Série A de Jundiaí sofre baixa de mais um clube - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Série A de Jundiaí sofre baixa de mais um clube



O Sport Fepasa, anunciou nesta terça-feira que não irá participar da Série A de Jundiaí na temporada 2019. O clube é mais um a não participar da competição. A informação foi confirmada pela diretoria do Sport Fepasa.

A competição, inchada este ano para 26 times, sofreu com a retirada do Fundão, que se fundiu com o Deportivo. No lugar do Fundão, entrou o Palmeiras do Medeiros, que inicialmente ficaria de fora.

O Sport Fepasa havia garantido sua vaga na Série A deste ano, por ter sido o 6º colocado da Série B de Jundiaí. O clube conquistaria a vaga “no campo”, devido as desistências de Império, campeão da Série B, que permaneceu na divisão, e do Fundão, que se fundiu com o Deportivo.

Em março o Sorocabana anunciou a sua retirada da competição. Toda a diretoria do clube renunciou. A organização da competição, a Liga Jundiaiense até agora não confirmou a desistência do Sorocabana. E agora terá que fazer algo com a desistência do Fepasa. Existe até possibilidade da Série A ter 24 times - o que é fora do regulamento do ano passado, que limitava a 20 participantes.

Os grupos da primeira fase
Grupo A: Estrela, Ponte Preta, Resenha, Bahia, Deportivo Fundão, Fut-Rap, Tulipas, Bola, Catorze, Lyon, Grêmio Eloy, Fepasa e Eloyork

Grupo B: Jahmarley, Vila Ana, Atlético Medeiros, Jamaica, Palmeiras, Sorocabana, Vila Cristo, Meias Aço, Real Doze, Força Jovem, Sanpdoria, Vasco e Marlene

Matérias mais populares da semana

Futebol amador: Dívida da LJF faz times depositarem taxas em juízo

Em matéria, na edição desta quarta-feira (11), do Jornal de Jundiaí, informa que uma sentença do final de outubro na 1ª Vara Civil de Jundiaí exigiu dos clubes finalistas (Estrela e Ponte Preta) do Campeonato Amador de Jundiaí que os pagamentos de taxas referentes à Liga Jundiaiense de Futebol (LJF) fossem feitas em juízo. O pedido foi do Segundo Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Jundiaí, através do advogado Adilson Luiz, exigindo o pagamento no valor de R$ 342,16 que a entidade deve.
Segundo a matéria, a Liga, por meio do presidente Serginho Aguiar, se defende alegando que foi a entidade que entrou com um processo contra o cartório, por descumprimento de ordem judicial. “Quando fizemos o registro da Liga, eles se recusaram a cumprir uma ordem judicial. Ganhamos, mas as custas, por ser associação, tivemos de pagar”, contou ao JJ.
O presidente alega que a entidade não recebeu nenhum ofício judicial até a tarde de terça-feira (10), mas que será paga até quinta-feira.

Presidente do Paulista é vice-presidente de partido em Jundiaí

Atual presidente do Paulista, Rogério Levada vai acumular mais um cargo. Ele faz parte do diretório municipal do partido Avante, onde será vice-presidente na cidade.
Em entrevista ao Jornal de Jundiaí, o presidente do Galo disse que espera que o partido tenha apoio popular na cidade. “Para ter uma representatividade mínima na cidade, precisamos de cerca de 12 mil votos. Se iniciarmos de forma diferente, abrindo as portas e conversando com a população, temos chances de ter uma grande evolução rapidamente. Estamos abertos a todos os tipos de candidatos, desde que estejam de acordo com o nosso intuito de promover uma nova diretriz para a cidade, com honestidade e transparência, em busca do que for melhor para Jundiaí”, declara.

Volante Potiguar é o mais novo reforço do Paulista para A3

O oitavo reforço para temporada 2020 chegou ao Paulista. Trata-se do volante João Lucas, o Potiguar, de 23 anos. Ele defendeu o Fernandópolis por 24 vezes na Quarta Divisão estadual desta temporada. O Galo no próximo ano disputa a Série A3 do Paulistão.

“Quando recebi a proposta tomei a decisão muito rápida. É um clube de camisa onde espero fazer um bom campeonato pelo Paulista”, contou o jogador, em entrevista a Rádio Difusora, nesta terça-feira (10).

Revelado no ABC, o atleta passou pelo Confiança-PB, antes de chegar no Fefecê. Os outros sete reforços são Bruninho (meia), Cafu (lateral), Maicon (zagueiro), Alan John (atacante), Zulu (zagueiro), Matheus Philippe (goleiro), Murylo Benini (zagueiro) e Artur (meio-campista).

Nos pênaltis, Necaxa leva pela 1ª vez o Campeonato Regional

Em disputa emocionante, neste sábado chuvoso, em Jundiaí, o Necaxa venceu o Muleks da Serra por 3 a 2 nos pênaltis, após 1 a 1 no tempo regulamentar, e conquistou pela 1ª vez o Campeonato Regional. O palco da consagração foi o Dal Santo.
Aos 28 minutos do primeiro tempo, Emerson Azevedo fez o tento do Muleks da Serra. Aos 9 minutos do segundo tempo, Diego Silva empatou para o Necaxa.
A equipe campeã teve os atletas André Luiz, Bruno Rodrigues, Diego Silva, Gabriel Trzmaroli, Guilherme, Heli, Henrique de Souza, Leandro Cordeiro, Leandro Silva, Leonardo Teixeira, Luiz Fernando, Ronaldo Camargo, Vinicius Nathan, Eduardo Mendes, Rafael Reiis, Gabriel Coutinho.

Lateral Juninho Bala vai defender o Galo na Série A3 do Paulistão

O lateral Juninho Bala é mais um reforço do Paulista para disputa da Série A3 do Estadual. O jogador estava no Fernandópolis, que terminou na terceira colocação na última ‘Bezinha’, que o Galo terminou campeão. Ele atuou juntamente com Potiguar, meia, que chegou ao Galo no começo da semana.
Aderson Araujo da Cunha Junior, de 23 anos, jogou 23 partidas pelo Fefecê e marcou dois gols. Na carreira, passou por Botafogo de Distrito Federal, Santa Maria do Distrito Federal e Atlético Potiguar na carreira.