria, segundo Chedid, começa a valer já a partir do Campeonato Brasileiro da Série B deste ano, e a equipe disputará a competição com o nome de RB Bragantino.

Na tarde desta terça-feira, os mandatários dos dois clubes se encontram na prefeitura de Bragança Paulista para conversar com o prefeito da cidade, Jesus Chedid.

De acordo com o presidente do Bragantino, o Red Bull Brasil pretende investir cerca de R$ 45 milhões ainda neste ano – valor que não é confirmado pelo clube-empresa. O investimento é para montar uma equipe com condições de brigar pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B e fazer melhorias no estádio Nabi Abi Chedid.

Chedid seguirá como presidente do clube, mas o gerenciamento do futebol passa a ser do Red Bull. Com isso, os jogadores e a comissão técnica serão contratados e terão os salários pagos pela Red Bull. Na Série B, o único patrocinador por enquanto será a empresa de energéticos.

O Red Bull Brasil vem sofrendo pressão da matriz austríaca da empresa para que dispute a principal divisão nacional. Mas até o momento, o clube sequer joga alguma divisão do Campeonato Brasileiro. Como o Bragantino disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, o Red Bull Brasil pretende usar essa visibilidade. A franquia chegou a tentar comprar o Oeste por R$ 45 milhões, mas as negociações não avançaram - e se ocorresse a compra do clube, hoje em Barueri, o Paulista poderia forma uma tríplice parceria, com a mudança do nome para Red Bull Paulista, e com o clube jogado as partidas no Jayme Cintra. Mas tudo ficará apenas no sonho.

Com informações do Globoesporte.com
Red Bull (ainda) não anuncia oficialmente parceria com o Braga Red Bull (ainda) não anuncia oficialmente parceria com o Braga Reviewed by Thiago Batista on 06:03 Rating: 5

2 comentários

Mauro disse...

Boa Tarde !
Espero que não façam com o Bragantino o mesmo que fizeram com o Paulista. Reuniões e mais reuniões e nem satisfação deram. Qdo a coisa começa errada, começa errada...Cuidado Bragantino...

Roberto Coutinho disse...

Que me desculpe também o "unkown" (que tem tanta personalidade que nem se identificou) mas a sua opinião sobre Jundiaí, o bragantino e o Paulista é absolutamente irrelevante. Mas merece resposta pelo absoluto mau gosto que, diga-se, não reflete o caráter do bom e amigo povo da querida Bragança Paulista, onde temos muitos amigos. Lamentável o mau gosto e a grosseria do comentário.

Apenas usuários cadastrados no Google, com nome de identificação clara terão comentários permitidos. Reservamos o direito de não publicar o comentário, caso ele seja ofensivo ou desrespeitoso.
COMENTÁRIOS SEM IDENTIFICAÇÃO OU APARECENDO EM FORMATO ANÔNIMO NÃO SERÃO ACEITOS!