Header AD

11 de abril de 2019

Única técnica mulher na 4ª divisão, fala sobre o jogo de sábado contra o Galo



Nilmara Alves, de 38 anos, é a treinadora do Manthiqueira para a disputa da 4ª divisão do Paulistão. Desde 2011 trabalha no clube, onde começou como preparadora física, e dirige o time profissional desde 2012 - com algumas saídas no período. Ela é a única mulher que dirige um time profissional entre as quatro divisões do futebol estadual (89 times no total), no sábado estará pela 1ª vez em Jundiaí, quando enfrentará o Paulista, no Jayme Cintra, às 15h.


Ex-jogadora, ela chega a sua sétima temporada a frente do clube de Guaratinguetá. O jogo do final de semana marca a estreia do Manthiqueira na temporada, já que a equipe folgou na 1ª rodada. O clube não joga desde a última rodada da 3ª divisão Estadual, no ano passado. Ela foi a primeira mulher a obter o registro de técnica na Confederação Brasileira de Futebol (CBF)


A comandante do clube de Guaratinguetá, concedeu entrevista nesta quinta-feira ao Site Esporte Jundiaí, e falou sobre o jogo de sábado, contra o Galo, e também sobre o seu clube, a profissão, filosofia de futebol, a 4ª divisão do Paulistão e sonhos na profissão. Confira a entrevista.


Esporte Jundiaí: Como é o seu trabalho no Manthiqueira? Entre idas e vindas, você tem um grande respaldo na diretoria que confia no seu trabalho. Importante ter este respaldo?
Nilmara Alves: Aqui no Manthiqueira trabalhamos em equipe, e priorizo mais o toque de bola, e sem a bola uma marcação compactada, damos a liberdade para os jogadores decidirem a melhor decisão na hora do jogo mais com responsabilidade. Nos treinamentos cobramos bastante.

Falamos mais duro quando for preciso, mais na hora do jogo procuro dar tranquilidade para que eles decidam o que é melhor no momento de uma ação, fico mais observando e quando é preciso vou na beira do gramado e passo alguma instrução, sem ficar gritando e cantando as jogadas.

Essa confiança e liberdade que tenho da diretoria é muito importante para que possamos trabalhar com mais tranquilidade e sem pressão de resultados.


EJ: O que esperar do jogo sábado, em Jundiaí, contra o Paulista?
Nilmara Alves: Sábado é um jogo muito difícil, porque iremos pegar uma equipa de camisa, além de ser nossa estreia.

Estreia sempre é mais difícil, porque bate aquela ansiedade e nervosismo e temos alguns atletas que não deu tempo de inscrever, mais estou confiante que será um bom jogo.

Sabemos que o Paulista tem um time formado e tem uma parceria forte. Um time forte e nós estamos em formação, mais estamos confiantes em fazer um bom jogo


EJ: É bom sua equipe fazer a estreia na competição, contra uma equipe que já jogou uma partida no torneio, ou não?
Nilmara Alves: A equipe que já jogou entra no segundo jogo, mais tranquilo, sem o peso da estreia. Mas estamos preparados para fazer um bom jogo!


EJ: Será o jogo mais importante da sua equipe, fora de casa, nesta 1ª fase, já que o Paulista, é um adversário que tem história no futebol brasileiro EJ: conquistou título da Copa do Brasil, em 2005, por exemplo?
Nilmara Alves: Procuramos trabalhar jogo a jogo e encarar cada jogo como uma final, mais sabemos da importância de se fazer um bom jogo contrato Paulista para nos dar mais confiança no decorrer da competição


EJ: Em jogos fora de casa, você é mais respeitada pelas torcidas adversárias?
Nilmara Alves: Sou muito respeitada pelos torcedores adversários. Claro que na hora do jogo tem os xingamentos normal dos torcedores para tentar ajudar sua equipe. Mas depois do jogo eles incentivam e isso é legal que me motiva a cada dia mais


EJ: Como é ser a única mulher a dirigir um time profissional nas 4 divisões do futebol paulista? Você acredita que nos próximos 10 anos, será natural o torcedor ver uma mulher dirigindo um time?
Nilmara Alves: O futebol é um meio muito masculino, mais eu estou aqui para tentar provar que as mulheres também podem exercer bem a função de treinadora.

Creio que vá demorar muito ainda para ser uma coisa normal as mulheres estarem trabalhando no futebol, pela falta de oportunidades dos clubes e pela cabeça de todos de que o futebol é para homens


EJ: Qual seu grande sonho no futebol?
Nilmara Alves: Meu sonho no momento é colocar o Manthiqueira nas divisões de elite, crescer com o Manthiqueira.


EJ: Qual a meta traçada para o Manthiqueira nesta temporada?
Nilmara Alves: A princípio temos o objetivo de classificar a equipe na primeira fase depois pensamos no próximo passo.
Única técnica mulher na 4ª divisão, fala sobre o jogo de sábado contra o Galo Única técnica mulher na 4ª divisão, fala sobre o jogo de sábado contra o Galo Reviewed by Thiago Batista on 14:15 Rating: 5

Nenhum comentário

Apenas usuários cadastrados no Google, com nome de identificação clara terão comentários permitidos. Reservamos o direito de não publicar o comentário, caso ele seja ofensivo ou desrespeitoso.
COMENTÁRIOS SEM IDENTIFICAÇÃO OU APARECENDO EM FORMATO ANÔNIMO NÃO SERÃO ACEITOS!