05/03/19 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 5, 2019

6 atletas do atletismo de Jundiaí na pista pela 1ª vez em 2019

No último sábado, sete atletas do atletismo do Time Jundiaí competiram no Torneio da Federação Paulista, realizado no Pinheiros, em São Paulo. Foi a primeira competição do ano para a maioria dos atletas, e serviu como parâmetro para temporada.
“Agora, com a observação realizada in loco pela comissão técnica, isso servirá como parâmetros corretivos e redirecionais para a melhora da performance dos mesmos ao longo da temporada, e evoluindo gradativamente ao longo das semanas de treinamentos”, disse Robson Mian, treinador da equipe.
Os velocistas Matheus Camargo, Dirceu Vieira e Kaíque da Silva competiram nos 100 metros rasos e obtiveram marcas já esperadas pela comissão técnica. Matheus terminou a prova com 11seg94, um pouco à frente do Dirceu, com 12seg05 e de Kaíque, com 12seg86.
No feminino, Amanda Vasconcellos e Laura Dall’Olio estrearam nas provas desse ano, visando os Jogos Abertos da Juventude e Jogos Infantis, e foram bem. Amanda concluiu em 14seg55, e Laura em 16seg78 - marcas qu…

Ex-Paulista: Toscano faz reflexão sobre eliminação na Copa

O meia-atacante Marcelo Toscano (ex-Paulista) fez uma reflexão sobre a eliminação do América na Copa do Brasil, com derrota para o Juventude na quinta-feira, por 2 a 1, em Caxias do Su, em partida única da segunda fase. Ele admitiu que o time perdeu no momento errado, mas ressaltou as coisas boas construídas no início de temporada.
“Com certeza. A gente estava invicto. Infelizmente, a derrota veio, e em uma hora ruim. Não era momento de a gente perder. Mas acontece, futebol é assim. Agora é erguer a cabeça, ver o que aconteceu de errado, ver as coisas boas também, porque teve coisas boas. Vamos fazer uma boa preparação para o próximo jogo”, disse, em entrevista à Rádio Itatiaia.
“Agora é levantar a cabeça, a gente não pode diante de uma partida dizer que nosso time está mal, que não é isso. Mostraremos agora a força da nossa equipe. É descansar e dar sequência no Campeonato Mineiro”, completou.
Na opinião do jogador, o Coelho precisa se concentrar para manter o bom início no Estadual - v…

Ex-Paulista: Rafael Ferro lamenta derrota de seu time na Série A2

O capitão Rafael Ferro (ex-Paulista) classificou a derrota da Portuguesa Santista diante do Atibaia como o pior jogo da equipe rubro-verde pelo Campeonato Paulista Série A2 - derrota por 1 a 0.
“Nosso pior jogo na competição. Melhoramos no segundo tempo, mas não foi suficiente para furarmos o bloqueio deles. Nós mesmos sabemos que não fizemos uma grande partida. Nosso desempenho foi muito abaixo do que apresentamos nos últimos jogos”, afirmou o capitão da Briosa.
Com o revés, a equipe comandada por Sérgio Guedes permanece com os 17 pontos ganhos, mas ainda dentro do G-8. Ferro lamentou o resultado negativo, mas quer a equipe focada para a próxima partida. “A competição exige bastante. Os times estão conhecendo nossos pontos fortes. Agora é pensar no próximo jogo em casa e recuperar os pontos que perdemos”, completou.
No próximo domingo, a Portuguesa Santista recebe o Sertãozinho, às 10h (de Brasília), em UIrico Mursa, pela 11ª rodada do estadual.

Ex-Paulista: Eduardo Baptista comenta semana no Vila Nova

O técnico Eduardo Baptista (ex-preparador físico do Paulista, campeão em 2011 da Copa Paulista) ainda não venceu no Vila Nova. Apesar de ter conseguido a classificação durante a semana na Copa do Brasil, o treinador tem dois empates em dois jogos desde que assumiu o time colorado. Após nova igualdade, dessa vez com o Crac, por 2 a 2, o treinador lamentou o gol no final, mas ressaltou o desgaste físico e prometeu reação nos próximos jogos.
“Lógico que eu queria mais. Fomos castigados com esse gol no final. Mas conseguimos essa classificação. Foram três jogos difíceis durante a semana. Todas as trocas foram por ordem física. Tivemos muitos problemas. Mas agora temos duas semanas livres para corrigir os erros”, definiu o treinador.
Apesar do resultado ruim, o treinador viu pontos positivos, principalmente na etapa inicial, quando a equipe teve o domínio do confronto.
“Nosso primeiro tempo foi bem consistente, com posse. Me agradou bastante. Mas no segundo tempo, o desgaste pesou. Isso me pr…

Ex-Paulista: Presidente do Fortaleza nega acordo com Nenê

O Fortaleza não chegou a um acordo com o meia Nenê, ex-Paulista, que pertence ao São Paulo. Logo após anunciar Wellington Paulista como novo reforço, os rumores sobre a chegada do atleta de 37 anos cresceram no Pici, mas o presidente tricolor Marcelo Paz desmintiu o acerto, apesar de confirmar que sondou o jogador para a montagem do elenco.
"Não existe acordo. Tivemos um contato com o jogador, mas não evoluiu, ele permanece no São Paulo. Inclusive, deve jogar hoje", declarou o mandatário. Nenê acabou jogando a partida contra o Bragantino, entrando no decorrer do jogo.
Nenê esteve em campo oito vezes na atual temporada, atuando por 90 minutos apenas em duas oportunidades, além de não ter marcado nenhum gol. No último brasileirão, Nenê foi o vice-artilheiro da equipe com 12 gols e o principal garçom, com sete assistências.

Ex-Paulista: Zé Teodoro comenta derrota do Joinville para o Avaí

O treinador Zé Teodoro (ex-comandante do Paulista na Série B de 2002) admitiu que o desempenho dos jogadores do Joinville ficou longe do esperado na partida contra o Avaí, no último domingo, na Ressacada, em Florianópolis. O objetivo era sair com pelo menos um empate fora de casa, mas a derrota por 3 a 0 foi bem mais amarga para o grupo.
“Nós tentamos mudar nosso comportamento, até equilibramos no segundo tempo e logo no final veio o terceiro gol. Não construímos, não criamos e não tivemos uma tarde muito boa”, resumiu.
Segundo Zé Teodoro, o Joinville vinha jogando com um time mais rápido e experiente na frente e um modelo de jogo de mais velocidade. No entanto, com seis jogadores no departamento médico, o técnico precisou tentar variações na escalação contra o Avaí.
“Nós vamos agora aguardar o departamento médico, recuperar os jogadores e prepará-los para termos uma resposta melhor na partida em casa (contra o Metropolitano). Precisamos fazer um jogo bem diferente do que fizemos aqui (e…

Ex-Paulista: Wagner Lopes valoriza sequência de vitórias

O Atlético Goianiense conseguiu engatar uma boa sequência de vitória em duas competições: Campeonato Goiano e Copa do Brasil. O técnico Wagner Lopes (campeão da Copa Paulista pelo Galo em 2011) reconhece a importância de vencer a segunda partida fora de casa, desta vez contra a Anapolina, pelo estadual. “É a confirmação de que a gente vem crescendo, o desempenho vem melhorando e os jogadores estão de parabéns”, destaca.
O Atlético já tem vaga antecipada à próxima fase da competição. Questionado sobe o atual momento, se é o mais propício testar uma nova equipe, Lopes preferiu ficar no entrosamento do time que vem vencendo.
“A classificação antecipada ajuda muito porque é um desenvolvimento de jogo, a gente busca um entrosamento. Na verdade a gente quer esse entrosamento, podendo repetir escalações. Quando a gente repete escalações é justamente para isso, pensando em melhorar o entrosamento”, analisa.
Apesar das mudanças, Lopes descarta que possua uma escalação ideal para o Atlético. Porém…