Filme se repete, e Paulista conquista título da 4ª divisão com gol de empate aos 44 do 2º tempo - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Filme se repete, e Paulista conquista título da 4ª divisão com gol de empate aos 44 do 2º tempo



O Paulista conquistou neste sábado o título da 4ª divisão do Paulistão. E foi com um jogo de altas e baixos no Jayme Cintra, mas com drama feliz no final que o Galo empatou por 3 a 3 com o Marília neste sábado (2), alegrou os mais de 7mil torcedores presentes na casa do Galo, que assistiram o jogo de volta da decisão. Um jogo que cinco dos seis gols da partida foram de cabeça. E o gol do título foi de testa, aos 44 minutos do segundo tempo, como foi a última conquista em casa, em 2010 – Copa Paulista, gol de Rodrigo Sabiá.


Com a torcida empurrando desde o início, o Tricolor tentou evitou ao máximo as faltas laterais e próximas da entrada da área. Sofreu um pouco no começo com jogo aéreo ofensivo do MAC, mas aos 16 minutos, o Paulista foi fatal neste tipo de jogada. Yan cobrou escanteio na esquerda e João Paulo de cabeça, subiu mais alto que todo mundo para fazer 1 a 0, Paulista.


Jogando com uma grande vantagem (Galo tinha a vantagem de poder até empatar para conquistar o título, continuou dominando a partida e quase ampliou aos 26 minutos, em cobrança de falta de Yan, que Brunão quase desviou contra.


Só que a bola aérea do MAC apareceu de novo aos 28 e foi certeira. Em cobrança de falta de Praxedes, Brunão subiu mais alto que toda a defesa do Galo e empatou o jogo. 1 a 1.


E os 17 minutos finais foram de domínio do MAC, sempre levando perigo na joga aérea. Mas não marcou o gol. E o time visitante ainda começou melhor a etapa final, com belo chute de Breno, que Matheus Morais fez grande defesa.


Só que no futebol o que importa é bola na rede. E aos 7 minutos, em cruzamento da direita, o baixinho Matheus Morais se inspirou no Romário, para de cabeça na pequena área marcar o segundo gol do Tricolor. Ainda com grande colaboração do goleiro Geílson, que foi “mão mole” no lance.


Depois, o Paulista procurou se defender. E foi castigado logo aos 15 minutos. Em nova jogada área, o MAC empatou por 2 a 2, com Breno, de cabeça.


O Galo sentiu o gol. Ficou nervoso. E discutia com a arbitragem. Até a comissão técnica se envolveu nas reclamações. E sobrou para o técnico Edson Fio, que recebeu cartão amarelo. Foi a primeira advertência com cartão na história do Galo para um treinador da equipe profissional.


O Marília, mais consciente, aproveitou os erros do Paulista que ficou todo exposto, e numa jogada de contra-ataque, Dener, fez o terceiro dos visitantes, na saída de Matheus Lopes, aos 27 minutos.


Mas a história de 2010 se repetiu. Aos 44 minutos, também em jogada áerea. E novamente um zagueiro se torna herói. Em cobrança de falta de Yan, João Paulo subiu mais alto para empatar o jogo, e decretar o título ao Galo.


PAULISTA - 3
Matheus Lopes; Victor Emerson, Mingotti, João Paulo e Yan; Gabriel Terra e Pedro Demarchi (Carlinhos); Nenê, Matheus Morais (Kawan) e Jeferson; Edinan (Felipe Lavrador). Técnico: Edson Fio

MARÍLIA - 3
Geilson; Mima, Raphão, Brunão e Praxades; Hebert, Mikaell e Ícaro (Eduardo); Erik Bessa (Matheus), Breno (Dener) e Lucas Lima. Técnico: Ricardo Costa

Árbitro: Douglas Marques
Auxiliares: Gustavo Rodrigues e Evandro de Melo

Cartões amarelos
Paulista: Gabriel Terra, Matheus Morais, Mingotti e Edson Fio
Marília: Erik Bessa


Cartões vermelhos
Marília: Eruno Miguel e Mykaell

Gols
João Paulo, aos 16 minutos do 1º tempo (1-0)
Brunão, aos 28 minutos do 1º tempo (1-1)
Matheus Morais, aos 7 minutos do 2º tempo (2-1)
Breno, aos 15 minutos do 2º tempo (2-2)
Dener, aos 27 minutos do 2º tempo (2-3)
João Paulo, aos 44 minutos do 2º tempo (3-3)

Público: 7.895
Renda: R$ 126.260,00

Fotos: Gustavo Amorim / Divulgação - Paulista FC

Matérias mais populares da semana

1º jogo da final do Amador de Jundiaí será no Jayme Cintra

A decisão da Série A do Campeonato Amador será no estádio Jayme Cintra. O primeiro jogo entre Ponte Preta e Estrela será no domingo (10), às 9h da manhã. A série em melhor de dois jogos terá sua finalização no dia 24 de novembro, ainda com local a ser definido.  A confirmação foi parte da Liga Jundiaiense a reportagem do Jornal de Jundiaí, na tarde desta quinta-feira (7). O presidente do Paulista, Rogério Levada, também confirmou. A entrada para o jogo será gratuita.  Nesta década, nenhuma partida da decisão do Campeonato Amador ocorreu na ‘casa do Galo’. Todos os dois jogos da decisão, desde 2011, foram no Dal Santo, conhecida como a ‘casa do Amador’.

Entulho no Dal Santo adia decisão da Série B do Amador de Jundiaí

O acumulo de entulho no entorno do campo do centro esportivo Francisco Dal Santo fez por adiar a primeira partida da decisão da Série B do Amador de Jundiaí entre Império Vila Ana e Vila Comercial. O anuncio do adiamento foi realizado na noite de sexta-feira.

Obras estão sendo realizadas no centro esportivo da Vila Rami, e o material que está no local pode ser usado como ‘arma’ caso ocorra algum tipo de distúrbio ou confusão no local. O Esporte Jundiaí constatou a sujeira na manhã de sexta-feira (8), conforme as fotos. O jogo será no domingo (10), às 13h. A Liga ainda não divulgou a nova data da primeira partida.






Foto: Thiago Batista

Série A - Jundiaí: Ingro faz dois e Ponte larga na frente na decisão

A Ponte Preta da Agapeama venceu o Estrela por 2 a 1 no primeiro jogo da decisão da Série A do Campeonato Amador, neste domingo (10), no estádio Jayme Cintra. O destaque da partida foi Ingro autor de dois gols para a Macaca.
O brilho do atacante começou aparecer aos 8 minutos de jogo, quando fez o 1º gol da decisão. Aos 35 minutos, o Estrela empatou com gol de pênalti anotado por Bruninho. Mas quatro minutos depois, Ingro novamente apareceu, e marcou o segundo da Ponte. No segundo tempo, os dois times buscaram o gol, mas as defesas foram mais eficientes.
A decisão está recheada de ex-jogadores do Paulista. Pelo lado da equipe da Agapeama, além de Ingro, participaram Fábio Gomes, Mamadeira e Branquinho. No time da Ponte São João tem Marcelo Vilela, Marcinho e Fábio Vidal.
A segunda partida da decisão será no dia 24 (dia 17 não haverá rodada, em virtude do feriado prolongado). O local da finalíssima ainda não foi definido pela Liga Jundiaiense de Futebol. A Ponte pode até perder por um go…

Presidente da FPF fala de possível retorno da 5ª divisão do Estadual

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, esteve presente em Jundiaí no sábado (2), na decisão da 4ª divisão do Paulistão. E ele falou após a partida com a reportagem do Esporte Jundiaí, sobre a possibilidade de se dividir a atual ‘Bezinha’ para 2021, com o retorno da 5ª divisão estadual. A discussão será no conselho técnico da competição, em fevereiro do próximo ano.
"Tudo é decidido pelos clubes. A gente vai passar os prós e os contras sobre essa decisão de se criar mais uma divisão. Essa decisão terá que ser muito bem avaliada pelos clubes. Falei a eles para não ir dizem apenas sim ou não, e para estudarem com atenção sobre isso, pois não terá volta depois, caso optem pelo enxugamento. É uma decisão que não terá volta”, declarou.
O futebol paulista teve cinco divisões para o seu Campeonato Estadual entre 1978 e 1979 e entre 1994 e 2004. A competição era conhecida como Campeonato Paulista da Série B2. Seu último campeão foi o Taboão da Serra, que na…

Festivais do Time Jundiaí chegam à sua sexta edição e até dezembro

Na quadra do Dal Santo, na Vila Rami, foi dado o pontapé inicial da 6ª edição dos Festivais Time Jundiaí, evento que deve atingir os cerca de cinco mil alunos do Time Jundiaí, que possuem idade entre cinco e 94 anos de idade. A programação, que teve início na manhã desta terça-feira (5), segue até o dia 7 de dezembro, em diversos complexos esportivos e outros equipamentos, como o Parque Comendador Antônio Carbonari (Parque da Uva), a Biblioteca Municipal e, pela primeira vez, o Teatro Polytheama.
Segundo a diretora do Departamento de Esporte Educacional e Participação da Unidade de Gestão de Esporte e Lazer, Márcia Pavan, o objetivo dos Festivais é integrar os alunos de todas as modalidades, promovendo vivências diferentes das que já têm no esporte em que estão matriculados. “Queremos reforçar a importância e os benefícios da prática regular de atividade física e esportiva na vida dos alunos. Como o tema desta edição é ‘membros invertidos’, o aluno que pratica esportes com o pé, como f…