PUBLICIDADE

Red Bull pode ter "equipe B" na Série A2, e 4ª divisão do Paulistão pode ficar sem “vaga extra”

PUBLICIDADE

Uma matéria publicada pelo site Globoesporte.com no dia 13 de setembro (sexta-feira passada) pode colocar fim ao sonho das equipes da 4ª divisão do Paulistão de uma vaga extra para acesso na 3ª divisão. A direção do Red Bull estuda a possibilidade de não dará fim ao Red Bull Brasil, deixando um “segundo time” na Série A2. Segundo a matéria a definição sai em até duas semanas. Mas o mais provável é que o Red Bull crie "um time B", uma espécie de Palmeiras B como ocorreu no início do século.

Segundo a reportagem do Globoesporte.com, os executivos do projeto brasileiro, que joga a Série A1 do Paulistão, enviaram recentemente os três cenários possíveis para avaliação da matriz: a venda do clube e por consequência a vaga na elite do Paulistão, encerrar as atividades do Red Bull Brasil, ou manter o controle da equipe, o que levaria ao rebaixamento no estadual, já que o Bragantino também joga a A1 e também é controlado pela empresa – o que ocorre desde o fim de abril (lembrando que o Braga briga atualmente pelo acesso a Série A do Brasileirão).

A última opção é tida como a mais provável atualmente, segundo a reportagem do Globoesporte.com. Seria uma espécie de Palmeiras B, que no ínicio do século chegou a jogar a Série A2, mas ficava impedido de disputar a A1, pela equipe principal do Palmeiras estar sempre na elite. A publicação de uma resolução pela Federação Paulista de Futebol, na semana passada, reforça essa possibilidade.

De acordo com a resolução da FPF, os controladores deverão indicar qual das duas é a principal e qual é a secundária. O time secundário deverá sempre atuar em divisão inferior à do principal. Mesmo que a equipe principal seja rebaixada, a secundária não poderá subir – pelo contrário, deverá cair uma divisão.

Caso o Red Bull mantenha uma equipe B e dispute a Série A2, existe ainda a possibilidade de uma vaga extra de acesso ocorrer (a chamada terceira vaga), caso o Batatais, que foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo na semana passada até abril do ano que vem, seja realmente impedido pela Federação Paulista de Futebol de disputar a Série A3, e a entidade para fazer o campeonato com quantidade par de clubes (16, e não 15), decida cumprir o regulamento da atual 4ª divisão, permitindo o acesso da 3ª colocada da competição para a Série A3 de 2020. 

Red Bull pode ter "equipe B" na Série A2, e 4ª divisão do Paulistão pode ficar sem “vaga extra” Red Bull pode ter "equipe B" na Série A2, e 4ª divisão do Paulistão pode ficar sem “vaga extra” Reviewed by Thiago Batista on 13:28 Rating: 5

Últimas - Confira!!!

PUBLICIDADE