Header AD

13 de abril de 2019

Atletas e treinadores do Peama são homenageados em evento



Atletas e treinadores do Peama foram homenageados na noite desta sexta-feira, em um centro de eventos de um hotel na região da avenida Nove de Julho. A homenagem ocorreu pelos resultados conquistados pelos competidores e educadores do Peama em competições internacionais, como a Special Olympics, realizada em março, nos Emirados Árabas. Mas atletas e treinadores com participações de Jogos Olímpicos, ou Campeonatos Mundiais foram também homenageados.


Receberam homenagens Cristian Ribera, Thomaz Moraes, Kelly Peixoto, Camila Tamara, Alexandre, Ana Paula, Letícia, Paulinho Cervantes, Jéssica, Kaique Pincela e Thais. Dos treinadores, foram homenageados, Teresa Leitão, Rhonan e Thais Saito.

Alguns atletas chegaram a chorar quando foram homenageados e nem conseguiam falar no microfone, após serem chamados pelo mestre de cerimônia, Marcelo Nistch. Foi o caso de Camila Tamara, que emocionou a todos os presentes.


Segundo Cesar Munir, diretor do Peama, para 2019, este ano é um ano pré-Paralímpiada de Verão, onde atletas sonham em conquistar o índice na competição, que ocorre em Tóquio, 2020. O Peama torce que dois atletas da instituição representam o Brasil na principal competição paraolímpica mundial.

Em 2016, Jundiaí teve uma representante: Kelly Peixoto. Ela tentará a partir deste mês de abril o índice no arremesso de peso novamente, na qual participou no Rio-2016. O índice é 9 metros. Sua melhor marca é 7m94.


Após a Páscoa, Kelly, juntamente com os atletas do atletismo e natação participam do Open, em São Paulo. Quem ficará provavelmente de fora desta competição, ainda em abril, é Cristian Ribeira. Participante nos esportes de inverno no ski, e no atletismo nos esportes de verão, quebrou o dedo, em acidente doméstico, em fevereiro. Ele ficou dois meses sem treinar, e está retomando os treinamentos aos poucos.  

Ele também sonha em participar na Olimpíada de Verão de 2020, mas acredita que estará pronto em 2024, quando pretende participar de uma prova de meio fundo para cadeirantes, no atletismo. Cristian, que já participou de uma Paralimpíada: a de Inverno, em 2018, quando foi 6º colocado em uma das provas do ski - melhor resultado de um ser humano brasileiro em evento olímpico ou paraolímpico de inverno.


Thomas Ruan também deverá estar no Open. Sua meta é conquistar índice no Parapan (ocorre este ano) e Mundial adulto na prova dos 400m do atletismo. 49seg15 é o índice, sendo que sua melhor marca é 49seg89. Para chegar no tempo que precisa, ele acredita que precisa melhorar na saída, com saída forte e atacar com qualidade no final das provas.

Inclusão em grandes eventos
Mas não é apenas no alto-rendimento que o Peama trabalha. E sim na inclusão social, com o esporte sendo uma ferramenta. Em abril, a instituição realiza o Fera, Festival de Atletismo. Em maio, realiza no Bolão, juntamente com a ESEF, o triatlo unificado e o triathlon escolar. Em agosto, promove mais uma vez evento de mountain bike, no Parque da Cidade. Em setembro, tem Frete - tênis e em outubro promove o Frena - natação.


Atletas e treinadores do Peama são homenageados em evento Atletas e treinadores do Peama são homenageados em evento Reviewed by Thiago Batista on 06:05 Rating: 5

Nenhum comentário

Apenas usuários cadastrados no Google, com nome de identificação clara terão comentários permitidos. Reservamos o direito de não publicar o comentário, caso ele seja ofensivo ou desrespeitoso.
COMENTÁRIOS SEM IDENTIFICAÇÃO OU APARECENDO EM FORMATO ANÔNIMO NÃO SERÃO ACEITOS!