Header AD


2 de outubro de 2019

Batatais promete ir na Justiça Comum para permanecer na Série A3 de 2020


O Batatais pretende ir até a Justiça Comum para ter suas atividades no futebol profissional novamente ativas e permanecer na Série A3 do Paulistão. É o que cogita o presidente do clube, José Luis Lobanco Arantes, em entrevista a Rádio Difusora de Batatais. O “caso Batatais” pode abrir até mais uma vaga de acesso para Série A3 de 2020 para os times que disputam a 4ª divisão do Paulistão este ano – passando assim de duas para três vagas.

Na entrevista, ele afirmou que o Batatais foi pego como bode expiatório pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) e que pode recorrer à Justiça Comum se os recursos no âmbito esportivo forem esgotados.

O clube foi punido por suposto envolvimento com manipulação de resultados, a uma semana da comemoração do seu centenário.

O Batatais foi suspenso em julgamento realizado pelo TJD na segunda-feira (9) e condenado por maioria de votos a pagar uma multa de R$ 70 mil por infringir o artigo 239 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva).

O artigo pune quem deixa de “praticar ato de ofício, por interesse pessoal ou para favorecer ou prejudicar outrem ou praticá-lo, para os mesmos fins, com abuso de poder ou excesso de autoridade”.

“Percebe-se claramente que existe um movimento no tribunal para pegar um bode expiatório e, nesse momento, pela série de acontecimentos que teve neste ano, com as denúncias e tudo, o Batatais foi premiado”, afirmou Lobanco.

O presidente do Batatais disse ainda que conversou com advogados e que eles o deixaram tranquilo sobre a possibilidade de sucesso no recurso do clube.

“Nós vamos entrar com recurso e [...] pedir provas, uma série de coisas. Se for o caso, se não se resolver pelo TJD, nós vamos à instância superior e até à Justiça Comum”, disse. Ele afirmou ainda que não questionou os advogados sobre a possibilidade de ser rebaixado à quarta divisão caso não dispute a Série A-3 de 2020.

Taboão da Serra
O Batatais ainda aguarda o julgamento por ter utilizado, de forma irregular, o zagueiro Marcão em quatro partidas do Campeonato Paulista da Série A3 deste ano.

E quem está de olho em uma vaga na Série A3 é o Taboão da Serra. O presidente do clube, Anderson Nóbrega, disse em entrevista ao site O Taboanense, que o resultado representa a justiça. “Se essa decisão permanecer o Cats (Taboão da Serra), que foi duramente prejudicado esse ano em não poder utilizar o estádio da sua cidade terá a oportunidade de continuar na divisão que lutou tanto pra ter o acesso em 2016. E manter a cidade de Taboão entre a elite do futebol”, declarou.

“O Cats foi prejudicado esse ano, mas nós cumprimos a lei, não utilizamos nada que fosse contrário ao regulamento da competição. Espero Justiça e que o resultado de vitória ou derrota no campo seja dentro da disputa leal e não de armações. Fico feliz em poder ter esperança de um 2020 melhor para o profissional do clube”, completou Nóbrega.

O que diz o regulamento da 4ª divisão
Artigo 15 - Terão direito de acesso à Primeira Divisão - Série A3 de 2020 os 02 (dois) Clubes classificados para a fase final da Competição.

§1º - Em caso da não participação de algum Clube classificado para o Campeonato Paulista de Futebol Profissional - Primeira Divisão - Série A3 de 2020, terá também acesso o Clube que obtiver a melhor campanha no Campeonato Paulista Sub23 de Futebol Profissional - Segunda Divisão 2019, dentre os perdedores que disputaram a fase semifinal.

§2º - Este acesso somente será concedido quando a não participação do Clube classificado para o Campeonato Paulista de Futebol Profissional – Primeira Divisão - Série A3 de 2020 for oficializada antes da realização do respectivo Conselho Técnico.

§3º - A fim de assegurarem seu direito de acesso, os Clubes mencionados neste artigo deverão atender todos os requisitos previstos no RGC (regulamento geral das competições).
Batatais promete ir na Justiça Comum para permanecer na Série A3 de 2020 Batatais promete ir na Justiça Comum para permanecer na Série A3 de 2020 Reviewed by Thiago Batista on 17:19 Rating: 5