Pelo terceiro ano consecutivo a categoria sub-20 do Paulista está fora da fase eliminatória da Copa São Paulo. Apresentando um futebol abaixo da crítica, com muitos erros táticos e técnicos, o Galinho consagrou sua eliminação fazendo sua pior partida na atual edição. Perdeu do Athletico Paranaense por 5 a 1, nesta quinta-feira (9), no estádio Jayme Cintra, pela última rodada do grupo 14. Com o resultado, o Gama ficou com a segunda vaga da chave, já que terminou com quatro pontos, contra dois do Tricolor.

O primeiro tempo foi de total domínio do Furacão. Aos 10, em uma troca de passes na grande área, Paulo Victor foi o último a tocar na bola e fez 1 a 0 para os paranaenses. Sem criatividade, o Paulista somente chegava com pouco de perigo na bola pelo alto. E fez o seu gol, aos 17 minutos, com Alisson de cabeça.

O camisa 9 do Galinho teve a chance de virar o placar aos 40 minutos, em chance na frente do goleiro, após cruzamento de Kaio Bala, mas mandou para fora. E quem não faz toma.


No minuto seguinte, em jogada de contra-atauie, Igor levou a melhor sobre Weuller e na saída de João Carlos fez 2 a 1 para o Paulista.




Quatro minutos depois, o balde de água fria. Em jogada errada de saída de bola do sistema defensivo, a bola ficou nos pés de Paulo Victor bater colocado e marcar o terceiro. No intervalo, o time do Galinho saiu vaiado.



No segundo tempo, o Atheltico teve domínio da partida e jogou quando desejava. E o quarto gol, aos 27 minutos, marcado por Jajá, em chute na saída do goleiro demonstrou. E foi o estopim da torcida sair do estádio a passos mais rápidos.

E o golpe de misericórdia foi aos 36, com Vinicius Mingotti ganhando da zaga do Paulista e chutando rasteiro. Um gol comemorado de forma irônica pela torcida do Galo.

PAULISTA - 1
João Carlos;
Weuller (Henrique), Rennan, Denis (Pedro Mineiro) e Matheus (Brendon);
Mingoti e Borges;
Luis Miguel, Kaio Bala, Dieguinho (Ramos) e Alisson (Tubarão)
Técnico: Thiago Fernando (4-2-4)

ATHLETICO PARANAENSE - 5
Léo Linck (Orlando);
João Vialle (Gabriel Fornari), Lucas Andrade e Reginaldo;
Ataíde (Luca Caio); Vinicius Kauê (Brener), Kennedy, Pablo e Iago (Jajá);
Paulo Victor (Vinicius Mingotti) e Rômulo.
Técnico: Rafael Guanaes (3-5-2)

Árbitro: Pietro Dimitrof
José Paulo Ferreira Martins Mariano
Arbitro Assistente 2: Marcos de Sena Carneiro

Gols
Paulo Victor, aos 10min do 1º tempo (0-1)
Alisson, aos 17min do 1º tempo (1-1)
Iago, aos 41min do 1º tempo (1-2)
Paulo Victor, aos 45min do 1º tempo (1-3)
Jajá, aos 28min do 2º tempo (1-4)
Vinicius Mingoti, aos 36min do 2º tempo (1-5)

Cartões amarelos: Mingoti (PTA), Borges (PTA) e João Vialle (CAP)