Header AD


03/07/2019

Rival do Paulista: Ex-técnico do Suzano explica, em entrevista, porque pediu demissão


O técnico Luis Carlos Cavalheiro, após a conclusão da primeira fase da 4ª divisão do Paulistão, pediu demissão do cargo de treinador do União Suzano, que disputará a 2ª fase, e está na chave do Paulista - o grupo 11. Em entrevista ao site Globoesporte.com, o comandante do Suzano explicou os motivos do seu pedido de demissão.

“A decisão da minha saída foi por não compactuar com atitudes da gestão que ferem meu caráter e meus princípios. Para bom entendedor, essas palavras bastam. Não posso compactuar com coisas erradas, por isso minha decisão de me desligar do clube. Chegamos em um limite. Pedimos uma definição para que continuássemos sem essas coisas que estavam acontecendo, com as quais não concordávamos. Foi decidido que não ia mudar. Com isso, infelizmente, não haveria possibilidade nenhuma de continuarmos”, contou.

“O salário está atrasado tem dois meses. A gente tem três alimentações. No café da manhã, às vezes aconteceu de comermos só o pão com manteiga e não ter o café, ou só pão puro com café. Em dias de folga, não tomamos café da manhã, porque dizem que é folga e ninguém traz. Temos o almoço e depois a janta, às 18h. E das 18h às 22h ficamos sem comer nada. Tem dias que um ou outro tem um dinheiro para poder comprar alguma coisa. Tem dias que não, tem dias que a gente dividiu o biscoito para não dormir com fome. Então é uma situação bem complicada para um time que foi líder a competição toda praticamente, e classificado antecipadamente”, disse o volante Renato, também em entrevista ao Globoesporte.com.

Além disso, nesta terça-feira, um grupo de jogadores do União Suzano foi à sede do Sindicato de Atletas de São Paulo solicitar apoio quanto às condições de trabalho no clube de Suzano. Acompanhado pelo advogado do sindicato, o grupo de jogadores retornou à casa que vem sendo utilizada como alojamento na tarde de terça-feira. No local, um imóvel de três cômodos que abriga cerca de 17 pessoas, os atletas se reuniram com o presidente do Conselho Deliberativo do União Suzano, Jorge Firmo. O dirigente reconheceu os problemas na estrutura e também prometeu resolver as pendências o mais rápido possível.

“Fui pego de surpresa. Já estávamos pensando na segunda fase. Agora vamos ter que fazer uma reunião de emergência, reunir os responsáveis pelo pagamento e solicitar que eles apresentem os documentos que comprovam o pagamento. Temos contrato com eles e, se realmente isso proceder, vamos acioná-los na justiça”, disse Firmo, ao Globoesporte.com.

Enquanto aguardam as rescisões dos contratos, o grupo de jogadores ficará alojado na casa, mas diz que não entrará em campo na próxima sexta-feira, contra o Tupã, às 20h, fora de casa. Para essa partida, segundo Firmo, o União Suzano deverá ter cerca de 12 atletas à disposição, além da possibilidade da inscrição de mais quatro reforços para a disputa da segunda fase.
Rival do Paulista: Ex-técnico do Suzano explica, em entrevista, porque pediu demissão Rival do Paulista: Ex-técnico do Suzano explica, em entrevista, porque pediu demissão Reviewed by Thiago Batista on 16:32 Rating: 5