A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou nesta semana as taxas que irá cobrar de clubes amadores e profissionais na temporada 2020. A novidade para os times amadores é que a taxa de reversão de um jogador para competições organizadas por ligas municipais filiadas a entidade será no valor de R$ 380 de cada atleta. A reversão será para atletas até 31 anos. Jogadores com 32 ou mais anos serão isentos de pagar a taxa de reversão.

A FPF manteve a filiação de um clube profissional no valor de R$ 800mil, sendo que em cidade sem clube filiado o valor cai pela metade. Caso uma agremiação queria mudar de cidade o valor é de R$ 800mil onde existe um clube filiado e R$ 400mil em cidade que não tem time filiado. A filiação de uma liga municipal está no valor de R$ 10mil (Campo Limpo Paulista e Várzea Paulistão são cidades da região que atualmente não tem ligas filiadas a FPF). Para uma filiação especial de clube na base o custo é de R$ 160mil e uma licença especial para equipe feminina o valor é de ‘apenas’ R$ 450.

Anuidades
O Paulista e os outros 15 times da Série A3 a taxa de anuidade até o dia 10 de janeiro é no valor de R$ 4.860. Após está data a taxa sobe para R$ 6.200. A filiação para liga municipal (caso da Liga Jundiaiense) está no valor de R$ 470 até o dia 10 de janeiro e após esta data o pagamento deverá ser de R$ 580.

Registro de contrato/inscrição de atletas
Se no ano passado participando da 4ª divisão do Paulistão (que a FPF chama de Paulista da Segunda Divisão sub-23), o Paulista era isento do registro de contrato para os primeiros 25 jogadores, este ano participando da Série A3, qualquer registro de contrato o Galo terá que pagar. Cada registro de contrato e/ou cartão de identificação de atleta profissional custará R$ 300.

A Federação cobrará R$ 5 de cada inscrição de atleta amador de cada clube de Liga Municipal, segundo a tabela divulgada pela entidade.

Uma rescisão de contrato também custa para os cofres do clube. Para dar baixa na FPF, um time da A3 terá que pagar uma taxa de R$ 130 por rescisão de jogador e R$ 60 para treinador.

Vistorias de estádio para clubes da Série A3 o valor é de R$ 1.660 e qualquer pedido de alteração de jogo por parte do clube mandante na A3 a taxa é de R$ 1.300 por troca.