Lúcia Helena vai receber título de cidadã jundiaiense nesta quinta-feira - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Lúcia Helena vai receber título de cidadã jundiaiense nesta quinta-feira



Nesta quinta-feira (17), a partir das 19h, acontece no Teatro Polytheama a tradicional Sessão Solene da Câmara Municipal para entrega de títulos honoríficos. No total, serão 43 homenageados. Os títulos honoríficos são uma maneira de homenagear e agradecer a atuação das pessoas e entidades que se dedicam à nossa cidade e nossa sociedade, com participação ativa no desenvolvimento local.  Lucia Helena Scarpelli Gumerato receberá o título de cidadã jundiaiense, através de homenagem a ser realizada pelo vereador Cristiano Lopes. 
Lúcia Helena nasceu em 1957, em Potirendaba, interior de São Paulo. Veio para Jundiaí em 1973, para jogar basquete e estudar no Colégio Divino Salvador. Não dá para falar em basquete feminino de Jundiaí sem citar o nome de Lúcia Helena Scarpelli Gumerato. Lúcia chegou em Jundiaí quando tinha apenas 15 anos para estudar e jogar no Divino, a convite do padre Olivo. 
Em 1974,conquistou o 1º Campeonato Juvenil pela Federação Paulista de Basquete, recebendo, 2 anos depois, a primeira convocação para a Seleção Brasileira Juvenil, vencendo o Campeonato Sul-Americano daquele ano. Também foi campeã do Mundialito de 1978 e 8 vezes campeã dos Jogos Universitários Brasileiros. Formou-se em Educação Física pela Escola Superior de Educação Física-ESEF e graduou-se em psico pedagogia. Após deixar a carreira profissional, passou a jogar na categoria master, disputando 4 mundiais, e também ao ofício de técnica, sendo 3 vezes campeã dos Jogos Escolares Brasileiros, dentre outras conquistas.
Títulos, ela coleciona aos montes. Pela seleção brasileira, conquistou o Mundialito, Sul-Americano, Universiade. O momento inesquecível como jogadora foi a conquista dos Jogos Abertos de 1979, em Araçatuba. Jundiaí faturou o título ao vencer Catanduva.
Ela encerrou a carreira de atleta em 1988 pelo Divino e continuou na escola como professora, coordenadora e com a escolinha de basquete para alunos e crianças interessadas até 2014.

Foto: Divulgação

Matérias mais populares da semana

Jundiaiense marca gol do título do Pato na Liga Nacional de Futsal

O jundiaiense Jhow marcou o gol do título da Liga Nacional de Futsal (LNF) do Pato Futsal, da cidade de Pato Branco, em uma goleada histórica. A equipe venceu neste domingo o Sorocaba, na casa do adversário por 6 a 0, conquistando o legítimo bicampeonato da LNF – equipe venceu o torneio no ano passado, quando o atleta não defendia o Pato.
Jhow marco o sexto gol da partida, aos 16 minutos do segundo tempo, em chute da sua quadra de defesa, após roubar a bola do goleiro-linha Leandro Lino, de Sorocaba. O Pato venceu os dois jogos da final, já que em casa, na semana passada, derrotou o adversário por 3 a 2.

O atleta de 28 anos começou a sua carreira nas categorias de base do Clube São João, onde já destacava. Na competição, Jhow marcou 10 gols.

Paulista: Papaleguas não fará parte do elenco da Série A3

O zagueiro e lateral Matheus Papaléguas não fará parte do elenco do Paulista para disputa da Série A3 do Estadual na próxima temporada. A informação foi trazida nesta segunda-feira pela Rádio Difusora. Segundo o repórter Luiz Antônio de Oliveira, o Cobrinha, o jogador ficou surpreso com a ‘dispensa’.
Revelado nas categorias de base do Tricolor, Papaléguas jogou a 4ª divisão do Paulistão de 2018 pelo Galo, onde atuou como zagueiro e lateral. O time jundiaiense na oportunidade caiu nas quartas de final.
Após renovar seu vínculo com o Paulista por dois anos, o jogador foi emprestado de forma surpreendente para um ‘concorrente’ da ‘Bezinha’, o XV de Jaú. No Galo da Comarca ele fez 13 partidas e não marcou gols.
O atleta tem vínculo com o Paulista até 31 de dezembro de 2020, e deverá ser emprestado neste primeiro semestre para algum clube.

Volante Potiguar é o mais novo reforço do Paulista para A3

O oitavo reforço para temporada 2020 chegou ao Paulista. Trata-se do volante João Lucas, o Potiguar, de 23 anos. Ele defendeu o Fernandópolis por 24 vezes na Quarta Divisão estadual desta temporada. O Galo no próximo ano disputa a Série A3 do Paulistão.

“Quando recebi a proposta tomei a decisão muito rápida. É um clube de camisa onde espero fazer um bom campeonato pelo Paulista”, contou o jogador, em entrevista a Rádio Difusora, nesta terça-feira (10).

Revelado no ABC, o atleta passou pelo Confiança-PB, antes de chegar no Fefecê. Os outros sete reforços são Bruninho (meia), Cafu (lateral), Maicon (zagueiro), Alan John (atacante), Zulu (zagueiro), Matheus Philippe (goleiro), Murylo Benini (zagueiro) e Artur (meio-campista).

Futebol amador: Dívida da LJF faz times depositarem taxas em juízo

Em matéria, na edição desta quarta-feira (11), do Jornal de Jundiaí, informa que uma sentença do final de outubro na 1ª Vara Civil de Jundiaí exigiu dos clubes finalistas (Estrela e Ponte Preta) do Campeonato Amador de Jundiaí que os pagamentos de taxas referentes à Liga Jundiaiense de Futebol (LJF) fossem feitas em juízo. O pedido foi do Segundo Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Jundiaí, através do advogado Adilson Luiz, exigindo o pagamento no valor de R$ 342,16 que a entidade deve.
Segundo a matéria, a Liga, por meio do presidente Serginho Aguiar, se defende alegando que foi a entidade que entrou com um processo contra o cartório, por descumprimento de ordem judicial. “Quando fizemos o registro da Liga, eles se recusaram a cumprir uma ordem judicial. Ganhamos, mas as custas, por ser associação, tivemos de pagar”, contou ao JJ.
O presidente alega que a entidade não recebeu nenhum ofício judicial até a tarde de terça-feira (10), mas que será paga até quinta-feira.

Governador João Doria é vaiado na cerimônia de abertura dos Jori

O governador do estado João Doria Junior não ficou até o fim e saiu pelos fundos do ginásio do Bolão ainda na metade da cerimônia de abertura, antes mesmo de declarar “Estão abertos a fase final dos Jogos Regionais do Idoso (Jori)”, neste domingo (8). O protocolo precisou ser modificado e a missão ficou com o gestor de esportes da Prefeitura de Jundiaí, Luiz Trentini. 


Doria foi vaiado logo após de ter seu nome anunciado pelo cerimonial por uma parte dos presentes – em especial professores da rede pública. Nos grandes eventos esportivos, o maior chefe de estado presente é que faz a fala oficial de início da competição.

O governador também entregaria durante a cerimônia o selo na categoria pleno o Programa SP Amigo do Idoso, pelo Governo do Estado ao prefeito Luiz Fernando Machado. A entrega ocorreu, mas em evento privado pela secretaria do Estado, Celia Parnes. 


Antes da cerimônia, o governador conversou com a imprensa e fez elogios a estrutura que a cidade está oferecendo ao evento que …