PUBLICIDADE

Ex-técnico do Paulista, Cilinho morre, em Campinas, aos 80 anos

PUBLICIDADE


Com passagem no Paulista, no ano 2000, quando o time chamava Etti Jundiaí, o ex-técnico Cilinho faleceu no início da tarde desta quinta-feira (28) na casa dele em um condomínio em Sousas, distrito de Campinas. Ele tinha 80 anos e já estava em situação delicada há dois anos, realizando tratamento especial e utilizando cadeira de rodas.

Há dois anos, Cilinho sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).  Não há ainda detalhes do velório e do enterro. A família espera definir estes detalhes até o final da tarde.

Otacílio Pires de Camargo, o Cilinho, foi apontado como um revolucionário no interior paulista e atingiu o auge no São Paulo no final dos anos 80 com o chamado time ‘Menudos do Morumbi’. A equipe tinha Muller, Silas e Sidney e foi campeã paulista de 1985.

Cilinho comandou o Paulista (na época Etti Jundiaí) na primeira fase do Campeonato Paulista da Série A-2. Ele chegou em dezembro de 1999 ao clube. Na época, o campeão da primeira fase conquistava uma vaga de acesso. Foram seis jogos na fase de classificação, onde obteve duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Ele foi demitido do cargo ainda em fevereiro de 2000.

Nascido em Campinas no dia 9 de fevereiro de 1939, Cilinho ainda passou por clubes como Santos, Corinthians, Ponte Preta, Portuguesa, e XV de Jaú.

Foto: Divulgação
Ex-técnico do Paulista, Cilinho morre, em Campinas, aos 80 anos Ex-técnico do Paulista, Cilinho morre, em Campinas, aos 80 anos Reviewed by Thiago Batista on 16:06 Rating: 5
PUBLICIDADE