Header AD


02/07/2019

Jogos Regionais: Tênis de mesa masculino de Jundiaí quer acabar com síndrome do vice



O tênis de mesa de Jundiaí nos últimos sete anos, esteve participando dos Jogos Regionais em seis oportunidades (não esteve em 2017). E sempre quando competiu, o resultado final na competição sempre terminou com a mesma história: vice-campeão. 2019 o desejo e terminar com este incomodo tabu.

Desde o título geral em 2011, Jundiaí não consegue levantar o troféu de melhor equipe masculina do tênis de mesa: foi vice em 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2018. Seis segundos lugares seguidos nas suas participações (2017, lembrando não esteve presente).

Em 2019, na disputa por equipes, Jundiaí estreia nesta quarta-feira, quando encara Capão Bonito, a partir das 15h30.

A competição da categoria livre tem 11 cidades. No torneio por equipes na primeira fase, as agremiações foram divididas em três grupos de três ou quatro equipes cada. Os jogos são dentro da chave, em turno único. As duas melhores de cada grupo avançam aos playoffs.

Jundiaí está no grupo B, que tem Araçoiaba da Serra, Laranjal Paulista e Capão Bonito. O grupo A tem Salto, Buri e Porto Feliz. O grupo C tem Arandu, Juquiá, Sete Barras e Itapetininga. O tênis de mesa ainda tem disputa do individual e de duplas.
Jogos Regionais: Tênis de mesa masculino de Jundiaí quer acabar com síndrome do vice Jogos Regionais: Tênis de mesa masculino de Jundiaí quer acabar com síndrome do vice Reviewed by Thiago Batista on 17:53 Rating: 5