Header AD

13 de julho de 2019

4ª divisão: Aqui, quem manda sou eu! Paulista vence a 7ª seguida no Jayme Cintra


O Paulista nesta edição 2019 da 4ª divisão do Paulistão pode ter alcunha: “Aqui na minha casa, quem dita as regras sou eu!”. Na sua sétima partida como mandante, venceu pela sétima vez na sua casa.

Na tarde deste sábado, o Tricolor venceu o Tupã por 2 a 1, no estádio Jayme Cintra, pela segunda rodada do grupo 11. Com a vitória, o Tricolor com três pontos e saldo de gols zerado, está em terceiro na chave, mas dentro da zona de classificação, por ser um dos quatro melhores terceiros colocados.

100% como mandante, o Paulista mesmo não jogando o mesmo futebol de alguns momentos da primeira fase, chegou a vitória com um gol ainda no fim do primeiro tempo, com Edinan (quarto dele na competição); e do zagueiro artilheiro Joaquin, na etapa final. Gabriel fez o gol de honra do Tupã.


Agora o Paulista enfrentará duas vezes o União Suzano, nos dois próximos sábados, onde com seis pontos pode encaminhar a sua classificação. O primeiro confronto contra o USAC será em Suzano, no dia 20, às 19h; enquanto a segunda partida será em Jundiaí, no dia 27, às 15h.




Esquemas
O Paulista entrou em campo com um esquema que sem a bola atuava no 4-2-3-1, com João Paulo atuando como volante. Mas com a bola, João Paulo em alguns momentos retornava à zaga, dando liberdade aos dois laterais e assim o Tricolor atuava no 3-3-3-1, com muito jogo pelas pontas do campo.

O Tupã misturou dois esquemas durante a partida: do 4-3-2-1 para o clássico 4-4-2 (variando pelo 4-2-2-2), com prioridade para a marcação, especialmente no meio-campo.


Primeiro tempo
Os primeiros 45 minutos de jogo foram amarrados. Muita disputa pela bola, especialmente com muito contato físico, com o árbitro Rodrigo Pires de Oliveira apitando tudo, em qualquer contato na “zona neutra” do campo. Neste período, os jogadores mais fortes fisicamente levaram vantagem. 22 faltas foram marcadas (14 do Tupã, segundo dados do comentarista Rafael Porcari, da Rádio Difusora)

O Paulista teve três boas oportunidades até os 35 minutos em chutes fracos, dentro da grande área, de Jeferson e Edinan, e no arremate de Demarchi, de fora da área, mas sem muito perigo.


O Tupã sequer fez sujar o uniforme do goleiro do Galo, Matheus Lopes. Pior, o seu camisa 1, Luiz Miguel, desde os 15 minutos de jogo praticava cera – ora demorando para cobrar um tiro de meta, ora a cada queda reclamando de lesão e pedindo atendimento.

Só que os acréscimos do primeiro tempo, o goleiro do Tupã, Luiz Miguel, falhou e deixou a bola no pé do centroavante, Edinan, que marcou 1 a 0, para o Paulista. Torcida em festa com a vantagem do time no intervalo.


Segundo tempo
Na volta do intervalo, o técnico Tupãnzinho promoveu duas mudanças na sua equipe. Tirou os meio-campistas Caio e Caique e entraram Gustavo e Robinho. Com isso, o Tupã queria atacar.

Mas quem ditou o ritmo foi o Paulista, que mantinha a posse de bola, e sempre procurava manter no campo de ataque. O time jundiaiense somente errava no último passe. A quantidade de faltas também diminuiu: apenas 5 foram registradas nos 15 minutos iniciais da etapa final.


O Paulista teve uma boa chance na bola parda, aos 24 minutos, em cobrança de falta de Demarchi, que Evandro desviou de cabeça, e o goleiro Luiz Miguel fez grande defesa.

Mas em nova jogada de bola parada, aos 32 minutos, o Paulista sacramentou a vitória. Escanteio batido por Yan, Joaquim subiu mais alto que todo mundo para fazer o seu terceiro gol na competição, o segundo gol do Paulista na partida.

Nos acréscimos, o Tupã fez seu gol com Gabriel, em tabela com Lucas. Mas esse tento do time visitante não fez o torcedor do Galo no Jayme Cintra sair feliz com a 1ª vitória do Galo nesta segunda fase.

PAULISTA 2 x 1 TUPÃ

PAULISTA
Técnico: Edson Fyu
(esquema 1-4-2-3-1)

Matheus Lopes

Victor Emerson
Joaquim
Evandro
Yan

João Paulo (> Kawan)
Demarchi

Matheus Nego
Carlinhos (> Gabriel Terra)
Jeferson

Edinan (> Guga)


TUPÃ
Técnico: Tupãnzinho
(esquema 1-4-3-2-1)

Luiz Miguel

Eliton (> Marlon)
Fabrício
Gui
Antônio

Ariel
Gledson
Caique (> Robinho)

Caio (> Gustavo)
Gabriel

Lucas

Gols
Edinam, aos 45min+1min (1-0)
Joaquin, aos 72min (2-0)
Gabriel, aos 90min+1min (2-1)

Árbitro: Rodrigo Pires Oliveira
Auxiliares: Alex Alexandrino e Fernando Afonso
estádio Jayme Cintra - Publico: 1.009 pagantes - Renda: R$ 13.920
4ª divisão: Aqui, quem manda sou eu! Paulista vence a 7ª seguida no Jayme Cintra 4ª divisão: Aqui, quem manda sou eu! Paulista vence a 7ª seguida no Jayme Cintra Reviewed by Thiago Batista on 16:52 Rating: 5

Nenhum comentário

Apenas usuários cadastrados no Google, com nome de identificação clara terão comentários permitidos. Reservamos o direito de não publicar o comentário, caso ele seja ofensivo ou desrespeitoso.
COMENTÁRIOS SEM IDENTIFICAÇÃO OU APARECENDO EM FORMATO ANÔNIMO NÃO SERÃO ACEITOS!