Header AD

11/01/2020

Copa SP: Athletico Paranaense passa nos pênaltis pelo Bahia



O Athletico Paranaense saiu atrás do Bahia, neste sábado (11), mas buscou o empate no tempo normal e avançou nos pênaltis para a terceira fase da Copa São Paulo de futebol junior. Após 1 a 1 no tempo regulamentar, no Jayme Cintra, nas penalidades o Furacão venceu por 4 a 2.

O adversário do Furacão será o Tupi de Juiz de Fora, que superou o Gama do Distrito Federal também nos pênaltis por 6 a 5, após 1 a 1 nos 90 minutos, em Indaiatuba. O confronto deve ser disputado na segunda-feira (13) ou na terça-feira (14).

Dois tempos distintos
Um lance logo aos 10 segundos mostrou ao rubro-negro que a missão não seria fácil. Borel aproveitou recuo curto feito pela zaga athleticana, mas Léo Linck saiu muito bem do gol para fazer a defesa e evitar o primeiro do time de Salvador. Era só a primeira grande intervenção do goleiro.


O gramado do estádio Jayme Cintra, já conhecido pelos jogadores rubro-negros, não favorecia o melhor futebol. Com estratégias diferentes, os times buscavam driblar a adversidade. Enquanto o Furacão procurava construir as jogadas, o Bahia buscava rapidamente o ataque, com ligações diretas.

E parecia que o jogo ia seguir assim até o intervalo. Mas em uma bola parada, aos 38 minutos, tudo mudou. Léo Linck até conseguiu espalmar falta cobrada com força, mas Marcelo aproveitou o rebote e tocou de cabeça para o gol vazio.

Guanaes promoveu as entradas de Brener e Iago, e o Furacão voltou com uma postura diferente na segunda etapa. Logo no primeiro minuto, quase veio o empate em um chute de Jajá da entrada da área.

O rubro-negro era cada vez mais ofensivo em busca da igualdade. E, aos 23 minutos, acertou o travessão com Rômulo. A próxima chance parou na rede. Iago cruzou e Paulo Victor testou para as redes. Gol construído por dois jogadores que entraram no decorrer do jogo. 1 a 1, aos 29 minutos do segundo tempo.

Os jovens talentos do Furacão continuaram em cima, mas a definição da vaga foi para os pênaltis.


Nos pênaltis, Léo Linck brilhou! Pegou duas cobranças e foi fundamental na classificação athleticana. Ele pegou a primeira cobrança do Tricolor, de Enck, e depois ele pegou a cobrança de Douglas, na 3ª batida dos baianos.

ATHLETICO PARANAENSE       1
Léo Linck
Luca Caio (Brener), Luan Patrick, Lucas Andrade (Rômulo) e Reginaldo (Gabriel Fornari)
Kawan;
Renan Soares (Iago), Ramon e Jajá
Bruno Leite e Vinicius Mingotti (Paulo Victor)
Técnico: Rafael Guanaes (4-1-3-2)

BAHIA       1
Fabricio;
Caio, Lucimário, Enck e Hiago;
Rodrigo (Railan), Luiz e Douglas;
Thiago, Marcelo (João) e Borel (Daniel)
Técnico: Pablo de Toledo Fernandez (4-3-3)

Gols:
Marcelo, aos 38min do 1º tempo (1-0)
Paulo Victor, aos 29min do 2º tempo (1-1)

Cartões amarelos: Lucimário (BAH)

Disputa de pênaltis
ATHLETICO PARANAENSE 4 x 2 BAHIA
ATH: Jajá - GOL (1x0)
BAH: Enck - Léo Linck defendeu (1x0)

ATH: Bruno Leite - Travessão (1x0)
BAH: Lucimário - GOL (1x1)

ATH: Rômulo - GOL (2x1)
BAH: Douglas - Léo Linck defendeu (2x1)

ATH: Paulo Victor - GOL (3x1)
BAH: Daniel - GOL (3x2)

ATH: Luan Patrick - GOL (4x2)

Copa SP: Athletico Paranaense passa nos pênaltis pelo Bahia Copa SP: Athletico Paranaense passa nos pênaltis pelo Bahia Reviewed by Thiago Batista on 21:02 Rating: 5