Header AD


11 de agosto de 2019

Pan: Com grande atuação da jundiaiense Tainá, basquete feminino do Brasil é ouro


A seleção brasileira de basquete feminino feminina garantiu a medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos 2019, em Lima ao derrotar os Estados Unidos, neste sábado (10 de agosto), por 79 a 73 (39 a 38 no primeiro tempo), na grande final realizada neste sábado. Quatro atletas que atuaram no basquete jundiaiense ajudaram na conquista. Mas do quarteto, a destaque da decisão foi justamente a atleta que nasceu na cidade: Tainá Paixão. Ela foi a cestinha da partida com 24 pontos, sendo o nome do jogo.

Tainá Paixão ainda ajudou com 7 rebotes, 3 assistências, 1 bola recuperada e 1 bloqueio. Companheiras do Divino Salvador entre 2009 e 2011, Tainá e Tati Pacheco estiveram bastante tempo em quadra. Tati fez 4 pontos, 2 rebotes e 1 assistência. Isabela Ramona, que defendeu o Divino entre 2011 e 2013 fez 2 pontos e 2 assistências.

A outra jogadora que atuou no basquete de Jundiaí e esteve no Pan foi Aline Moura, campeã paulista da 1ª divisão em 2017 pelo Time Jundiaí/Divino. Mas Aline na decisão somente restou torcer, pois sofreu grave lesão no joelho na 1ª partida do Pan, e não pode mais atuar na competição.

A medalha de ouro do basquete feminino ajudou o Brasil a construir o seu melhor resultado como delegação na história de uma única edição dos Jogos Pan-Americanos. Com 54 ouros e 164 medalhas no total conquistadas até o momento (evento termina neste domingo), superou o desempenho da edição de 2007, quando o Rio de Janeiro sediou a competição (foram 52 ouros e 157 no total). Assim, o Brasil voltará a terminar os Jogos na segunda posição da classificação geral, algo que não acontecia desde 1963, quando São Paulo recebeu o Pan.
Pan: Com grande atuação da jundiaiense Tainá, basquete feminino do Brasil é ouro Pan: Com grande atuação da jundiaiense Tainá, basquete feminino do Brasil é ouro Reviewed by Thiago Batista on 06:04 Rating: 5