13/08/19 - Esporte Jundiaí Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 13, 2019

4ª divisão: Paulista estreia na 3ª fase contra o pior time entre os 16 classificados

O sorteio colocou no mesmo, Paulista e Assisense, melhor e pior time, respectivamente no aproveitamento geral da 4ª divisão do Paulistão, entre os 16 participantes da terceira fase. E ambos irão se encarar na estreia e no encerramento da fase.
Neste domingo o Galo já encara o Assisense, na casa do rival, a partir das 10h da manhã. Depois encara o mesmo adversário, na rodada final da terceira fase, no dia 22 de setembro, no Jayme Cintra, às 10h da manhã.
Entre os 16 qualificados, o Assisense é o que tem pior aproveitamento. É o único que não tem pelo menos 50% de aproveitamento. O time de Assis terminou a soma das duas fases com apenas 45,83% de aproveitamento. De 48 pontos que disputou, somou apenas 22 no total. A equipe tem mais empates do que vitórias – sete empates, com cinco vitórias e quatro derrotas.
Bem diferente do Paulista, que dos 16 classificados, tem o melhor aproveitamento. O Galo é o único que tem mais de 70% - precisamente 74,07%. Somou 40 pontos dos 54 possíveis. O Trico…

4ª divisão: Paulista terá rivais que poucos gols marcaram na 2ª fase

O Paulista na segunda fase da 4ª divisão do Paulistão marcou 14 gols no total. Em que pese, 8 foram anotados na goleada contra o Suzano, se excluir aquela partida, ainda assim seu ataque termina a segunda fase com média de gols superior a um por jogo. Situação diferente dos seus rivais que na segunda fase tiveram ataques com pouca força ofensiva. Independente, Assisense e Amparo marcaram em média menos de um gol por jogo.
O clube de Assis entre os 24 participantes da segunda fase teve o segundo pior ataque: marcou apenas dois gols. A força ofensiva do Assisense somente não foi pior do que o Suzano, que marcou um gol apenas. O ataque do time de Assis foi pior do que o ataque do XV Jaú (marcou 3 gols), do Joseense (fez 7 gols) e do próprio rival da cidade, o Vocem (marcou 6 gols) – estes três clubes citados não passaram a terceira fase.
Dono da 4ª melhor campanha na segunda fase, sem ter sofrido nenhuma derrota, o Independente deixou a desejar no sistema ofensivo: marcou apenas cinco gols…

4ª divisão: Paulista enfrenta dois clubes na 3ª fase com forte sistema defensivo na 2ª fase

O ataque do Paulista terá um pouco mais de trabalho na terceira fase, se quiser balançar as redes na 4ª divisão do Paulistão. Isto porque enfrentará rivais, que tiveram bom desempenho defensivo na 2ª fase de grupos.
O Independente nos seis jogos que disputou na etapa anterior, somente levou um único gol – gol sofrido na penúltima rodada, na vitória sobre o Andradina por 3 a 1.

O Amparo na segunda fase teve boa média de gols sofridos: 0,5 por partida. Foram apenas 3 gols sofridos nas seis partidas que disputou. E todos os gols que sofreu na 2ª fase, foram fora de casa. Em casa, o time de Amparo não levou gols. O Paulista, como comparação, sofreu quatro gols na 2ª fase, sendo dois no Jayme Cintra.
O pior sistema defensivo da segunda fase entre os times do grupo 16, é do Assisense. O time de Assis levou nove gols nas seis partidas que disputou. Como mandante, levou quatro gols na fase anterior.
Os gols sofridos por cada time na 2ª fase Independente - 1 Flamengo - 2 São José - 2 Mauá Clube - 3 A…

Série A de Jundiaí: Jamaica tem melhor média de gols marcados após 12 rodadas

O Jamaica tem o melhor ataque da Série A na média de gols marcados, após 12 rodadas. Considerado apenas jogos disputados até o seu final, e que não foram aplicados resultados administrativos, os jamaicanos tem média de 2,83 gols por jogo (34 gols em 12 jogos), sendo assim o melhor sistema ofensivo do torneio.
Seis clubes em média marcaram dois ou mais gols em média por partida na primeira fase. Além do Jamaica, terminaram com este desempenho, as equipes do Caldeirão, Vila Ana, Ponte Preta, Estrela e Bahia.
O Bahia na contagem do Esporte Jundiaí tem 20 gols, mas por que disputou apenas 10 partidas regulares até o fim, onde o placar administrativo não foi aplicado. O time tem exata média de dois gols por jogo.
Apenas um time entre os 16 classificados tem média de gols marcados inferior a um por jogo: é o Tulipas, com 0,82 (9 gols marcados em 11 partidas).
Média de gols marcados entre os 16 classificados - Jamaica - 2,83 gols, em média por jogo (34G / 12J) - Caldeirão - 2,50 gols, em média…

Série A de Jundiaí: Deportivo e Ponte Preta com média de gols sofridos inferior a 0,5 por jogo

Entre os 16 clubes classificados para a disputa da segunda fase da Série A de Jundiaí, dois clubes se destacam em seus sistemas defensivos: Deportivo e Ponte Preta. Ambos têm média de gols sofridos inferior a 0,5 por partida. A contagem do Esporte Jundiaí apenas considera os jogos disputados até o seu final, e que não foram aplicados resultados administrativos.
Com 10 jogos disputados do inicio ao fim, o Deportivo sofreu apenas 4 gols, o que representa média de 0,40 gol levado por partida. A Ponte Preta está muito, mas muito próxima. Com 5 gols sofridos em 12 jogos, a média de gols que levou por jogo do clube da Agapeama é de 0,42.
Atual campeão, o Estrela da Ponte também pode-se dizer que é uma verdadeira fortaleza na sua defesa. Apenas 0,50 gol sofrido em média por partida. Foram seis gols levados em 12 partidas.
Apenas um clube tem um média de gols sofridos, superior em média a dois por partida. É o Grêmio Eloy, que sofreu 24 gols, em 11 jogos disputados, o que faz o clube terminar …

Copa Bom Jardim: Clássico de Atléticos agita 3ª rodada no domingo

Foi divulgada nesta segunda-feira a tabela com datas, horários e os jogos que compõem a terceira rodada da Copa Bom Jardim de futebol. Grande destaque na rodada é o confronto entre Atléticos. O Atlético da Vila encara o Atlético Ceará no Bom Jardim, às 16h.

Vôlei feminino sub-19 de Itupeva fica com o vice no Festival da Copa Vinhedo

No último sábado Itupeva disputou o 3º Festival Sub-19 Feminino da Copa Vinhedo de vôlei feminino e terminou com o vice-campeonato.
As atletas de Itupeva enfrentaram Caraguatatuba na primeira partida e venceram de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 20/22, 21/8 e 22/20.  Na final, tiveram pela frente AVG Guarujá, quando Itupeva chegou a vencer o primeiro set por 21/15, mas tomou a virada por dois sets - com a mesma parcial - 21/11.
"Temos um time jovem para esta categoria, que é 2001, e nossa média de idade é de 2003, com meninas com 16 anos. Sofremos um pouco quando enfrentamos as equipes mais experientes. A nossa primeira partida foi um time mais ou menos igual o nosso e conseguimos a vitória. Mas, o segundo jogo foi com uma equipe mais estruturada, que já disputa outros campeonatos e não conseguimos vencer. O nosso objetivo é conseguir colocar todas as nossas meninas para jogar e fazer com que elas consigam adquirir experiência, para daqui mais pra frente termos um time bem …

Definidos os finalistas do Quadrangular feminino de futsal de Itupeva

Na última quinta-feira, Itupeva conheceu os finalistas do Quadrangular feminino de futsal, que são Ohana e Lótus.
Os classificados foram definidos na última rodada, onde no primeiro jogo o Ohana Itupeva venceu por 3 a 0 o Bem Bolado, se classificando em primeiro lugar com o saldo de 13 gols.
A esperança do Bem Bolado de ir para a final estava no já eliminado Elas em Quadra, mas o Lótus fez o dever de casa e venceu por 3 a 0 garantindo a segunda vaga para a final.
A data da finalíssima ainda não foi decidida.